Giberelinas

Biologia

PUBLICIDADE

Giberelinas são hormônios produzidos nas raízes e folhas jovens de uma planta, com diversos efeitos sobre o funcionamento de um organismo vegetal, tais como: o alongamento celular, quebra da dormência das gemas presentes no caule, promoção da germinação e desenvolvimento dos primórdios foliares e frutos, contudo pouca ação na região da raiz.

Durante a germinação, a absorção de água pela semente, induz o embrião a sintetizar e liberar giberelinas que irão agir diretamente nas células que revestem o endosperma (tecido de reserva energética), proporcionando a quebra de polissacarídeos (amido) em carboidratos menores, monossacarídeos (glicose).

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Este hormônio, quando aplicado sobre o ovário de certas plantas, induzem o desenvolvimento de frutos partenocárpicos, ou seja, sem semente.

Por Krukemberghe Fonseca
Graduado em Biologia

A utilização de giberelinas, na produção de frutos partenocarpicos. A pulverização desse hormônio durante o período de floração, em algumas espécies v
A utilização de giberelinas, na produção de frutos partenocarpicos. A pulverização desse hormônio durante o período de floração, em algumas espécies v

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. "Giberelinas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/giberelinas.htm. Acesso em 31 de outubro de 2020.