Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Baleia jubarte (Megaptera novaeangliae)

Animais

A baleia jubarte executa diversos movimentos acrobáticos
A baleia jubarte executa diversos movimentos acrobáticos
PUBLICIDADE

Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Cetacea
Família Balaenopteridae
Gênero Megaptera
Espécie Megaptera novaeangliae

A baleia jubarte, também conhecida como baleia corcunda, pode medir aproximadamente quinze metros de comprimento e pesar até quarenta toneladas. Possui grandes nadadeiras peitorais, que podem medir até 1/3 do tamanho de seu corpo; e nadadeira dorsal, significantemente menor, localizada em sua corcunda. Na região anterior de seu corpo, encontramos várias pregas de coloração esbranquiçada que auxiliam na entrada e saída de água. Sua pele é relativamente fina e, abaixo dela, há uma grande camada de gordura, cerca de quinze vezes mais espessa que a epiderme.

Sua cabeça é achatada, com nódulos pilosos em sua superfície, e a boca se apresenta longa e em forma de arco. Para filtrar seu alimento, principalmente pequenos peixes e crustáceos, ela se utiliza de um grande número de placas queratinizadas presentes em sua boca: as barbatanas. Os olhos se localizam próximos às laterais da boca e um pouco à frente da abertura do ouvido. Já na região superior da cabeça, próximo também aos olhos, está o orifício respiratório, que auxilia a baleia a chegar à superfície, ao eliminar jatos de água.

A cauda da jubarte, com comprimento de aproximadamente cinco metros, é a principal responsável pelos saltos e movimentos de natação da baleia, auxiliada por uma estrutura muscular chamada pedúnculo caudal, que se inicia logo após a nadadeira dorsal. Sua cauda é a principal estrutura utilizada para o reconhecimento de indivíduos, já que cada indivíduo possui uma nadadeira caudal com características individuais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

É considerada uma das espécies de baleias com mais movimentos acrobáticos. Estes desempenham, entre outros comportamentos ecológicos, função reprodutiva – assim como suas vocalizações.

Machos e fêmeas são diferenciados de acordo com a disposição da fenda genital e a presença de glândulas mamárias, nas fêmeas. Estas, a cada gestação, que dura aproximadamente um ano, dão à luz a uma única cria. Com aproximadamente cinco metros e duas toneladas, o filhote mama em sua mãe por aproximadamente um ano e permanece em sua companhia até que adquira condições de sobreviver sozinho.

Embora costumem ter hábitos solitários, baleias fêmeas costumam se agregar durante a migração anual, sempre nos mesmos grupos.

Atualmente, a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) considera o status de conservação da baleia jubarte como pouco preocupante. Este resultado se deve às grandes e significantes ações conservacionistas, em todo o mundo. Captura acidental em redes de pesca, colisão com barcos e navios, poluição dos mares, destruição de habitats, encalhes e caça comercial - até meados do século XX, eram os principais fatores responsáveis pelo seu colapso populacional.

Curiosidade: estima-se que aproximadamente 1600 baleias migrem anualmente para a região de Abrolhos, Bahia, durante os meses de inverno e primavera, onde acasalam e amamentam seus filhotes.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Baleia jubarte (Megaptera novaeangliae)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/baleia-jubarte-megaptera-novaeangliae.htm. Acesso em 02 de dezembro de 2021.

Artigos Relacionados
Baleia-azul: confira as características, alimentação e reprodução do maior animal do mundo, o qual, infelizmente, quase entrou em extinção.
Conheça mais sobre as baleias, mamíferos aquáticos incluídos na ordem dos cetáceos que se destacam por possuir grande porte.
Saiba mais sobre os golfinhos clicando aqui. Conheça as características básicas desses animais e também algumas espécies.