close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Peço ou pesso?

“Peço” ou “pesso”? Qual forma é aceita pela norma-padrão da língua portuguesa? Algumas conjugações do verbo pedir trazem essa dúvida de ortografia.

Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Peço ou pesso? O verbo pedir deixa muitas pessoas com dúvidas de ortografia. Afinal, qual é a forma aceita pela norma-padrão da língua portuguesa?

Veja também: Enfim ou em fim?

Tópicos deste artigo

O correto é “peço” ou “pesso”?

Deve-se utilizar a forma “peço”, com ç. Não há, na língua portuguesa, a forma “pesso”, sendo este considerado um desvio gramatical relacionado à ortografia.

Exemplos de uso do “peço”

  • Eu peço sempre café preto na padaria.

  • Minha prova é amanhã. Peço que vocês torçam muito por mim.

  • Temos que voltar para casa. Eu peço um táxi para nós.

  • Não sei se falo com o meu chefe e peço um aumento.

Leia também: A fim ou afim?

A conjugação do verbo “pedir” pode gerar algumas dúvidas ortográficas.
A conjugação do verbo “pedir” pode gerar algumas dúvidas ortográficas.

Significado de “peço”

A palavra “peço” é a conjugação no presente do indicativo do verbo pedir, sendo utilizada sempre na 1ª pessoa do singular, ou seja, com o sujeito “eu”, para exprimir:

  • solicitação;

  • reclamação;

  • necessidade;

  • desejo;

  • favor.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Conjugação do verbo pedir

O verbo pedir é irregular e, por isso, pode apresentar variações de acordo com a conjugação. Veja:

 

Presente do

indicativo

eu

peço

tu

pedes

ele/ela

pede

nós

pedimos

vós

pedis

eles/elas

pedem

 

 

Presente do

subjuntivo

(que) eu

peça

(que) tu

peças

(que) ele/ela

peça

(que) nós

peçamos

(que) vós

peçais

(que) eles/elas

peçam

 

Imperativo

 

afirmativo

negativo

 

-

-

eu

pede

não peças

tu

peça

não peça

você

peçamos

não peçamos

nós

pedis

não peçais

vós

peçam

não peçam

vocês


Atenção: não se deve confundir o uso de ç nas conjugações acima, justificado pela alteração do radical do verbo, com o uso de ss na conjugação abaixo, cujo uso é justificado pela desinência de tempo e de modo verbal.

 

Pretérito imperfeito

do subjuntivo

(se) eu

pedisse

(se) tu

pedisses

(se) ele/ela

pedisse

(se) nós

pedíssemos

(se) vós

pedísseis

(se) eles/elas

pedissem


Veja também: Embaixo ou em baixo?

Exercícios resolvidos

Questão 1 - Complete as lacunas com a conjugação entre parênteses do verbo pedir.

a) Eu sempre _______ conselhos à minha avó. (1ª pessoa do singular no presente do indicativo)

b) Eles não vão vir até aqui, a não ser que _______. (1ª pessoa do plural no presente do subjuntivo)

c) Se ela me _______ em casamento, eu aceitaria. (3ª pessoa do singular no pretérito imperfeito do subjuntivo)

d) Não _______ comida naquele restaurante, pois é muito caro. (3ª pessoa do plural no imperativo negativo)

Resolução

a) peço.

b) peçamos.

c) pedisse.

d) peçam.

Questão 2 - A alternativa que contém a grafia aceita pela norma-padrão da língua portuguesa é:

A) O passeio teria sido exuberante se pedíçemos mais tempo.

B) Já desisti de esperar. Pessamos o ingresso em outro lugar.

C) Não há chances de serem atendidos, a não ser que pessam para falar com a gerente.

D) Peça você primeiro, eu ainda estou decidindo.

Resolução

Alternativa D, pois nas alternativas A, B e C as grafias adequadas seriam, respectivamente, “pedíssemos”, “peçamos” e “peçam”. 

 

Por Guilherme Viana
Professor de Gramática

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

VIANA, Guilherme. "Peço ou pesso?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/peco-ou-pesso.htm. Acesso em 18 de maio de 2022.

Tire suas dúvidas


Na oração: Cabe aos envolvidos no processo de escolarização questionar: Quais são suas histórias, seus saberes, seus sonhos? A pronome QUAIS deve ser com "q" maiúsculo ou minúsculo?

Por KARLA Ventura
Responder
Ver respostas

Videoaulas


Estude agora


Dom Casmurro, de Machado de Assis

Assista a nossa videoaula para conhecer um pouco mais sobre romance Dom Casmurro, do escritor Machado de Assis. Confira...

Descolonização do pensamento

Por que falar de descolonização do pensamento? Porque mantemos os grilhões da colonização europeia presos em...