Whatsapp

O porquê da cor da urina

Química

PUBLICIDADE

A urina é a prova de que nossos rins estão funcionando corretamente, é resultado do trabalho de purificação do sangue. Ela possui várias características como, por exemplo, sabor salgado e cor amarela. A primeira delas se explica pelo fato de a urina reter o sal da corrente sanguínea, e a segunda tem sua origem na incrível função do organismo de se livrar de substâncias nocivas à nossa saúde.

A cor amarela de seu “xixi”, assim como a urina é popularmente chamada, tem origem em seus componentes. A amônia (proveniente das células) e a bilirrubina (originada no romper da hemoglobina) são substâncias indesejáveis em nosso corpo, daí mais uma tarefa para nossos filtros, os rins, que se encarregam de converter a amônia em ureia e a bilirrubina em urobilinogênios. Esses últimos dão a cor amarela à nossa urina.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A água que ingerimos tem o poder de diluir os urobilinogênios, tornando a urina mais clarinha, mas se ela está apresentando uma cor forte (amarelo escuro), é bem provável que você esteja ingerindo pouco líquido. Trate de tomar mais água e se o problema não for resolvido, procure um médico.

Por Líria Alves
Graduada em Química

De onde provém a cor da urina?
De onde provém a cor da urina?

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "O porquê da cor da urina"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/o-porque-cor-urina.htm. Acesso em 13 de abril de 2021.

Artigos Relacionados
Aprenda um pouco mais sobre a cistite, uma doença que afeta principalmente mulheres, causando dor ao urinar, necessidade de urinar com frequência e dor na bexiga.
Entenda como ocorre a formação da urina nos néfrons e os processos que ocorrem nas etapas de filtração, reabsorção e secreção.
Entenda a importância da água para o corpo humano e o motivo pelo qual devemos ingerir diariamente cerca de 2,5 litros dessa substância.
Síndrome de Haff, também conhecida como “doença da urina preta”, está relacionada com a ingestão de pescado. Clique aqui e descubra mais sobre a síndrome.
Conheça a história de como foi realizada a primeira síntese da ureia, as etapas dessa reação e como ela representou um marco importante no desenvolvimento da Química Orgânica.