Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

História da pizza

Comida italiana mais famosa, a pizza é adorada por pessoas de todo o mundo.

Pizza italiana tradicional, com tomates e manjericão, em alusão à história da pizza.
A pizza é conhecida como a comida italiana mais famosa.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

  A história da pizza começou aproximadamente no século VI a.C., quando povos do Mediterrâneo, como egípcios e gregos, inventaram a receita de uma espécie de pão árabe com uma massa plana, bem fina e em formato de disco. O alimento tinha como ingredientes água e farinha de trigo.

Acredita-se que, com o tempo, o referido pão foi adaptado por povos de outras culturas, como fenícios e romanos. Esses povos passaram a temperá-lo, cobrindo-o com óleos, ervas e verduras.

O pão que, no futuro, seria chamado de pizza somente chegou à Itália no século XVIII, mais especificamente à província de Nápoles, situada na região da Campânia, no sul do país. Inicialmente, o pão com cobertura era vendido na rua e conhecido como “prato dos pobres”, por ser barato.

Com o tempo, os italianos aprimoraram a receita, colocando coberturas ou recheios mais variados em cima da massa. Os primeiros sabores de pizzas da Itália foram mastunicola, que tinha manjericão, banha, queijo e pimenta, e cecinielli, com pedaços de peixe.

A pizzaria mais antiga do mundo chama-se Antica Pizzeria Port'Alba e foi inaugurada em 1738, em Nápoles, na Itália. O restaurante existe até hoje.

Leia também: Qual é a história da feijoada?

Tópicos deste artigo

Como é a pizza italiana?

Pizza italiana sendo feita em um forno a lenha, um dos principais tipos de pizza na história da pizza.
A pizza italiana é feita no forno a lenha.

A pizza italiana popularizou-se por ser simples e rápida de fazer. A massa é formada por farinha, azeite de oliva, sal e fermento. Uma das curiosidades é que a farinha é feita à base de trigo puro batido em um pilão de pedra. O molho de tomates frescos e o queijo são colocados sobre a massa e são os itens que completam a base das receitas de pizza italiana. Quando pronta, a pizza é colocada em uma forma e, depois, é assada em um forno a lenha.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Pizza napolitana

 Pizza napolitana tradicional, outro importante sabor de pizza na história da pizza.
Pizza napolitana tradicional.

Criada na cidade italiana de Nápoles, a napolitana é uma das pizzas mais tradicionais da Itália e recebe esse nome porque foi nessa cidade que surgiu a pizza como ela é conhecida hoje.

Com objetivo de evitar falsificações e imitações, em 2009, a União Europeia criou uma lei estabelecendo um selo para a verdadeira pizza napolitana. Segundo a lei, a receita de pizza napolitana original da Itália deve ter as seguintes características:

  • Massa: diâmetro de, no máximo, 35 centímetros e de um a dois centímetros de altura.

  • Recheio: tomate sem cascas, mussarela de búfala de Campânia, alho, azeite de oliva e basílico (folhas aromáticas).

Pizza marguerita

Pizza marguerita sobre uma mesa de madeira, um dos principais sabores de pizza na história da pizza.
A pizza marguerita é um dos sabores de pizza mais pedidos no mundo.

Marguerita é um dos sabores de pizza mais famosos da Itália e um dos mais pedidos do mundo. Veja abaixo os ingredientes da marguerita:

  • massa (farinha, azeite de oliva, sal e fermento);

  • molho de tomates frescos;

  • muçarela de búfala;

  • folhas de manjericão.

História da pizza marguerita

Em 1889, a rainha consorte da Itália, Margherita de Savoy, provou a receita de uma pizza inventada pelo chef napolitano Raffaele Esposito e adorou, especialmente porque a iguaria contava com alimentos que representavam a bandeira da Itália: branco, vermelho e verde. Por ter agradado a sua majestade, o chef Raffaele Esposito resolveu chamar o seu novo sabor de pizza de marguerita em homenagem à rainha.

A pizza marguerita da Itália é o 11º melhor prato do mundo de 2022, de acordo com o estudo Taste Atlas.

Outros sabores de pizza italiana

Os sabores da pizza italiana variam conforme a região do país. Além da napolitana e da marguerita, há outros sabores considerados tradicionais. Veja-os abaixo:

  • marinara: molho de tomate, alho, orégano, e azeite de oliva;

  • 4 stagioni: molho de tomate, muçarela, azeitonas pretas, presunto, alcachofra, e cogumelos;

  • diavola: molho de tomate, muçarela de búfala, manjericão, salame ou pepperoni americano, e azeite picante;

  • capricciosa: alcachofra, cogumelos, presunto cru, e azeitonas pretas;

  • parmiggiana: molho de tomate, queijo parmesão, berinjela, muçarela, e manjericão.

Pizza no mundo

Pizzas de diferentes sabores, próximas às bandeiras de diferentes países, como representação da história da pizza no mundo.
A pizza é um dos pratos mais consumidos do mundo.

Após o sucesso feito pela pizza marguerita, esse prato passou a ser conhecido em todo o mundo, e assim foi se popularizando. A pizza chegou aos Estados Unidos no final do século XIX e início do século XX, trazida por imigrantes italianos. A primeira pizzaria aberta nos Estados Unidos chama-se Lombardi’s. O restaurante foi criado por Gennaro Lombardi em 1905 e localiza-se até hoje na Spring Street, no bairro Little Italy, em Nova York.

As pizzarias somente se popularizaram nos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial. Isso porque, na volta da guerra, os soldados queriam comer alguns dos alimentos que consumiram em sua estadia fora do país, entre eles a pizza, consumida quando estavam em cidades italianas.

A partir daí, rapidamente, a massa agradou à população, e, com o passar dos anos, italianos montaram pizzarias ao redor do mundo, desenvolvendo também o sistema delivery.

Veja também: Qual é a história do açúcar?

Pizza no Brasil

Pizza de calabresa sobre uma mesa de madeira, remetendo à história da pizza no Brasil.
A pizza de calabresa é a mais consumida no Brasil.

A pizza chegou ao Brasil no século XIX por meio de imigrantes italianos. A primeira pizzaria do Brasil foi montada pelo pizzaiolo italiano Carmino Corvino. Em 1910, o chef abriu a Cantina Santa Genoveva, no bairro paulistano conhecido como Brás.

A principal diferença entre a pizza italiana e a pizza brasileira é que a primeira valoriza mais a massa e o molho, sendo a cobertura mais leve. Já as pizzas daqui geralmente contam com coberturas mais grossas e com vários ingredientes.

Sabores de pizza mais pedidos no Brasil

Veja abaixo os cinco sabores de pizza mais pedidos pelos brasileiros:

  1. calabresa: molho de tomate, queijo muçarela e fatias de calabresa;

  2. portuguesa: molho de tomate, ovos cozidos, cebola, azeitona, ervilha, queijo e presunto;

  3. marguerita: pode seguir a receita tradicional italiana ou a muçarela de búfala pode ser substituída pela muçarela tradicional.

  4. frango com catupiry: molho de tomate, pedaços de frango, muçarela e queijo catupiry por cima;

  5. muçarela: molho de tomate, queijo muçarela, e orégano por cima.

Dia da Pizza

O Dia da Pizza é celebrado em 10 de julho no Brasil. A origem da data comemorativa remete ao ano de 1985, quando o então secretário de Turismo de São Paulo, Caio Luiz de Carvalho, realizou um concurso cultural para escolher as melhores pizzas dos sabores marguerita e muçarela. O concurso teve tanto sucesso que, desde então, o dia 10 de julho é considerado o Dia da Pizza no Brasil, data em que a maioria das pizzarias do Brasil faz promoções e descontos.

 

Por Silvia Tancredi
Jornalista  

Escritor do artigo
Escrito por: Silvia Tancredi Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "História da pizza"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/historia-da-pizza.htm. Acesso em 25 de maio de 2024.

De estudante para estudante