Topo
pesquisar

Ácido araquidônico na gravidez

Química

Do que os bebês precisam?
Do que os bebês precisam?
PUBLICIDADE

Mulheres grávidas se preocupam com a saúde de seus bebês e costumam obedecer à risca a dieta alimentar indicada pelos médicos. O que nem todas sabem é sobre a composição de alimentos, como o leite materno, por exemplo, e por que ele é tão essencial para a vida de seu filho.

Dentre as substâncias presentes no leite temos algumas pouco conhecidas, como o ácido araquidônico, que é fundamental para o desenvolvimento de fetos e bebês. Vejamos o porquê.

Uma mulher grávida já fornece esse ácido através da placenta, e após o bebê nascer ela continua a fornecê-lo através do leite. A importância dessa parceria pode ser comprovada quando acontece o nascimento prematuro (antes de completar 9 meses), o inconveniente impede que a mãe transfira o ácido a seu filho até o período completo de gestação. E o quadro pode se agravar se a criança prematura não for alimentada com leite materno.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Estrutura química do ácido araquidônico

A falta de ácido araquidônico é denotada em bebês prematuros através de problemas visuais, incapacidades físicas (paralisia mental, dificuldades para ficar em pé) e retardo do crescimento (bebês menores).

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola


  Curiosidades de Química - Química - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Ácido araquidônico na gravidez"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/quimica/acido-araquidonico-na-gravidez.htm>. Acesso em 15 de agosto de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA