Topo
pesquisar

Gêneros textuais

Redação

Os gêneros textuais atendem às necessidades comunicativas dos usuários da língua e podem ser variáveis, apresentando assim diversos estilos e conteúdos temáticos.
Os gêneros textuais adequam-se às diversas necessidades comunicativas, portanto, definir seu número exato é praticamente impossível
Os gêneros textuais adequam-se às diversas necessidades comunicativas, portanto, definir seu número exato é praticamente impossível
PUBLICIDADE

Em nosso dia a dia, no contato com outras pessoas e com as diversas informações que recebemos, estamos expostos a várias situações comunicativas, cada uma situada em seu devido contexto. Na escrita e na fala existem algumas estruturas padronizadas que recebem o nome de gêneros textuais.

No simples ato de abrir um jornal ou uma revista, já estamos expostos aos diversos gêneros textuais: nesses dois meios de comunicação é possível encontrar artigos, cartas de leitor, artigos de opinião, notícias, reportagens, charges, tirinhas, ensaios, e-mails e tantos outros textos que se adequam às necessidades de quem os escreve, apresentando finalidades distintas e definidas. Assim são os gêneros, eles existem em grande quantidade justamente porque as práticas sociocomunicativas são dinâmicas e variáveis.

Diferentemente do que acontece com os tipos textuais, limitados a uma quantidade predeterminada, os gêneros são incontáveis, mesmo porque as necessidades linguísticas não podem ser mensuradas ou limitadas. Por exemplo, antigamente, quando havia a necessidade de comunicação com alguém que morava longe, era indispensável o envio de uma carta. Posteriormente, foi inventado o telegrama para que o tempo de espera de uma notícia fosse reduzido, e com ele também foi inventada uma linguagem bem peculiar. Hoje, quando precisamos entrar em contato com alguém que está distante, ligamos ou até mesmo mandamos um e-mail, cujo recebimento é instantâneo, sem falar nas redes sociais e no tipo de linguagem utilizada por milhões de usuários. Sendo assim, fica impossível definir o número exato de gêneros textuais.

Além daqueles citados no início deste artigo, confira outros exemplos de gêneros textuais:

Sintetizando:

→ Os gêneros são tipos estáveis de enunciados, isto é, apresentam uma forma de composição (estrutura);

→ O conteúdo temático e o estilo são elementos importantes para definir o gênero textual;

→ No plano da comunicação verbal, incide sobre os gêneros a vontade enunciativa dos falantes, isto é, a intenção do locutor é fundamental para a definição do gênero;

→ Os gêneros textuais combinam conteúdo temático, propósito comunicativo, estilo e composição.

 

Por Luana Castro
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PEREZ, Luana Castro Alves. "Gêneros textuais"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/redacao/conceito-generos-textuais.htm>. Acesso em 18 de outubro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA