Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Resistência interna de um receptor

Os receptores elétricos transformam energia elétrica em outros tipos de energia. O cálculo da resistência interna de um receptor é dado pela conservação da energia.

As “canetas” odontológicas de alta e baixa rotação utilizam energia elétrica para sua movimentação e parte dela é perdida sob a forma de calor
As “canetas” odontológicas de alta e baixa rotação utilizam energia elétrica para sua movimentação e parte dela é perdida sob a forma de calor
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Os aparelhos capazes de receber energia elétrica e transformá-la em outros tipos de energia, que não sejam somente energia térmica, são denominados receptores elétricos. Esses aparelhos funcionam quando estão ligados a um circuito em que existem geradores. Dessa forma, podemos dizer que muitos dos aparelhos elétricos e eletrônicos que conhecemos são receptores.

O receptor é um elemento que consome energia elétrica: se as cargas elétricas chegam com alta energia, e, durante a passagem pelo receptor, perdem-na, saem com baixa energia. Durante essa movimentação, ocorrem choques sucessivos das cargas elétricas, que perdem energia sob a forma de calor.

Assim, imaginemos o receptor como um aparelho que possui em seu interior uma resistência (resistência interna) responsável por todas as perdas, como aparece representado esquematicamente na figura abaixo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

r é a resistência interna de um receptor elétrico

No esquema da figura acima, vemos que o traço maior representa o polo positivo, ou seja, o maior potencial; e o traço menor representa o polo negativo, ou seja, o menor potencial. Dessa forma, a potência que é dissipada internamente no receptor pode ser calculada pela seguinte expressão:

Pd=r.i2

Lembrando que a potência total é dada por:

PT=U.i

Da conservação da energia, temos:

PT=Pu+ Pd ou U= ε+r.i


Por Domiciano Marques
Graduado em Física

Escritor do artigo
Escrito por: Domiciano Correa Marques da Silva Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Domiciano Correa Marques da. "Resistência interna de um receptor"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/resistencia-interna-um-receptor.htm. Acesso em 29 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

Um receptor apresenta resistência elétrica interna igual a 0,2 Ω e é percorrido por uma corrente elétrica de 2 A. A alternativa que melhor representa a potência dissipada por esse dispositivo é:

a) 0,4 W

b) 0,8 W

c) 4 W

d) 0,2 W

e) 0,04 W

Exercício 2

Um receptor de resistência interna igual a 0,3 Ω utiliza uma tensão de 10 V para o seu funcionamento perfeito enquanto ligado em um circuito elétrico ideal (sem resistência). Sendo de 1 A a corrente elétrica que flui pelo receptor, assinale a alternativa que apresenta corretamente o valor de sua força contraeletromotriz (ε').

a) 0,3 V

b) 10,3 V

c) 9,7 V

d) 1,3 V

e) 3 V