Topo
pesquisar

Energia Cinética em linguagem química

Química

Bola sendo lançada: energia cinética
Bola sendo lançada: energia cinética
PUBLICIDADE

Para quem acha que a Energia Cinética está presente apenas na física, preste atenção: ela é muito importante na Química.

Pense na seguinte situação: no jogo de beisebol, no momento em que a bola é arremessada pelo rebatedor, ela é movida por uma grande quantidade de energia cinética. E daí, o que isso tem a ver com a química? Durante uma reação, as partículas de regente envolvidas realizam o movimento cinético. Em geral, isso ocorre com os gases, mas independente do tipo de reagente, toda reação química só ocorre a partir do momento em que houver uma interação (colisão) entre tais partículas e consequente transferência de energia.

Quando falamos em transferir energia, estamos falando de energia cinética, e ela existe nas reações químicas a partir da interação entre duas partículas. Portanto, podemos dizer que a cinética faz parte do mundo químico no que diz respeito ao contato entre os componentes de um processo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A energia cinética também pode ser produto de outras energias, como, por exemplo, a energia mecânica (responsável pelo movimento de automóveis, tornos, ou quaisquer outras máquinas motorizadas) que pode ser transformada em energia cinética através do movimento dos objetos.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola


  Curiosidades de Química - Química - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Energia Cinética em linguagem química"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/quimica/energia-cinetica-linguagem-quimica.htm>. Acesso em 17 de agosto de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA