Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Sangramento nasal

O sangramento nasal pode ocorrer por diversos fatores: clima seco, traumas, resfriados, alergias, rinite, tumores nasais, hipertensão, falta de vitaminas, entre outros.

Sangramento nasal
Sangramento nasal
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Muitas pessoas costumam ter sangramento no nariz, principalmente em dias secos. Isso ocorre porque na região do nariz, a mucosa é bastante vascularizada, úmida e fria. Num clima seco, a parede dos vasos sanguíneos perde água, deixando-os frágeis. Dessa forma, qualquer trauma causado por um espirro, pelo ato de coçar, dentre outros, pode causar uma lesão que gera o sangramento.

Mas o sangramento no nariz pode ser local ou sistêmico, e pode ocorrer em razão de traumas, resfriados, alergias, rinite, tumores nasais, desvio de septo nasal, infecções causadas por micro-organismos, acidentes, hipertensão, falta de vitaminas na dieta alimentar, exposição à fumaça ou a substâncias químicas irritantes, além do uso de determinados medicamentos que interferem na coagulação sanguínea.

O sangramento nasal é conhecido também como epistaxe e é caracterizada por perda de sangue pelo nariz ou pela boca. A epistaxe pode ser muito séria e pode ocorrer em ambas as narinas. Quando isso ocorrer, comprima as narinas com os dedos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A prevenção se dá primeiro com pequenos cuidados como não assoar o nariz com muita força, evitar colocar o dedo no nariz (principalmente para as crianças), ter sempre cuidado para não lesionar o nariz em algum acidente ou esporte e utilizar umidificador em dias muito secos. Se o sangramento nasal for algo constante, procure um otorrinolaringologista. Pois dependendo do caso, pode ser necessária uma cauterização química ou térmica dos vasos sanguíneos.

Por Giorgia Lay-Ang
Graduada em Biologia

Escritor do artigo
Escrito por: Giorgia Lay-Ang Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LAY-ANG, Giorgia. "Sangramento nasal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biologia/sangramento-nasal.htm. Acesso em 29 de fevereiro de 2024.

De estudante para estudante