Topo
pesquisar

Complexo regional nordestino

Geografia do Brasil

PUBLICIDADE

Uma das mais importantes regionalizações produzidas pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) foi a divisão ou classificação do país em complexos regionais ou macroregiões. Uma delas é o complexo regional do Nordeste.

O Nordeste é marcado e muitas vezes caracterizado pelo problema da seca. A população dessa região representa 25% do total de pessoas que se encontram distribuídas no território. Apesar de ser considerado relativamente povoado, o Nordeste detém uma distribuição populacional bastante irregular, uma vez que a zona da mata possui grandes aglomerações de pessoas nos principais centros urbanos situados nessa sub-região, enquanto que o sertão e o agreste são despovoados.

Há uma grande disparidade socioeconômica na região, pois existe um grupo extremamente restrito de pessoas que vivem em elevados padrões de vida, a maioria da população convive com a miséria, a fome, além de doenças.

A economia nordestina em relação aos outros complexos é a que apresenta maior ligação com as atividades tradicionais, como o extrativismo vegetal, mineral e animal. São muitos os fatores que impedem a inserção da mecanização e modernização em diversos ramos produtivos, isso dificulta a diversificação e o desenvolvimento geral do complexo regional nordestino. Essa configuração favorece o surgimento dos piores indicadores sociais do país. Embora muitas empresas tenham recentemente se instalado na região.

Por Eduardo de Freitas
Graduado em Geografia

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Em destaque, a região do complexo regional do Nordeste
Em destaque, a região do complexo regional do Nordeste

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FREITAS, Eduardo de. "Complexo regional nordestino"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/complexo-regional-nordestino.htm. Acesso em 17 de setembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola