Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rudolph Arthur Marcus

Rudolph Arthur Marcus ganhador do Prêmio Nobel de Química (1992)
Rudolph Arthur Marcus ganhador do Prêmio Nobel de Química (1992)
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Cientista canadense nascido em Montreal, pesquisador do California Institute of Technology, Pasadena, CA, USA, e ganhador do Prêmio Nobel de Química (1992) por suas contribuições para a teoria de reações de transferência de elétrons em sistemas químicos. Filho único e de uma família de imigrantes suecos, desde cedo demonstrou interesse por ciências e matemática. Entrou para a Baron Byng High School, onde se inclinou pelo estudo das reações químicas, graduou-se na McGill University e recebeu seu Ph.D.(1946).

Entrou (1947) para o programa do pós-doutorado da National Research Council of Canada, em Ottawa, integrando o grupo de pesquisas em fotoquímica de E.W.R. Steacie. Mudou-se para a University of North Carolina, em Chapel Hill (1949), onde publicou seu primeiro paper de renome (1951) sobre a teria do RRK (Rice-Ramsperger-Kassel). Em Chapel Hill conheceu Laura Hearne, uma estudante de sociologia, com quem se casou (1952) e teve três filhos, Alan, Kenneth e Raymond. Publicou dois importantes papers sobre eletrostática (1954-1955), voltando-se integralmente para o problema da transferência de elétrons.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Trabalhou no Courant Mathematical Institute, em New York University (1960-1961) e, também, esteve na University of Illinois, em Urbana-Champaign (1964) e na Europa (1975-1976), inicialmente como professor visitante na University of Oxford e depois como Humboldt Awardee na Universidade Técnica de Munique, onde expôs sua teoria sobre a transferência de elétrons na fotossíntese. Na volta aos EEUU, aceitou o convite do California Institute of Technology (1978), onde continuou suas pesquisas. Homenageado com uma edição comemorativa do Journal of Physical Chemistry (1986), também já foi honrado com o Irving Langmair (1978) e o Peter Debye Awards da American Chemical Society (1978, 1988), as medalhas Willard Gibbs (1988), Theodore William Richards (1990) e Pauling (1991) e o Remsen e Edgar Fahs Smith Awards (1991), o Robinson (1991) e a Centenary Medals da Faraday Division da Royal Society of Chemistry (1982, 1988), a Columbia University's Chandler Medal (1983) e o Ohio State's William Lloyd Evans Award (1990).

O Wolf Prize in Chemistry (1985), a National Medal of Science (1989) e o Hirschfelder Prize in Chemistry (1993). Foi eleito para a National Academy of Sciences (1970), a American Academy of Arts and Sciences (1973) e a American Philosophical Society (1990). Indicado membro honorário da Royal Society of Chemistry (1991) e eleito membro estrangeiro da Royal Society de Londres (1987) e da Royal Society of Canada (1993). Diplomado honorário pelas Universidades de Chicago (1983), Goteborg (1986), Polytechnic (1987), McGill (1988), Queen's (1993) e New Brunswick (1993)

Figura copiada do site dA MSU PORTRAITS GALERY

Escritor do artigo
Escrito por: Eliene Percília Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

PERCíLIA, Eliene. "Rudolph Arthur Marcus"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/rudolph-arthur-marcus.htm. Acesso em 16 de abril de 2024.

De estudante para estudante