Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Luxemburgo

Geografia

O pequeno grão-ducado de Luxemburgo possui uma das economias mais desenvolvidas do mundo, com elevada renda per capita. Sua população atual é de 626 mil habitantes.
Bandeira de Luxemburgo
Bandeira de Luxemburgo
PUBLICIDADE

  Luxemburgo é um país europeu localizado na porção ocidental do continente e tem como capital a cidade de Luxemburgo. Seu pequeno território faz divisa com França, Bélgica e Alemanha. De clima ameno e terrenos de altitude média, o país conta com uma população de 626 mil habitantes, que revela um PIB per capita muito elevado, tornando Luxemburgo, nesse aspecto, um dos países mais ricos do mundo.

Leia também: Quais são os países da Europa?

Resumo sobre Luxemburgo

  • Luxemburgo é um pequeno país da Europa Ocidental que faz fronteira com França, Alemanha e Bélgica.

  • Sua capital é a cidade de Luxemburgo.

  • É o único grão-ducado do mundo.

  • Tem como línguas oficiais o luxemburguês, o francês e o alemão.

  • Possui clima temperado continental, relevo com terrenos planálticos, suavemente ondulados, e vegetação característica de florestas temperadas.

  • Conta com 626 mil habitantes e uma população formada por um contingente significativo de migrantes.

  • É um país altamente desenvolvido e com elevado custo de vida. Seu PIB per capita é um dos mais elevados do mundo.

  • A economia de Luxemburgo se concentra nos serviços, com baixa participação da indústria e da agropecuária.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Dados gerais de Luxemburgo

  • Nome oficial: Grão-Ducado de Luxemburgo;

  • Gentílico: luxemburguês;

  • Extensão territorial: 2.586 km²;

  • Localização: Europa Ocidental;

  • Capital: Luxemburgo;

  • Clima: temperado continental;

  • Governo: monarquia constitucional parlamentarista;

  • Divisão administrativa: 12 cantões;

  • Idioma: luxemburguês (oficial), francês e alemão;

  • Religiões:

    • cristianismo (principalmente catolicismo): 70,4%;

    • islamismo: 2,3%;

    • outras: 0,5%;

    • nenhuma: 26,8%.

  • População: 626.000 habitantes (ONU, 2020);

  • Densidade demográfica: 241,7 hab./km² (ONU, 2020);

  • Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,916;

  • Moeda: euro;

  • Produto Interno Bruto (PIB): US$ 84,08 bilhões (FMI, 2021);

  • PIB per capita: US$ 131.780 (FMI, 2021);

  • Gini: 0,354;

  • Fuso horário: GMT +2 horas;

  • Relações exteriores:

Leia também: Belarus — dados gerais desse país localizado no Leste Europeu

História de Luxemburgo

A história de Luxemburgo tem início no ano de 963. Seu surgimento se deu a partir da construção do castelo de Lucilinburhuc, a mando do Conde Sigefroi, que deu origem a uma cidade que se expandiu, formando o pequeno país conhecido hoje como Luxemburgo. A área era, então, um condado, vista como ponto estratégico, por estar localizada entre França, Alemanha e Bélgica.

Luxemburgo passou por longos períodos de domínio estrangeiro, o que teve início a partir do século XIV. Destaca-se a influência dos alemães, holandeses e franceses sobre sua região, muito do que hoje se reflete nos costumes e nos idiomas predominantes no país.

Luxemburgo se tornou um território independente, sem nenhuma influência político-administrativa externa, na segunda metade do século XIX, em 1867, mediante o segundo Tratado de Londres. O primeiro havia sido assinado em 1839, fazendo Luxemburgo retomar o status de grão-ducado adquirido algumas décadas antes.

A primeira metade do século XX representou o retorno das invasões estrangeiras no território luxemburguês, desta vez com os alemães no contexto das duas guerras mundiais. Após os conflitos, o país ficou marcado por sediar e por ser membro fundador de grandes grupos de cooperação multilateral, tanto política quanto econômica, dentre eles a Organização das Nações Unidas (ONU), o Benelux, a Otan e a União Europeia.

Mapa de Luxemburgo

Mapa de Luxemburgo

Geografia de Luxemburgo

Luxemburgo é um pequeno país de 2.586 km² localizado na região da Europa Ocidental. Seu território não possui saída para o oceano e faz fronteira com outras três nações:

  • Bélgica, ao norte e oeste;

  • França, ao sul;

  • Alemanha, a leste.

O país tem como capital a cidade de mesmo nome, Luxemburgo, localizada na região sul. Trata-se de uma das capitais oficiais da União Europeia, grupo do qual Luxemburgo faz parte desde o seu estabelecimento, no ano de 1958.

Vamos conferir abaixo algumas das principais características fisiográficas desse país.

  • Clima de Luxemburgo

O clima de Luxemburgo é do tipo temperado continental, caracterizado pelos verões amenos e invernos frios. As temperaturas médias variam entre -1°C nos meses mais frios e 17°C no período quente. A precipitação que ocorre no país é consideravelmente alta e varia na faixa de 685 mm a 1000 mm anuais.

  • Relevo de Luxemburgo

O relevo do país é formado por uma pequena área de planaltos e vales profundos ao norte, onde estão situadas as maiores elevações de Luxemburgo, e extensos terrenos planos ou suavemente ondulados, desde a sua região central até o sul, na fronteira com o território da França.

A elevação média do país é de 325 m, ao passo que o seu ponto mais elevado fica a 559 m. Trata-se do Monte Buurgplaatz, que fica na região de Oesling, ao norte.

  • Vegetação de Luxemburgo

A cobertura vegetal de Luxemburgo é caracterizada por florestas temperadas. Nelas são encontradas diversas espécies de coníferas, castanheiros, abetos, carvalhos, olmos, faias, arbustos e árvores frutíferas.

  • Hidrografia de Luxemburgo

Os rios Mosa e Reno são os principais cursos d’água que atravessam Luxemburgo, sendo também dois dos maiores pertencentes ao continente europeu. Para além dos rios tributários citados, o país possui diversos lagos, como o Upper Sûre, que é o maior deles, o Echternach e os lagos de Remerschen, cujas belas paisagens naturais atuam como fortes atrativos turísticos.

Leia também: Croácia — dados gerais desse país europeu banhado pelo Mar Adriático

Demografia de Luxemburgo

Luxemburgo tem uma população de 626.000 habitantes, conforme dados das Nações Unidas para 2020. Esse contingente é um dos menores do mundo e é comparável à população de algumas grandes cidades brasileiras, por exemplo. Em função de sua pequena área, Luxemburgo pode ser considerado um país bastante povoado, com densidade demográfica de 241,7 hab./km².

O país apresenta elevada taxa de urbanização, que em 2021 chegou a 91,7%. Anualmente, a população que vive em áreas urbanas cresce a uma taxa de 1,43% ao ano. A maior parte dos luxemburgueses está concentrada no sul do país, região onde fica a capital. Esta concentra aproximadamente 20% de todos os moradores do país, com um contingente populacional de 120.000 habitantes.

Um aspecto interessante de Luxemburgo é o fato de a sua população ser a 6ª do mundo em número de imigrantes. De acordo com dados da CIA para 2021, há no país 12,65 migrantes para cada mil habitantes. Esse fato reflete diretamente na taxa de crescimento populacional de Luxemburgo, que é da ordem de 1,7%, valor relativamente alto, maior do que a média mundial.

Destaca-se, além disso, os indicadores sociais do país. Luxemburgo tem elevado Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), que é de 0,916. A saúde é um dos itens levados em conta para o seu cálculo e pode ser analisado mediante alguns levantamentos demográficos. Assim, temos que Luxemburgo apresenta elevada expectativa de vida, a 16ª maior do mundo, com média de 82,78 anos. A baixa mortalidade infantil do país é destaque, sendo uma das menores do mundo (3,3 por mil).

Vista da cidade de Luxemburgo, capital do país homônimo
Vista da cidade de Luxemburgo, capital do país homônimo

Economia de Luxemburgo

Luxemburgo figura como uma das nações mais ricas do mundo quando considerado seu PIB per capita. As informações do Fundo Monetário Internacional (FMI) para 2021 indicam que esse indicador superou os 131 mil dólares ao ano em 2021. Já o valor integral do PIB do país é da ordem de 84 bilhões de dólares.

A economia luxemburguesa se sobressai pelas elevadas taxas de crescimento, as quais têm se mantido constantes. Na segunda metade do século XX, a economia do país era centrada no setor industrial, mais especificamente na fabricação de aço e ferro. Esses produtos respondiam por pouco mais de 90% de todas as exportações efetuadas no final dos anos 1990. Atualmente, o setor secundário, correspondente à indústria, responde por 12,8% do PIB.

Com o incremento tecnológico e o aprofundamento dos laços comerciais com outros países europeus, a economia de Luxemburgo se voltou ao setor terciário, com destaque para os serviços associados às finanças e, atualmente, ao comércio eletrônico. Ademais, o turismo de negócios e as atividades associadas a eventos políticos representam importante fonte de receita. O setor terciário é responsável por quase 87% do valor de seu PIB.

A agricultura do país é de pequena escala, com somente 24% de terras aráveis. Na economia, o setor representa uma pequena parcela do PIB, de apenas 0,3%.

Cultura de Luxemburgo

A cultura de Luxemburgo resguarda muitos elementos oriundos de seus países vizinhos, especialmente da França e da Alemanha. Entre os principais desses elementos, estão os idiomas. O país apresenta três línguas oficiais, que são o alemão, o francês e o luxemburguês, sendo este um idioma essencialmente oral. Diz-se, em função disso, que a literatura em língua luxemburguesa não se desenvolveu tradicionalmente, pela ausência de regras gramaticais e ortográficas, além do vocabulário limitado.

As principais celebrações do país seguem o calendário religioso cristão. A religião católica é a que possui o maior número de adeptos, seguida do islamismo. No entanto, o país apresenta uma parcela significativa de pessoas que não seguem nenhum preceito religioso (26,8%).

A culinária luxemburguesa possui muitos pratos à base de carne suína e batatas. Um deles é o Judd mat Gaardebounen, considerado o prato tradicional do país, feito com carne de porco defumada, batatas e feijão-verde. Outra especialidade é a Quetschentaart, uma torta doce recheada com ameixa, bastante consumida no outono.

Judd mat Gaardebounen (pescoço de porco defumado com feijão-verde), prato típico de Luxemburgo
Judd mat Gaardebounen (pescoço de porco defumado com feijão-verde), prato típico de Luxemburgo

Infraestrutura de Luxemburgo

Luxemburgo é um país com ampla infraestrutura, que atende tanto a sua população urbana, que é a maioria, quanto a população rural. De acordo com dados das Nações Unidas para 2020, todos os moradores das cidades possuem acesso à rede de fornecimento de água, ao passo que a abrangência na zona rural é de 97%. A rede de saneamento, por sua vez, compreende quase 95% da população urbana e 89,3% da população do campo.

O país se destaca na utilização de fontes renováveis de energia na sua matriz energética, que respondem por 67% da eletricidade produzida, valor esse que chega a 75% quando se soma à participação das hidrelétricas. Isso coloca Luxemburgo na primeira posição internacional no que diz respeito à energia limpa na matriz energética.

O principal modal de transporte é o rodoviário, embora o país disponha também de redes ferroviárias e hidroviárias. Com relação ao transporte aéreo, Luxemburgo possui dois aeroportos.

Confira no nosso podcast: Países mais e menos ricos do mundo

Governo de Luxemburgo

O tipo de governo adotado por Luxemburgo é definido oficialmente como uma democracia parlamentarista na forma de monarquia constitucional. O país é atualmente o único grão-ducado do mundo, e a coroa é passada hereditariamente.

O grão-duque é o chefe de Estado e representante do Poder Executivo. O ocupante desse nível hierárquico é o responsável pela indicação do primeiro-ministro, chefe de governo e responsável pela Câmara dos Deputados, órgão representante do Poder Legislativo.

Curiosidades sobre Luxemburgo

  • O nome do país significa “pequena fortaleza” (Lucilinburhuc), derivado do celta (lucilem, pequeno) e do alemão (burg, castelo ou fortaleza).

  • Os portugueses representam a maior parcela de migrantes do país.

  • A porção mais antiga da cidade de Luxemburgo é listada como patrimônio mundial pela Unesco.

  • Luxemburgo possui um dos custos de vida mais elevados da Europa.  

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "Luxemburgo"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/geografia/luxemburgo.htm. Acesso em 20 de outubro de 2021.

Artigos Relacionados
Clique aqui e confira quais são os países com IDH alto, segundo a ONU!
Saiba quais são os países da Europa. Veja a lista dos países do continente europeu e as regiões em que se encontram. Saiba também o que é União Europeia.
Conheça o processo de formação e as características da União Europeia.