Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Enfisema pulmonar

O enfisema pulmonar é uma doença progressiva que se caracteriza pela destruição do tecido pulmonar. Está relacionado com o uso de cigarro e poluentes.

Representação do processo de destruição do tecido pulmonar causado pelo enfisema.
O enfisema pulmonar caracteriza-se pela destruição do tecido pulmonar.
Crédito da Imagem: Shutterstock
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O enfisema pulmonar é um problema grave de saúde e está bastante relacionado com o uso de fumo e exposição a agentes poluentes. É uma doença progressiva e crônica que causa a destruição dos tecidos pulmonares, promovendo a diminuição da elasticidade do órgão, o que dificulta a saída do ar.

A doença afeta toda a estrutura do bronquíolo terminal, causando a dilatação dos espaços aéreos ou desencadeando a destruição da parede alveolar. Isso faz com que o paciente apresente dificuldade para respirar e os pulmões aumentem de tamanho (hiperinsuflação pulmonar). O aumento pulmonar leva ao aumento da caixa torácica e pressiona o diafragma.

Tópicos deste artigo

Causas do enfisema pulmonar

90% dos casos de enfisema pulmonar estão relacionados com o uso de cigarro. A doença também está relacionada com a exposição a poluentes e a alguns produtos químicos tóxicos. Assim sendo, para prevenir-se, é essencial largar o cigarro e evitar locais com muita poluição e fumaça.

Sintomas do enfisema pulmonar

O enfisema pulmonar apresenta como principal sintoma a falta de ar. Inicialmente essa dificuldade é percebida após a realização de exercícios que dependem de um maior esforço, como longas caminhadas. Com o tempo, percebe-se que atividades simples do dia a dia, como vestir-se, podem causar a falta de ar. Nesse ponto, a doença torna-se muito incapacitante, levando o paciente a ficar muito tempo deitado ou sentado.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Diagnóstico do enfisema pulmonar

A doença normalmente é diagnosticada por meio de exames como radiografia e tomografia computadorizada. Exames de sangue e espirometria também podem ser pedidos. Esse último exame mede a capacidade de expiração e inspiração do paciente, o que ajuda a verificar o funcionamento do pulmão.

Tratamento do enfisema pulmonar

Infelizmente o enfisema pulmonar não possui tratamento, por se tratar de uma doença irreversível. Entretanto, existem medicamentos que garantem uma melhor qualidade de vida, impedindo o avanço rápido da doença. Normalmente, utilizam-se medicamentos e recomenda-se a realização de exercícios que propiciem uma melhor respiração. Vale frisar que o tratamento varia de um paciente para o outro.

Escritor do artigo
Escrito por: Vanessa Sardinha dos Santos Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Estadual de Goiás (2008) e mestrado em Biodiversidade Vegetal pela Universidade Federal de Goiás (2013). Atua como professora de Ciências e Biologia da Educação Básica desde 2008.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Enfisema pulmonar"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/enfisema-pulmonar.htm. Acesso em 17 de abril de 2024.

De estudante para estudante