Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Rato (Família Muridae)

Rato-preto (Rattus rattus)
Rato-preto (Rattus rattus)
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Família: Muridae

Rato é o nome dado a mamíferos pertencentes à Família Muridae, tendo como características principais o focinho afilado e a cauda comprida. Esses roedores geralmente são onívoros, com olfato bem aguçado e gestação rápida, dando origem a vários descendentes que em pouco tempo já se mostram independentes. Ao todo, são mais de 700 espécies existentes em todo o mundo.

A ratazana (Rattus norvegicus), o camundongo (Mus musculus), e o rato-preto (Rattus rattus) causam muita dor de cabeça para a humanidade, desde os tempos mais pretéritos: há pelo menos 10.000 anos, juntamente com o início da agricultura. Tal fato propiciou com que esses animais tivessem boa oferta de alimento e abrigo, que são características favoráveis para que se reproduzam e mantenham-se próximos a locais nos quais há tais condições (a título de curiosidade, em situações assim, uma única ratazana é capaz de dar à luz a 200 filhotes a cada ano). Sobre essa aproximação, alguns pesquisadores se arriscam a dizer que gatos só passaram a viver no interior das residências após ser percebido que eles eram excelentes predadores de ratos.

Além de se alimentarem de tudo aquilo que é comestível, tais animais também devoram caixas, fios de alta tensão, até mesmo madeira, tijolos e alumínio; e podem transmitir pelo menos 55 doenças, direta ou indiretamente. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), em nosso país temos um prejuízo anual de quase 5 bilhões de dólares relacionados aos males causados por esses roedores. A peste negra é uma dessas doenças, que provocou a morte de cerca de 1/3 dos europeus. Outra bastante conhecida é a leptospirose, de incidência maior em eventos relacionados a enchentes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Ratazana (Rattus norvegicus)

Ratos também são animais extremamente inteligentes. Assim, capturar um único indivíduo que, silenciosamente, devora os alimentos da sua despensa, não é tarefa fácil. Eles geralmente evitam armadilhas, conseguem identificar um alimento envenenado e têm senso de direção invejável, conseguindo identificar rotas alternativas com facilidade.

Graças à sua agilidade, comportamento social, inteligência, reprodução rápida, aspectos fisiológicos em comum com a nossa espécie e baixo custo de manutenção, tais animais são frequentemente utilizados em pesquisas. A ratazana (Rattus norvegicus) e o camundongo (Mus musculus) são os murídeos mais utilizados para esse fim. Nesses casos, trata-se de indivíduos resultantes de várias gerações sucessivas, apresentando características e hábitos diferenciados dos indivíduos que se encontram na natureza e daqueles que podem ser vistos em nossas casas. A transmissão de doenças, por exemplo, se dá em razão dos ambientes em que vivem; e não a outro fator.


Camundongo (Mus musculus)

Curiosidades:

As ratazanas costumam viver em torno de residências, terrenos baldios, túneis e quintais com grande oferta de alimento; camundongos, em lugares fechados, como armários e despensas; e os ratos-pretos, em telhados e copas de árvores. Assim, permitem com que ratos sejam encontrados em diversos locais.

Em casos de superpopulação e carência de alimentos, alguns ratos são capazes de se alimentar de outros indivíduos de sua espécie, geralmente filhotes.


Por Mariana Araguaia
Bióloga, especialista em Educação Ambiental

Escritor do artigo
Escrito por: Mariana Araguaia Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Rato (Família Muridae)"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/animais/rato.htm. Acesso em 24 de julho de 2024.

De estudante para estudante