Gêmeos fraternos

Biologia

PUBLICIDADE

Gêmeos fraternos, também chamados de dizigóticos ou bivitelinos; são aqueles formados a partir de óvulos e espermatozoides diferentes, mas que se desenvolveram no mesmo período. Estes não compartilham o mesmo córion, e podem ser tão distintos quanto irmãos não gêmeos, apresentando sexos, ou mesmo grupos sanguíneos diferentes.

O cordão umbilical e âmnio de cada um são desenvolvidos independentemente; mas estes podem possuir a mesma placenta, quando a implantação no útero se dá em regiões próximas.

Aproximadamente 70% dos gêmeos, em todo o mundo, são bivitelinos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Curiosidades:

Como estes são o resultado da liberação de mais de um óvulo em um mesmo período menstrual, acredita-se que tal característica seja hereditária.

Uma vez que existe a possibilidade da mulher ovular, num mesmo ciclo menstrual, em momentos diferentes, não é nula a existência de gêmeos fraternos de pais diferentes. Tal caso é denominado superfecundação heteroparental e os frutos desta, gêmeos heteroparentais.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Gêmeos fraternos podem ser muito diferentes entre si
Gêmeos fraternos podem ser muito diferentes entre si

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Gêmeos fraternos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/gemeos-fraternos.htm. Acesso em 31 de outubro de 2020.

Lista de Exercícios
Questão 1

Os gêmeos fraternos, também conhecidos como dizigóticos ou bivitelinos, diferenciam-se dos gêmeos idênticos por

a) serem formados do mesmo zigoto.

b) serem resultado da fecundação de um ovócito por dois espermatozoides.

c) serem resultado da fecundação de dois ovócitos pelo mesmo espermatozoide.

d) serem resultado da fecundação de dois ou mais ovócitos por espermatozoides diferentes.

e) serem resultado de um único ovócito que se dividiu posteriormente.

Questão 2

(PUC) Os gêmeos Renato e Marcelo e as gêmeas Cristina e Fernanda originaram-se de zigotos distintos. Já Eduardo e Rodrigo desenvolveram-se a partir de blastômeros originados de um mesmo zigoto.

Assinale a alternativa correta em relação aos gêmeos citados:

a) Os três pares de gêmeos são fraternos.

b) Os três pares de gêmeos são univitelinos.

c) Dois dos pares de gêmeos são fraternos.

d) Apenas Eduardo e Rodrigo são gêmeos fraternos.

e) Apenas os gêmeos Renato e Marcelo e as gêmeas Cristina e Fernanda são univitelinos.

Mais Questões