Topo
pesquisar

Densidade e doenças do coração

Química

PUBLICIDADE

A densidade pode ser definida como sendo a relação entre a massa de uma substância e o volume por ela ocupado. Este conceito pode ser confirmado pela equação que permite calcular a densidade:

d = massa
       volume


A densidade permite separar e identificar as substâncias, por exemplo, as lipoproteínas estão presentes no organismo humano de duas maneiras, e a densidade é que permite separar e identificá-las em lipoproteínas de baixa ou alta densidade. Essas substâncias são responsáveis pelo transporte de colesterol no sangue e identificá-las é muito importante para a saúde, já que existe um grande problema com lipoproteínas de baixa densidade, também conhecida como colesterol ruim, porque se depositam nas paredes das artérias. As paredes ficando mais estreitas dificultam a passagem do sangue, o que pode levar a uma obstrução total da artéria.

Já as lipoproteínas de alta densidade são conhecidas como colesterol bom, porque são transportadas para o fígado de onde são excretadas, reduzindo a quantidade presente nas artérias. Essas lipoproteínas recebem abreviaturas originadas do inglês:

Lipoproteínas de baixa densidade (Low-Density Lipoproteins): LDL

Lipoproteínas de alta densidade (High-Density Lipoproteins): HDL

A seguir, veja a diferença de densidade dos dois tipos de colesterol:

Densidade (g/cm3) LDL: 1,04

Densidade (g/cm3) HDL: 1,13

Com a chegada do inverno as pessoas que possuem colesterol alto precisam ficar atentas: nos dias frios, a probabilidade de infarto do miocárdio é maior, já que o sangue fica mais viscoso e pode entupir um vaso que já esteja estreitado. O infarto do miocárdio é popularmente conhecido como ataque cardíaco, e pode ser identificado por uma forte dor no peito, dormência no braço esquerdo e falta de ar.

Uma forma de melhorar os índices de HDL e diminuir os níveis de LDL no sangue é a prática regular de exercícios físicos associada a uma dieta com baixo teor de gordura.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química

Veja mais!

Aula de densidade: qual líquido é mais denso?

Infarto do miocárdio: dor aguda no peito
Infarto do miocárdio: dor aguda no peito

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Densidade e doenças do coração"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/densidade-doencas-coracao.htm. Acesso em 28 de fevereiro de 2020.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola