Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Resumo

O resumo é um texto que se propõe a sintetizar uma ideia de um texto maior, a fim de apresentar, sem juízo de valor e alterações, as ideias do texto original.

Objetos escolares próximos ao escrito “resumo”, um tipo de texto muito pedido em contextos escolares e acadêmicos.
Em ambientes acadêmicos e escolares, são muito comuns as atividades que envolvem a produção de resumos sobre obras que estão sendo estudadas.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O resumo é uma produção textual que apresenta, de maneira fiel, as ideias presentes em outro texto. Ele tem por finalidade, como o próprio nome diz, resumir para o leitor o conteúdo apresentado no material original. Por isso, ele precisa apresentar uma linguagem concisa e objetiva, além de ser predominantemente descritivo e impessoal.

Leia também: Síntese — outro texto que tem como objetivo resumir e apresentar as principais informações de um texto

Tópicos deste artigo

Resumo sobre resumo

  • O resumo é um texto que apresenta as ideias de outro texto maior de maneira sintetizada ao seu leitor.

  • Dentre as características do resumo, destacamos as seguintes: poder de síntese, impessoalidade, uso da linguagem concisa e objetiva, predominância da descrição.

  • Ele pode ser compreendido em dois tipos: preliminar e informativo.

  • Para fazer um bom resumo, é importante ter definido o seu tipo e ter conhecimento do material que será resumido. Além disso, o autor deve estar a par dos elementos essenciais que compõem o texto descritivo.

  • O resumo é um texto impessoal e predominantemente descritivo. Já a resenha crítica é um texto em que prevalece a argumentação, isto é, ela avalia e julga o material original.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

O que é resumo?

O resumo é um gênero textual capaz de reduzir um texto qualquer de forma coerente. Trata-se de uma modalidade textual muito utilizada em ambientes acadêmicos e escolares a fim de se sintetizar uma obra ou um conteúdo estudados em sala de aula.

Características e estrutura do resumo

O resumo tem como principal característica a sua capacidade de reduzir um texto em um outro texto menor, isto é, o resumo propriamente dito.

Sendo assim, o resumo apresenta os seguintes aspectos:

  • poder de síntese;

  • impessoalidade;

  • uso de linguagem concisa e objetiva;

  • predominância da descrição.

Do ponto de vista estrutural, o resumo segue a composição básica de boa parte dos gêneros textuais. Em outras palavras, ele possui introdução, com a apresentação do tema; desenvolvimento, com as principais ideias; e conclusão, com o fechamento do texto.

Tipos de resumo

O resumo pode ser classificado em dois tipos:

  • preliminar: apresentado em congressos de eventos acadêmicos e que corresponde a trabalhos não concluídos.

  • indicativo: indica determinada produção acadêmica ou cultural, sendo necessário, portanto, a leitura na íntegra do material original.

Veja também: Tipos de crônica — as principais modalidades possíveis desse texto curto de temática cotidiana

Como fazer um resumo?

Para fazer um bom resumo, é essencial, em primeiro lugar, escolher o tipo de resumo a ser feito (preliminar ou indicativo). Com base na escolha, é possível ter em vista o segundo aspecto, pensar a sua composição estrutural e a sua finalidade.

Em um resumo preliminar, é importante que o autor tenha conhecimento aprofundado do assunto e tenha a capacidade de sintetizar os elementos a serem discutidos em um texto breve. Já no resumo indicativo, é necessária a leitura detalhada da obra indicada ao leitor. Em ambos os casos, o autor do resumo precisa ter conhecimento das características do resumo.

Por fim, indica-se que, para aprimorar a elaboração do resumo, seja importante estudar a tipologia descritiva, isto é, aperfeiçoar-se nas técnicas e regras de estruturação de um texto descritivo. Afinal, o resumo é predominantemente uma obra descritiva.

Videoaula: Dicas para fazer bons resumos

Exemplo de resumo

ORWELL, G. 1984. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

Em 1984, o mundo vive uma distopia que evidencia uma guerra constante entre três nações. O conflito é pano de fundo e de sustentação de um governo autoritário em que a população é vigiada pelas chamadas “teletelas”, que consistem em câmeras de vigilância dispostas nas casas e em diversos ambientes abertos. Tudo isso é permeado por um ambiente de constante tensão, cercado pela figura do Grande Irmão (Big Brother) e amparado pelos lemas: “Guerra é paz”, “Liberdade é escravidão” e “Ignorância é força”. É nesse ambiente que Winston Smith, um integrante do partido, começa a questionar o ambiente em que vive e se envolve de maneira amorosa com uma insurgente do sistema totalitário vigente. Tomados por ideias subversivas de Emmanuel Goldstein, Winston e seu recente par romântico são inflados pelo sentimento de resistência, mas logo são oprimidos com a descoberta de que tudo não passou de criação do próprio sistema dessa sociedade de controle. Ao final, descobre-se que a resistência foi forjada e que ninguém é capaz de escapar da vigilância constante das teletelas e do Grande Irmão.

Resenha crítica e resumo

O resumo é um texto impessoal e predominantemente descritivo. Por outro lado, a resenha crítica é formada com base na argumentação, isto é, na crítica, e apresenta a opinião daquele que a escreve. Ela possui, portanto, certo juízo de valor da obra, enquanto o resumo é um relato, de maneira sintetizada, daquilo que foi abordado na produção.

 

Por Rafael Camargo de Oliveira
Professor de Redação

Escritor do artigo
Escrito por: Rafael Camargo de Oliveira Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

OLIVEIRA, Rafael Camargo de. "Resumo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/redacao/resumo-texto.htm. Acesso em 13 de abril de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas