Topo
pesquisar

Usina Nuclear

Química

Reator de uma usina Nuclear
Reator de uma usina Nuclear
PUBLICIDADE

Qual é a reação química que permite o funcionamento de uma Usina Nuclear? E como essa usina gera energia? Uma única resposta para estas duas perguntas: Fissão Nuclear.

Cientistas ao longo da história fizeram experimentos envolvendo o Urânio e constataram que ao lançar nêutrons nos átomos deste elemento, o mesmo se subdividia e gerava outras espécies radioativas. E é com base nestes estudos que concluíram se tratar de uma Fissão Nuclear esta divisão de átomos.

A Fissão Nuclear libera grande quantidade de energia, e foi identificada somente no isótopo 235 do Urânio, e é com base nesta reação química que funciona as Usinas Nucleares. Como se sabe, estas reações são muito perigosas e nocivas ao homem, é por isso que existem os reatores nucleares.

Os reatores nucleares são dispositivos que controlam o processo de fissão, veja como as Usinas Nucleares produzem energia:

1. O processo de fissão gera energia;
2. A energia liberada proporciona a vaporização da água líquida;
3. O vapor de água faz girar uma turbina;
4. O movimento da turbina gera energia elétrica.

Um reator nuclear precisa estar cercado de material isolante, que pode ser grafite ou água, para controlar a velocidade de fissão e vazamento de material radioativo. Barras de grafite ou água têm o poder de absorver nêutrons livres.

Por Líria Alves
Graduada em Química

Veja mais:

Usinas nucleares no combate ao efeito estufa

Fissão nuclear: como tudo começou?

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Usina Nuclear"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/quimica/usina-nuclear.htm>. Acesso em 17 de dezembro de 2017.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA