Topo
pesquisar

Condrictes

Biologia

PUBLICIDADE

Os Chondrichthyes, classe de peixes com esqueleto cartilaginoso (do grego chondros = cartilagem; ichthyos = peixes), são representados por animais marinhos pertencentes ao grupo dos vertebrados gnastostomados (boca com mandíbula): as raias, os tubarões e as quimeras, cujo crânio, vértebras e demais estruturas esqueléticas são bem desenvolvidas.

Esses organismos possuem pele revestida por pequenas escamas placoides, semelhantes a um dente, com parte externa esmaltada (de origem epidérmica), e a interna denominada dentina (de origem dérmica), envolvendo um canal central chamado polpa.

Essa característica hidrodinâmica relacionada à forma alongada ou discoide, confere grande mobilidade aos peixes, diminuindo a resistência e facilitando o movimento no ambiente aquático, auxiliando a funcionalidade das nadadeiras.

Nos condrictes, além das nadadeiras ímpares, existem dois conjuntos de nadadeiras pares: as peitorais e as pélvicas, conferindo maior velocidade, estabilidade e agilidade no deslocamento vertical, ou seja, no movimento de subir ou descer na coluna de água.

As brânquias dos peixes cartilaginosos abrem-se em fendas laterais na região anterior do corpo.

Durante a evolução, os primeiros peixes desse grupo não tinham mandíbula, e a boca possuía aspecto de uma ventosa. A partir do primeiro arco esquelético branquial surgiram a mandíbula e o arco hioide, articulando a mandíbula ao crânio, sendo os demais arcos esqueléticos servindo de sustentação para as brânquias.

Dessa forma, a formação da mandíbula ocasionou maior adaptação quanto à captura de presas (predação), aumentando a variedade de alimentos disponíveis, proporcionando a esses animais ocupação em novos nichos ecológicos.

CLASSIFICAÇÃO

A classe dos condrictes se divide em:

Holocephali (holecéfalos) → As quimeras: organismos com cerca de 1 metro de comprimento, olhos grandes, calda longa e flexível, ausência de escamas revestindo o corpo, possuem brânquias protegidas por opérculo, habitando águas oceânicas de baixa temperatura (entre 100 e 1500 metros de profundidade).

Elasmobranchii (elasmobrânquios) → Os tubarões e as raias: com aproximadamente 790 espécies, os organismos deste grupo chegam a medir de 6 a 20 metros de comprimento, possuindo fendas branquiais sem proteção opercular, com proeminente região anterior da cabeça formando o rostro, alojando em posição ventral o aparelho bucal capaz de se projetar.

SISTEMA NEUROSSENSORIAL

Tanto o sistema nervoso quanto o sensorial, a exemplo dos tubarões, é bem desenvolvido:

- A visão é nítida, porém não enxergam colorido;
- As narinas não desempenham função respiratória, contudo o olfato aguçado é capaz de detectar, através de quimiorreceptores, pequenas frações de substâncias (uma gota de sangue) dissolvidas no oceano, a quilômetros de distância;
- Portador de orelha interna, sensível a vibrações causadas por perturbação na água;
- E presença de linha lateral longitudinal ao corpo do animal, contendo células mecanorreceptoras (os neuromastos), possibilitando orientação quanto à posição e direção.

SISTEMA RESPIRATÓRIO

Na respiração, a água (contendo oxigênio dissolvido) entra pela boca, passa pela faringe e banha de cinco a sete pares de brânquias (onde o O2 é absorvido) e sai pelas fendas branquiais.

SISTEMA REPRODUTOR

São animais de sexos separados, com fecundação interna e desenvolvimento direto. A maioria das espécies é ovípara ou ovovivípara, porém existem espécies vivíparas, formando uma rudimentar placenta derivada do saco vitelínico do embrião, ligada ao útero da fêmea. O macho apresenta nadadeira pélvica modificada em órgão copulador.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

Condrictes: Elasmobrânquio e Holecéfalos
Condrictes: Elasmobrânquio e Holecéfalos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. "Condrictes"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/condrictes.htm. Acesso em 22 de outubro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
Lista de Exercícios
Questão 1

Os peixes são classicamente divididos em dois grupos principais: peixes ósseos e cartilaginosos. Todas as características descritas a seguir estão presentes em peixes cartilaginosos, exceto:

a) esqueleto constituído por cartilagem.

b) brânquias expostas.

c) presença de opérculo.

d) boca na região ventral.

e) ausência de bexiga natatória.

Questão 2

Analise as alternativas abaixo e marque aquela que indica corretamente a estrutura dos peixes cartilaginosos relacionada com a flutuação.

a) bexiga natatória.

b) linha lateral.

c) opérculo.

d) clásper.

e) fígado.

Mais Questões
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola