Whatsapp

Análise Sintática e Análise Morfológica

Gramática

PUBLICIDADE

Antes de iniciarmos nossos estudos sobre esses dois temas é importante conhecermos o conceito de Morfologia e Sintaxe.

A Morfologia é a parte da gramática que estuda as palavras de acordo com a classe gramatical a que ela pertence. Quando nos referimos às classes gramaticais, logo sabemos que se refere àquelas dez, que são: substantivos, artigos, pronomes, verbos, adjetivos, conjunções, interjeições, preposições, advérbios e numerais.

A Sintaxe é a parte que estuda a função que as palavras desempenham dentro da oração.
Agora, referimo-nos a sujeito, adjunto adverbial, objeto direto e indireto, complemento nominal, aposto, vocativo, predicado, entre outros.
Para melhor entendermos o que foi dito, tomemos como exemplo as seguintes orações:

A manhã está ensolarada
Agora faremos a análise morfológica de todos os seus termos:

A - artigo
Manhã - substantivo
Está - verbo (estar)
Ensolarada - adjetivo

Quanto à análise sintática, temos:

A manhã - Sujeito simples
Está ensolarada - predicado nominal, pois o verbo proposto denota estado, logo é um verbo de ligação.
Ensolarada - predicativo do sujeito, pois revela uma característica (qualidade) sobre o mesmo.

Marcos e Paulo gostam de estudar todos os dias.

Morfologicamente temos:

Marcos - substantivo próprio
Paulo - substantivo próprio
Gostam- verbo (gostar)
De - preposição
Estudar - verbo no infinitivo (forma original)
Todos- pronome indefinido
Os- artigo definido
Dias- substantivo simples

E sintaticamente:

Marcos e Paulo - sujeito composto (dois núcleos)
Gostam de estudar todos os dias- predicado verbal
De estudar - objeto indireto (complementa o sentido do verbo)
Todos os dias - adjunto adverbial de tempo

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Podemos perceber que quando se trata da análise morfológica, os termos da oração são analisados passo a passo, já na análise sintática, eles são analisados de acordo com a posição desempenhada.

Por Vânia Duarte
Graduada em Letras
 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Análise Sintática e Análise Morfológica"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/analise-sintatica-analise-morfologica.htm. Acesso em 25 de fevereiro de 2021.

Lista de Exercícios
Questão 1

Exercite seus conhecimentos retratando o conceito atribuído à análise sintática e morfológica.

Questão 2

Analise sintaticamente os termos em destaque das orações em pauta, de acordo com a função desempenhada pelos mesmos:

a – Ó Deus,obrigada por proteger-me sempre!

b - A garota pareceu tranquiladurante a apresentação. 

c – De toda aquela convivência apenas restou algo: uma mágoa intensa.

d – Eu necessito de seu carinho para continuar seguindo em frente.

e – As lembranças da infância atormentavam-lhe constantemente.

Mais Questões
Artigos Relacionados
Em muitas circunstâncias, o contexto determina a classificação dos verbos como sendo de ligação ou não. Atenha-se a mais detalhes aqui!
O predicativo do sujeito exerce uma função específica, em se tratando do predicado nominal. Não deixe de conhecê-la, pois é só clicar e conferir!
O verbo falar pode ser transitivo, intransitivo e... caso queira descobrir mais é só clicar!
Você já se perguntou acerca da função do adjetivo: qualificar ou dar qualidade? Chegue a uma conclusão em apenas um clique!
A sintaxe é responsável por estudar a relação que se estabelece entre os elementos numa dada oração. Clique e aprenda mais sobre ela!
Quer ampliar sua competência linguística? Conheça aqui a diferença entre o aposto explicativo e o predicativo.
Em se tratando de um dado contexto, uma mesma palavra pode adquirir distintas classes. Para conferir é só clicar!
Alguma dúvida acerca dos verbos nocionais? Talvez os verbos não nocionais se encontrem no mesmo patamar, não é mesmo? Sane todo esse impasse, clicando e conferindo!
Por meio de um só clique, aprenda a estabelecer as diferenças que demarcam o “um” numeral e o “um” artigo indefinido.
Aspectos específicos fundamentam a colocação das palavras na língua portuguesa, disponíveis ao seu conhecimento em um simples clique!