Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Candidatos à presidência da República 2022

Saiba quais são os candidatos à presidência da República no Brasil em 2022, seus candidatos a vice, partidos e breve histórico de vida pública.

Fachada do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)
O TSE aprovou o registro de 11 candidaturas à presidência da república para as eleições 2022. [1]
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Em 2022, 11 candidatos estão concorrendo à presidência da República, cargo que deverá ser ocupado no Palácio do Planalto pelos próximos quatro anos. As eleições 2022 no Brasil acontecem em dois turnos, sendo o primeiro no dia 2 de outubro e o segundo no dia 30 de outubro. São candidatos:

  • Jair Bolsonaro;

  • Lula;

  • Ciro Gomes;

  • Simone Tebet;

  • Eymael;

  • Felipe D’Avila;

  • Léo Péricles;

  • Roberto Jefferson;

  • Sofia Manzano;

  • Soraya Thronicke;

  • Vera Lúcia.

Conheça um breve histórico de cada candidato à presidência, com o partido e as principais atividades realizadas por eles. Veja a seguir.

Confira nosso podcast: Diferença entre voto nulo e voto em branco

Tópicos deste artigo

Quais são os candidatos à presidência em 2022?

Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro, atual presidente, em discurso. [2]
Jair Bolsonaro, atual presidente, em discurso. [2]
  • Partido: Partido Liberal (PL)

  • Formação: Formou-se na Academia Militar das Agulhas Negras, em 1977. Militar reformado, chegou a ser capitão do exército.

  • Vida pública: O atual presidente da república do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, tenta a reeleição. Ele é o 38º presidente do Brasil, cargo que assumiu em 1º de janeiro de 2019. Já foi deputado federal pelo Rio de Janeiro, entre 1991 e 2018. É natural do interior de São Paulo e nasceu em 1955.

  • Vice: Walter Souza Braga Netto (militar da reserva), do PL

Lula

Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista. [3]
Luiz Inácio Lula da Silva em entrevista. [3]
  • Partido: Partido dos Trabalhadores (PT)

  • Formação: Ex-sindicalista e ex-metalúrgico

  • Vida pública: Luiz Inácio Lula da Silva tem 76 anos e nasceu em Garanhuns (PE). Deu início à sua vida política como sindicalista, em 1966. Foi presidente da república por dois mandatos a partir de 2003, após ser eleito em 2002. Já em 2006, Lula venceu o candidato Geraldo Alckmin, seu atual candidato à vice-presidência, e foi reeleito ao cargo. Disputou a presidência pela primeira vez em 1989, sendo derrotado por Fernando Collor de Melo. Ainda antes de ser eleito, teve mais duas perdas nas urnas, nos anos de 1994 e 1998, para o candidato Fernando Henrique Cardoso, em ambas as vezes. Foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro em 2017 e, no ano seguinte, teve prisão decretada pelo então juiz Sergio Moro. No ano de 2021, obteve anulação das condenações, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, confirmada em plenário pelo Supremo no mesmo ano.

  • Vice: Geraldo Alckmin, do Partido Socialista Brasileiro (PSB)

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Ciro Gomes

Ciro Gomes em conferência. [4]
Ciro Gomes em conferência. [4]
  • Partido: Partido Democrático Trabalhista (PDT)

  • Formação: Advogado e professor universitário

  • Vida pública: Apesar de ter feito sua vida política no estado do Ceará, o candidato é natural de Pindamonhangaba, interior do estado de São Paulo. Prefeito de Fortaleza eleito em 1988, também foi governador do estado, em 1990. Em 1994, assumiu o Ministério da Fazenda, renunciando ao cargo de governador na época. Também foi ministro da Integração Nacional de 2003 a 2006, mas deixou a Esplanada dos Ministérios para disputar as eleições para deputado federal, sendo eleito. Exerceu dois mandatos de deputado estadual no Ceará.

  • Vice: Ana Paula Matos, do PDT

Simone Tebet

Simone Tebet no Senado. [5]
Simone Tebet no Senado. [5]
  • Partido: Movimento Democrático Brasileiro (MDB)

  • Formação: Direito

  • Vida pública: Nascida em Três Lagoas (MS), tem 52 anos e iniciou a vida política no ano de 2003, como deputada estadual. Entre 2005 e 2010, foi prefeita de sua cidade natal, por dois mandatos. Deixou o cargo para ser vice-governadora de Mato Grosso do Sul e, de 2013 a 2014, foi secretária de governo até que, em 2015, foi empossada como senadora. Tebet ficou conhecida nacionalmente depois da atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia do Senado, no ano passado.

  • Vice: Mara Gabrilli, do Partido Social da Democracia Brasileira (PSDB-SP)

Eymael

José Maria Eymael em discurso. [6]
José Maria Eymael em discurso. [6]
  • Partido: Democracia Cristã (DC)

  • Formação: Cursou Filosofia e Direito.

  • Vida pública: Natural de Porto Alegre, José Maria Eymael é advogado com especialização em Direito Tributário. Atua como empresário há 50 anos nas áreas de Marketing, Comunicação e Informática. Foi líder universitário quando jovem e, nesse período, coordenou campanhas nacionais e regionais, como a do barateamento do livro didático. Foi deputado constituinte e tenta pela sexta vez, aos 83 anos, a eleição para presidência da república.

  • Vice: João Barbosa Bravo (registrado como Professor Bravo), do partido Democracia Cristã (DC)

Felipe D’Avila

Felipe D’Avila. [7]
Felipe D’Avila. [7]
  • Partido: Novo

  • Formação: Luiz Felipe D’Avila é cientista político, mestre em Administração Pública pela Universidade de Harvard.

  • Vida pública: Felipe D’Avila nasceu em São Paulo e é coordenador do movimento Unidos Pelo Brasil. Em 2008, fundou o Centro de Liderança Pública, organização sem fins lucrativos dedicada à formação de líderes políticos. Possui dez livros publicados e se candidata ao cargo de presidente da república pela primeira vez.

  • Vice: Tiago Mitraud, do Partido Novo-MG

Léo Péricles

 Léo Péricles durante manifestações. [8]
 Léo Péricles durante manifestações. [8]
  • Partido: Unidade Popular (UP)

  • Formação: Técnico em eletrônica e mecânico de manutenção de máquinas

  • Vida pública: Único homem negro na disputa presidencial, Leonardo Péricles nasceu em Belo Horizonte-MG. Iniciou a vida política por meio de movimentos estudantis no início dos anos 2000. No ano de 2008, concorreu a vereador de Belo Horizonte, mas não foi eleito. Pelo Unidade Popular, em 2020, foi candidato a vice-prefeito da mesma cidade, também não conseguindo vitória.

  • Vice: Dentista Samara Martins, do UP

Roberto Jefferson

 Roberto Jefferson falando em manifestação. [9]
 Roberto Jefferson falando em manifestação. [9]
  • Partido: Partido Trabalhista Brasileiro (PTB)

  • Formação: Advogado

  • Vida pública: Natural de Petrópolis-RJ, tem 69 anos e muito tempo de vida na política. Antes da carreira política, participou de programas de televisão na década de 1980, como o Aqui e Agora, Domingo à Noite e O Povo na TV. Foi deputado federal por seis mandatos consecutivos. Também teve seu mandato cassado, após a confissão de ter participado do esquema conhecido por Mensalão. Denunciou também o esquema de compra de votos, o qual teve sua participação. Foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Em 2021, teve prisão preventiva decretada pelo ministro Alexandre de Moraes, por ataques a instituições em redes sociais. Suas contas em redes sociais também foram bloqueadas. Em janeiro deste ano, passou a cumprir prisão domiciliar.

  • Vice: Padre Kelmon, do PTB

IMPORTANTE: Recentemente, a candidatura de Roberto Jefferson foi impugnada. Atualmente, Padre Kelmon é o candidato substituto, sendo que sua situação encontra-se pendente perante a Justiça Eleitoral.

Sofia Manzano

Sofia Manzano. [10]
Sofia Manzano. [10]
  • Partido: Partido Comunista Brasileiro (PCB)

  • Formação: Professora e economista, doutora em História Econômica

  • Vida pública: Sofia Manzano nasceu na cidade de São Paulo, em 1971. Foi professora do curso de Economia, na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), no ano de 2013 e, por conta disso, acabou se mudando para Vitória da Conquista. Desenvolve pesquisas relacionadas a mercado de trabalho e desigualdade social no capitalismo.

  • Vice: Antônio Alves, do Partido Comunista Brasileiro (PCB)

Soraya Thronicke

 Soraya Thronicke. [10]
 Soraya Thronicke. [11]
  • Partido: União Brasil

  • Formação: Advogada

  • Vida pública: Soraya Thronicke é advogada e natural de Dourados (MS). Primeira vez candidata ao cargo, já foi eleita senadora pelo seu estado em 2018, ainda pelo Partido Social Liberal (PSL), atual União Brasil. Também já foi vice-líder do governo no Congresso Nacional e é coordenadora política da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) no Senado Federal, além de membro de oito comissões da Casa.

  • Vice: Marcos Cintra, do União Brasil

Vera Lúcia

 Vera Lúcia. [12]
 Vera Lúcia. [12]
  • Partido: Partido Socialista dos Trabalhadores Unificado (PSTU)

  • Formação: Formada em Ciências Sociais e operária sapateira.

  • Vida pública: Natural de Inajá, em Pernambuco, Vera Lúcia já se candidatou ao governo de Sergipe, à prefeitura de Aracaju e à Câmara dos Deputados. No ano de 2018, se candidatou à presidência da república e em 2020 foi a primeira mulher negra a concorrer à prefeitura de São Paulo, cidade onde reside.

  • Vice: Kunã Yporã (Raquel Tremembé), do PSTU

Leia também: História das eleições no Brasil

Eleições 2022

De acordo com dados do TSE, mais de 150 milhões de eleitores estão aptos a votar nos candidatos à presidência, além de indicar deputados federais, deputados estaduais, senadores e o governador de seus respectivos estados.

O voto é obrigatório para habitantes com idade entre 18 e 70 anos, sendo facultativo para pessoas dos 16 aos 17 anos e para os indivíduos acima de 70 anos.

Eleições e a importância do voto

Os eleitores devem analisar bem as propostas dos candidatos, a ideologia partidária, além do seu histórico na vida pública. Os horários eleitorais e os debates promovidos pelos meios de comunicação são boas formas para analisar os candidatos.

Créditos das imagens

[1] Alejandro Zambrana / Shutterstock

[2] Ettore Chiereguini / Shutterstock

[3] Salty View / Shutterstock

[4] Samuel Maciel / Shutterstock

[5] Agência Senado / Wikimedia Commons

[6] Rede Brasil Atual / Wikimedia Commons

[7] Arquivo Felipe D’Avila / Wikimedia Commons

[8] Jornal A Verdade / Wikimedia Commons

[9] Nancy Ayumi Kunihiro / Shutterstock

[10] Arquivo Partido Comunista Brasileiro / Wikimedia Commons

[11] Agência Senado / Wikimedia Commons

[12] Vera Lúcia - Romerito Pontes / Wikimedia Commons

 

Por Érica Caetano
Jornalista

Escritor do artigo
Escrito por: Érica Caetano Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAETANO, Érica. "Candidatos à presidência da República 2022"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/politica/candidatos-a-presidencia-da-republica-2022.htm. Acesso em 19 de abril de 2024.

De estudante para estudante