Permeabilidade magnética

Física

PUBLICIDADE

Nos estudos que envolvem física e também engenharia é comum ouvir falar a respeito da permeabilidade magnética, que é, na verdade, uma constante de proporcionalidade. Ela depende do material de que é feito o objeto e também do campo magnético existente.

Calculamos a permeabilidade magnética através da relação entre o fluxo magnético (B) e a intensidade do campo magnético exterior ao objeto, isto é, calculamos através da expressão:  = B/H.

Algum tempo depois que Biot e Savart divulgaram suas conclusões, Ampère apresentou outra lei que envolvia o campo magnético, a qual teve muita utilidade na análise dos fenômenos magnéticos. Dessa forma, para que a lei de Ampère tivesse uma forma mais simplificada, realizou-se uma alteração na constante magnética km, que passou a ser escrita da seguinte maneira:

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A partir daí, a constante µ0 foi chamada de permeabilidade magnética do vácuo. Como no SI o valor de km é 10-7, temos:

Dessa forma, pode-se escrever a lei de Biot-Savart da seguinte maneira:

Fazendo algumas substituições, chegaremos ao seguinte resultado:

Por Domiciano Marques
Graduado em Física
Equipe Brasil Escola

Eletromagnetismo - Física - Brasil Escola

Valor real da permeabilidade magnética
Valor real da permeabilidade magnética

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Domiciano Correa Marques da. "Permeabilidade magnética"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/fisica/permeabilidade-magnetica.htm. Acesso em 26 de novembro de 2020.