Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Dicas para a redação do Encceja

Fique por dentro de como é a redação do Encceja e de dicas de professoras sobre a produção de texto do exame

Estudante escrevendo redação em mesa de estudos, texto Dicas para a redação do Encceja
Inscrição no Encceja é aberta uma vez ao ano e pode ser feita de forma gratuita.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A redação do Encceja é uma das provas do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja). Na avaliação, os participantes têm de escrever um texto dissertativo-argumentativo entre 5 e 30 linhas.

Semelhante ao Enem, nesta redação é necessário que os estudantes discorram sobre determinado assunto com a apresentação de argumentos que embasam a defesa da ideia apresentada no texto. 

O Encceja permite a certificação dos níveis fundamental e médio para aqueles que não concluíram o ensino na idade regular. Para isso, os candidatos devem obter uma nota mínima exigida na avaliação. 

Veja, no vídeo abaixo, dicas gerais para a redação do Encceja compartilhadas por Nicole Stallivieri, assessora pedagógica da plataforma Amplia:

Tópicos deste artigo

Como é a redação do Encceja?

A redação do Encceja é uma das provas aplicadas aos participantes do exame que exige a produção de um texto dissertativo-argumentativo.

Os critérios da redação são chamados de competências. Assim como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Encceja possui cinco competências na redação para a avaliação do ensino médio. Já os participantes do ensino fundamental são avaliados a partir de quatro competências.

A redação do Encceja é muito semelhante ao do Enem, pondera Renata Ramisch. A avaliação cobra a escrita de um texto entre 5 e 30 linhas. Textos com quatro ou menos linhas não será válidos para correção. 

O gênero dissertativo-argumentativo exige do estudante um posicionamento objetivo sobre determinado assunto, com a apresentação de argumentos que ebasam o que está sendo defendido. Isso quer dizer, que o texto não pode apenas descrever e expor fatos, e sim conter argumentação, enfatiza a educadora.

Nesse sentido, Ramisch destaca que não é permitido a opinião pessoal, como por exemplo "Eu acho que..." ou "A minha opinião...", já que isso foge do gênero proposto, que cobra uma linguagem impessoal. 

Na prova de redação, o candidato pode pontuar de 0 a 10 pontos. A aprovação no exame é obtida quando participante obtém ao menos 5 pontos na prova de redação, além da nota de 100 pontos nas questões objetivas, no mínimo. 

Entenda tudo sobre o gênero dissertativo-argumentativo na videoaula abaixo:

 

O que zera a redação do Encceja?

Veja, na imagem abaixo, os motivos que zeram a redação do Encceja:

Motivos que zeram/anulam a redação do Encceja.
Crédito: Reprodução / Cartilha do Participante do Encceja 

Competências da redação do Encceja

Veja quais são as competências da redação do Encceja:

  1. Demonstrar domínio da norma-padrão da língua portuguesa escrita.

  2. Elaborar um texto dissertativo-argumentativo dentro do tema proposto, aplicando conceitos das várias áreas do conhecimento para desenvolvê-lo.

  3. Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões
    e argumentos em defesa de um ponto de vista.

  4. Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para
    a construção da argumentação.

  5. Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando
    os direitos humanos (Somente para o prova do ensino médio).

Nicole Stallivieri é uma mulher branca
Nicole Stallivieri, assessora pedagógica da plataforma Amplia e douturanda em Linguística na UERJ.
Crédito: Divulgação. 

Dicas de estudo para a redação do Encceja

Confira, abaixo, dicas para a redação do Encceja, compartilhadas pelas professoras Nicole Stallivieri e Renata Ramisch:

  • Destine tempo para estudar sobre os elementos estruturais da redação do Encceja: introdução, desenvolvimento e conclusão;

  • Confira exemplos de redação com pontuação máxima no Encceja;

  • Mantenha o hábito da leitura para ampliação do vocabulário e construção de repertório;

  • Acesse notícias;

  • Escreva uma redação, ao menos, por semana, durante o processo de preparação;

  • Leia com atenção a cartilha do participante do Encceja;

  • Estude as competências da redação do Encceja;

  • Estude os conectivos que proporcionam a coerência e coesão do texto;

  • Simule a escrita da redação nas mesmas condições de tempo da prova.

Sala de aplicação das provas do Encceja
Provas do Encceja são realizadas geralmente no mês de agosto.
Crédito: Eliseu Dias / Ascom Seduc Pará.

No dia da prova do Encceja, cada estudante recebe uma folha de redação oficial, a professora Renata enfatiza que o ideal não é escrever diretamente nela. Assim que o participante ler a proposta de tema da redação, bem como os textos motivadores, é momento de esquematizar o texto na folha de rascunho.

Conforme Renata pontua, neste esquema, o estudante pode estruturar a contextualização do tema, apresentar quais argumentos irá utilizar em cada parágrafo e como será a conclusão da redação. Para a modalidade do ensino médio, é essencial não se esquecer a proposta de intervenção.

A estruturação básica auxilia na linearidade do texto, com a conexão de informações de forma sequencial, defende Ramisch. 

"O mais importante é demonstrar capacidade de análise crítica e expressar ideias de forma clara e organizada, por isso o planejamento é tão relevante. Depois, ainda na folha de rascunho, o ideal é que o aluno escreva a redação toda, como se fosse a oficial, e depois releia para ver se ainda há ajustes a fazer, ficando de olho nas questões de ortografia, gramática e estrutura."

Renata Ramisch

Por fim, no momento de escrever a redação na folha oficial, é necessário calma e atenção à letra, que precisa estar legível. Fazer a prova de redação várias vezes, de forma escrita e nas mesmas condições do exame, ajuda o estudante a estar preparado para o momento do exame, segundo Renata.

Confira também: O que estudar para as provas do Encceja 

Estratégias de estudo para a redação do Encceja

A principal estratégia de estudo para a redação do Encceja é o treinamento, afirma Renata Ramisch. "Quanto mais o estudante treinar, mais preparado vai estar na hora da prova", enfatiza.

É fundamental que o participante esteja informado sobre o que acontece no Brasil e no mundo, como também manter o hábito da leitura. O processo de leitura e acesso às informações contribui, segundo Ramisch, a conhecer diferentes repertórios sobre diversos temas.

Além disso, ler ajuda na construção de uma ortografia e gramática melhores, já que o estudante amplia seu vocabulário e aprende a grafia correta das palavras. A leitura de textos do gênero dissertativo-argumentativo contribui para o que o estudante compreenda estrutura desse tipo de texto.

É interessante que o estudante tenha acesso a diferentes fontes como livros, filmes e séries para expandir o repertório cultural, que pode ser utilizado na hora da escrita, considera Nicole Stallivieri.

A professora Nicole, afirma que o tema da redação do Encceja geralmente apresenta uma problemática de cunho social, que exige do estudante o desenvolvimento de uma reflexão crítica sobre o assunto. 

"O tema do Encceja não costuma ser muito polêmico, mas ele levanta pontos relevantes para a sociedade, em geral trazendo assuntos da atualidade e que estão em evidência, como questões sociais, políticas, ambientais. Os temas seguem na mesma linha do Enem, buscando suscitar a reflexão por parte do aluno. Vale ressaltar que a proposta de redação da prova do Ensino Fundamental e a do Ensino Médio são diferentes."

Renata Ramisch

Renata Ramisch é uma mulher branca loira que usa óculos
Renata Ramisch, analista pedagógica da plataforma Redação Nota 1000.
Crédito: Divulgação.

Veja: Temas de redação que já caíram no Encceja

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como são as provas do Encceja?

Confira como são distribuídas e compostas as provas do Encceja do nível ensino fundamental:

Área de conhecimento

Componente curricular

Horário

Duração

Ciências Naturais

Ciências

9h às 13h

4 horas

Matemática

Matemática

 

Língua Portuguesa, Língua Estrangeira Moderna, Artes, Educação Física e Redação

Língua Portuguesa com redação, Inglês, Espanhol, Artes, Educação Física e Redação

15h30 às 20h30

5 horas

História e Geografia

História, Geografia, Filosofia e Sociologia

5 horas

 

Saiba a composição das provas do Encceja do nível ensino médio:

Área de conhecimento

Componente curricular

Turno

Duração

Ciências da Natureza e suas tecnologias

Química, Física e Biologia

9h às 13h

4 horas

Matemática e suas tecnologias

Matemática

 

Linguagens, Códigos suas tecnologias e Redação

Língua Portuguesa com redação, Inglês, Espanhol, Artes, Educação Física e Redação

15h30 às 20h30

5 horas

Ciências Humanas e suas tecnologias

História, Geografia, Filosofia e Sociologia

5 horas

Acesse aqui as provas anteriores do Encceja.

O que é e por que fazer o Encceja?

O Encceja é uma prova realizada e aplicada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e serve para certificar estudantes que não concluíram os níveis básico de educação (fundamental e médio) na idade regular.

Nesse sentido, podem participar do Encceja, estudantes com no mínimo 15 anos (na modalidade do ensino fundamental), e com no mínimo 18 anos (na modalidade do ensino médio).

Os candidatos com a nota mínima exigida para a certificação (100 pontos na prova objetiva e 5 pontos da redação), podem procurar as secretarias estaduais de educação ou Institutos Federais (IFs) para poder emitir o certificado de conclusão do nível de estudo. 

As inscrições para o Encceja são gratuitas e abertas uma vez ao ano, geralmente entre abril e maio.

Saiba mais: Como conseguir o certificado do Encceja?

Escritor do artigo
Escrito por: Lucas Afonso Jornalista pela Universidade Federal de Goiás (UFG) e bacharel em Educação Física pelo Centro Universitário Internacional (Uninter).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

AFONSO, Lucas. "Dicas para a redação do Encceja"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/educacao/dicas-redacao-encceja.htm. Acesso em 17 de abril de 2024.

De estudante para estudante


Videoaulas