Topo
pesquisar

Síntese das Regiões Econômicas dos Estados Unidos

Geografia

Diante de todo o potencial natural e a diversidade econômica, é possível regionalizar os Estados Unidos em cinco regiões geoeconômicas de acordo com as suas características.
As regiões geoeconômicas da maior potência da atualidade
As regiões geoeconômicas da maior potência da atualidade
PUBLICIDADE

Os Estados Unidos representam a maior potência militar, política, econômica e cultural da atualidade. O imperialismo norte-americano configura um dos poucos impérios que alcançaram uma escala global de eficiência e dominação, condição apenas conquistada pelos britânicos (1815-1914) e pelos romanos durante o auge da Roma Antiga (29 a.C. até 180 d.C.). Sua economia altamente diversificada garante ao país o posto de maior economia mundial, com um PIB aproximado de US$ 13 trilhões. Devido à dimensão do território estadunidense, é possível regionalizar o país levando em consideração seus aspectos naturais e humanos, individualizados em cinco grandes regiões.

1.      Região Nordeste

Aspectos Naturais: Predomínio do clima temperado, com influência da Corrente Fria do Labrador, que diminui a quantidade de chuvas devido à menor evaporação no litoral atlântico. Nas proximidades dos Montes Apalaches, planaltos altamente desgastados, ocorrem grandes reservas de ferro e de carvão mineral, que foram fundamentais para a participação dos EUA no processo de Revolução Industrial. Na região dos Grandes Lagos, divisa com o Canadá, existe um enorme potencial hidráulico e para a navegação.

Aspectos Humanos: Integrante do Eixo Econômico do Atlântico, a região foi a mais afetada pela crise econômica mundial iniciada em 2008. O Nordeste possui a maior concentração urbano-industrial, com destaque para os setores econômicos tradicionais, conhecidos como Manufacturing Belt (siderurgia, metalurgia, automotiva, naval, têxtil, entre outras). A região é o centro financeiro dos Estados Unidos, onde estão localizadas as sedes dos maiores bancos e instituições financeiras do país, como no distrito financeiro de Wall Street, em Nova Iorque. As maiores aglomerações populacionais estão no Nordeste, com a presença de duas megalópoles: BOS-WASH (Boston até Washington) e CHI-PITTS (Chicago até Pittsburgh). No setor agropecuário, merecem atenção o Dairy Belt, (produção de leite e laticínios), Green Belt (hortifrutigranjeiros), Corn Belt (milho) e a expansão da Soja (Soy Bean).

2.      Regiões Sul e Sudeste

Em comum, apresentam o passado escravagista, modernização econômica recente e a presença de climas mais quentes, com tendência à tropicalização.

Região Sudeste

Aspectos Naturais: Predomínio do clima subtropical.

Aspectos Humanos: Aproveitamento dos aspectos climáticos para a agricultura (alguns produtos tropicais): laranja, arroz, tabaco, cana-de-açúcar e algodão (Cotton Belt).

Região Sul

Aspectos Naturais: Climas subtropical (extremo sul), semiárido e árido, inclusive com a formação de áreas desérticas.

Aspectos Humanos: A economia é centrada na indústria petroquímica (o estado do Texas detém as maiores reservas de petróleo dos EUA), bélica e aeroespacial, com intenso crescimento de setores relacionados à informática. Na agropecuária, é comum a prática de dry farmings, grandes projetos de irrigação para a produção do Cotton Belt e de trigo(Wheat Belt). Devido às grandes extensões de campos naturais, conhecidas como estepes, a pecuária bovina extensiva (Ranching Belt) também é muito praticada.

3.      Região Meio-Oeste

Aspectos Naturais: Clima temperado e relevo formado por planícies e vegetação rasteira, conjunto conhecido como Praires (pradarias) ou Grandes Planícies. Seus rios são amplamente utilizados para a navegação, como a bacia do Mississipi-Missouri.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Aspectos Humanos: Forte relação com a agricultura, bastante moderna e mecanizada (Wheat Belt, Corn Belt, Soy Bean), abrangendo toda a cadeia produtiva do setor (insumos, técnicas, máquinas, armazenamento, transporte) e com o suporte do governo americano na forma de subsídios e protecionismo.

4.      Região Oeste

Aspectos Naturais: Climas temperado, semiárido e árido, com grande influência das Montanhas Rochosas. A vegetação é rasteira (pradarias e estepes). Por conta do relevo planáltico e montanhoso, os rios apresentam potencial hidráulico, como o Rio Colúmbia e o Rio Colorado, este último é o principal agente que ajudou a esculpir o Grand Canyon.

Aspectos Humanos: Ocorrem grandes vazios demográficos por conta da formação montanhosa e dos climas mais secos. A economia dessa região está relacionada à extração de minérios (urânio, ouro, cobre, chumbo, zinco e petróleo), turismo e o Ranching Belt, favorecido pelas pastagens naturais.

5. Costa do Pacífico:

Aspectos Naturais:Ao sul, na Califórnia, predomínio de climas secos, como o semiárido e o mediterrâneo (influência da Corrente Fria da Califórnia). Em direção ao Norte, ocorrência do clima temperado oceânico.

O relevo é caracterizado pelas montanhas da Cadeia da Costa, próximas ao litoral e outros dois grupos montanhosos: a Serra Nevada, ao Sul, e a Cadeia Cascata mais ao Norte.

Aspectos Humanos:Região caracterizada pelo maior crescimento econômico e populacional das últimas décadas (Eixo Econômico do Pacífico), exceção ao estado de Oregon, pautado no extrativismo.

No estado da Califórnia há uma grande concentração de indústrias de ponta e centros de pesquisa, conhecida mundialmente como o Silicon Valley (Vale do Silício), em São Francisco. A Califórnia é o estado que tem apresentado o maior crescimento populacional e conta com a megalópole SAN-SAN (São Francisco até São Diego). Na agropecuária, ocorre a prática de dry farmings (fruticultura irrigada e Cotton Belt). A Califórnia ainda possui a 4ª maior produção de petróleo do país.

No estado de Washington também existem muitas indústrias de ponta em setores como informática, aeroespacial e bélica. A capital Seattle abriga um destacado setor financeiro e bancário.

A área formada pela Califórnia e alguns estados do Sul e Sudeste é conhecida como Sun Belt, possuindo em comum a predominância de climas mais quentes e os maiores índices de crescimento econômico e populacional do país.

6. Alasca e Havaí

Os estados do Alasca e do Havaí não estão regionalizados em nenhuma dessas regiões anteriores. O Alasca possui a maior produção de petróleo dos EUA, enquanto o Havaí tem uma economia agrícola e voltada para o turismo.


Júlio César Lázaro da Silva
Colaborador Brasil Escola
Graduado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista - UNESP
Mestre em Geografia Humana pela Universidade Estadual Paulista - UNESP

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Júlio César Lázaro da. "Síntese das Regiões Econômicas dos Estados Unidos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/sintese-das-regioes-economicas-dos-estados-unidos.htm. Acesso em 24 de agosto de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola