Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

IDH, escolarização no Brasil

Sala de aula para adultos
Sala de aula para adultos
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Para a consolidação de um IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) é avaliado, entre outros fatores, o nível de escolarização ou de analfabetismo de um país. No seguimento educacional, ou seja, no nível de escolarização de grande parte da população, os índices brasileiros não são os melhores, ficam atrás de todos os países desenvolvidos e de muitos subdesenvolvidos.

Hoje no Brasil, aproximadamente 12% da população brasileira não é alfabetizada, isso quer dizer que cerca de 22 milhões de pessoas não sabem ler, escrever e nem dominar cálculos, esses são considerados analfabetos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Diversos países do sul (nome dado aos países subdesenvolvidos, que, em sua maioria, se encontram localizados no hemisfério sul) por meio de muito esforço alcançaram uma redução significativa, próxima a zero, das taxas de analfabetismo, do quais podemos destacar: Coréia do Sul e Uruguai (2%), Argentina e Cuba (3%), Chile (4%) e México (10%).

Quanto ao ensino médio, o percentual no Brasil de adultos que terminaram essa etapa é restrito a 14%, em outros países como a Malásia o percentual é de 21%, no Chile 26% e na Coréia do Sul 62%.

Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Eduardo de Freitas Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "IDH, escolarização no Brasil"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/idh-escolarizacao-no-brasil.htm. Acesso em 13 de julho de 2024.

De estudante para estudante