Topo
pesquisar

Fenômeno da radioatividade

Química

PUBLICIDADE

Muita gente não sabe o que leva um elemento a ser reativo, será que depende da eletrosfera do átomo ou de seu núcleo? A própria denominação “Química Nuclear” nos dá dicas de qual parte do átomo é responsável pelas radiações: nuclear vem de núcleo, logo podemos concluir que o responsável por um elemento químico ser reativo é seu próprio núcleo.

A radioatividade se define como o fenômeno pelo qual um núcleo instável (sem estabilidade) emite partículas e ondas para atingir a estabilidade. Os átomos radioativos estão sempre emitindo radiações para se tornarem mais estáveis, logo a radiação se define como a espécie emitida pelo núcleo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Uma vez que um elemento químico se torna reativo passa a emitir radiação, independente de seu estado físico, de fatores químicos, da temperatura e pressão em que se encontra. Isto porque a radioatividade não está relacionada com a eletrosfera do átomo, e sim com seu núcleo.

Como exemplo temos o Urânio, seja em seu estado sólido, líquido ou gasoso, ou ainda ligado a outra espécie, este elemento radioativo natural sempre emite radiações.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Fenômeno da radioatividade"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/fenomeno-radioatividade.htm. Acesso em 22 de setembro de 2019.

Assista às nossas videoaulas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola