Topo
pesquisar

Disenterias Bacterianas

Doenças e patologias

O simples ato de lavar as mãos pode evitar as disenterias bacterianas
O simples ato de lavar as mãos pode evitar as disenterias bacterianas
PUBLICIDADE

Disenterias bacterianas são causadas, geralmente, pela ingestão de determinadas bactérias juntamente com a água ou alimento. Ocorrem mais frequentemente no outono e têm quadros de diarreias como principal característica, que, geralmente sucessivas, manifestam-se com ou sem muco, dependendo do agente etiológico. Febre, mal-estar e desconforto abdominal estão geralmente associados, além de episódios de vômitos - principalmente em intoxicações alimentares. 

Salmoneloses, causada pela Salmonella typhi ou Salmonella paratyphi; shigeloses do tipo A, B, C e D, causadas pela Shigella dysenteriae, Shigella flexneri, Shigella boydii e Shigella sonnei, respectivamente; infecções por Escherichia coli enteropatogênicas, enterotoxigênicas, enteroinvasivas e entero-hemorrágicas, e pelo Vibrio cholerae; enterites causadas por bactérias do gênero Campylobacter e por Yersinia enterocolitica; enterocolite por Clostridium difficile e intoxicações alimentares estafilocócicas e as causadas em virtude da presença de Clostridium perfringens, Vibrio parahemolyticus e Bacillus cereus, são alguns exemplos de disenterias causadas por este tipo de organismo.

Ocorre, principalmente, em locais onde não há tratamento de água e esgoto adequado e em situações onde a higiene pessoal deixa a desejar. Sobre isso, o simples ato de lavar as mãos frequentemente, além das frutas e legumes antes do consumo, reduz consideravelmente as chances de se adquirir uma disenteria bacteriana e outras doenças microbianas. Tais alimentos citados devem ficar imersos em água sanitária diluída por cerca de meia hora.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Geralmente as bactérias se alojam no intestino, algumas liberando toxinas. Os sintomas podem surgir em tempo variável, mas geralmente não ultrapassam uma semana após o contato. Em razão da perda excessiva de água e sais minerais, o indivíduo pode ter desidratação e ir a óbito caso não seja tratado.

A ingestão de água, sucos de frutas não laxativas e chás de ervas claras - sem açúcar – podem evitá-la. Crianças e idosos estão mais suscetíveis a essa consequência e, por tal motivo, devem buscar ajuda médica imediatamente. Adultos, caso não se curem em um prazo de dois dias, também devem recorrer a esse auxílio.

A construção de fossas sépticas, a fim de tratar biologicamente o esgoto doméstico em locais onde não há estação de tratamento de esgoto, e filtrar ou ferver a água de torneira ou de poço antes de ingeri-la são medidas importantes.

No caso de intoxicações alimentares, devem ser evitados alimentos cuja procedência é duvidosa. Em restaurantes, não ingerir saladas nem carnes cruas (nem malpassadas), ovos e tampouco maionese.
 

O MINISTÉRIO DA SAÚDE ADVERTE:
A automedicação pode ter efeitos indesejados e imprevistos, pois o remédio errado não só não cura como pode piorar a saúde.
 

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia
Equipe Brasil Escola

 

Doenças Causadas por Bactérias - Doenças - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Disenterias Bacterianas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/doencas/disenterias-bacterianas.htm. Acesso em 24 de agosto de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola