Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Marília Mendonça

Marília Mendonça foi uma cantora e compositora goiana famosa por ter criado o subgênero musical feminejo.

Marília Mendonça vestida de preto e branco fazendo pose.
Marília Mendonça ficou conhecida por ser a “rainha da sofrência”. (Créditos: Assessoria de imprensa — divulgação)
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Marília Mendonça foi uma cantora e compositora de Goiás. Considerada a líder do feminejo, subgênero da música sertaneja, a goiana teve carreira meteórica. Morreu aos 26 anos em um acidente aéreo, causando comoção em todo o Brasil.

Famosa por ser a “rainha da sofrência”, por escrever e cantar músicas sobre amor, sofrimento e traição, Marília Mendonça foi um dos principais nomes da música brasileira entre os anos 2015 e 2021.

Leia também: Chico Buarque — um dos grandes nomes da música popular brasileira

Tópicos deste artigo

Vida de Marília Mendonça

Marília Dias Mendonça nasceu no dia 22 de julho de 1995, em Cristianópolis, no interior do estado de Goiás. Entretanto, se mudou para a capital Goiânia ainda criança, onde permaneceu até o final da sua vida.

Filha de Ruth Dias e de Mário Mendonça, a cantora tinha oito irmãos, dos quais sete eram por parte de pai. Marília tinha apenas um irmão mais novo do lado materno. O jovem, chamado João Gustavo, também é cantor.

Desde criança, a goiana mostrou que tinha dom para ser cantora. Marília Mendonça era da religião evangélica e começou a cantar na igreja que frequentava. Já adolescente, passou a cantar no bar comandado pela sua família. Um tempo depois, Marília Mendonça foi descoberta por uma produtora musical.

Marília Mendonça criança com coroa de flores em um jardim
Marília Mendonça criança (Créditos: Assessoria de imprensa — divulgação)

Aos 12 anos, Marília Mendonça começou a compor suas primeiras músicas. Nessa época, ganhando o apoio financeiro do seu avô, passou a fazer aulas de violão, o que ajudou a fortalecer suas composições.

Pesquisas apontam que a rainha da sofrência era uma pessoa generosa, bondosa e que gostava de ajudar os outros. Um dos episódios que ficaram muito conhecidos foi quando Marília Mendonça fez doações de recursos para comprar oxigênio, no final de 2020, em plena pandemia da covid-19.

Relacionamentos e filho

Marília Mendonça foi noiva de Yugnir Ângelo, mas terminou o noivado aos 21 anos alegando ser muito jovem para ter um relacionamento tão sério.

Entre os anos 2019 e 2021, a cantora namorou com o músico Murilo Huff. Nesse período, chegaram a terminar e a reatar o relacionamento.

Léo, o filho de Marília Mendonça e de Murilo Huff, nasceu no dia 16 de dezembro de 2019. Hoje, a criação do menino é dividida entre o pai e a mãe da cantora, Ruth.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Morte de Marília Mendonça

Marília Mendonça morreu no dia 5 de novembro de 2021, no auge da sua carreira de cantora e compositora. Ela foi vítima de um desastre aéreo que, na época, impactou todo o país.

A goiana viajava em um táxi-aéreo de Goiânia rumo a Caratinga, interior de Minas Gerais, onde faria uma apresentação. Também morreram no acidente Abiceli Silveira, tio e assessor dela, o produtor Henrique Ribeiro, o piloto e o co-piloto.

Antes do enterro, o corpo da cantora foi velado no ginásio Goiânia Arena, por onde passaram mais de 100 mil pessoas, incluindo familiares, amigos e fãs. Marília Mendonça está enterrada no cemitério Parque Memorial de Goiânia.

Leia também: Diana Spencer — a biografia da princesa do Reino Unido que morreu em um trágico acidente

Obra de Marília Mendonça

Marília Mendonça ficou famosa por ser o principal nome do feminejo, vertente do gênero musical sertanejo cantado apenas por mulheres. A cantora e compositora também foi considerada a “rainha da sofrência”, por falar de amor, sofrimento, dor e traição em suas músicas.

Primeiramente, Marília Mendonça atuou apenas como compositora. A partir de 2015, a goiana tornou-se cantora profissional, chegando a ser considerada um dos principais nomes da música brasileira.

Carreira como compositora de Marília Mendonça

Marília Mendonça começou a sua carreira na música brasileira como compositora com apenas 12 anos. A primeira canção que ela compôs chama-se Minha herança e foi escrita junto de Frederico da dupla sertaneja com João Neto.

Ainda desconhecida no Brasil, a compositora também escreveu músicas para cantores sertanejos, tais como Gusttavo Lima e Lucas Lucco, e duplas como Jorge & Mateus, Zé Neto & Cristiano e Henrique & Juliano.

Também na fase compositora, Marília Mendonça escreveu canções do estilo musical forró para alguns cantores, entre os quais Wesley Safadão e Gabriel Diniz, que também faleceu no auge da carreira em 2019, e para bandas como Aviões do Forró.

Veja abaixo as principais composições de Marília Mendonça:

  • Calma — interpretada por Jorge & Mateus.

  • É com ela que estou — interpretada por Cristiano Araújo.

  • Ela não vai mudar — interpretada por João Neto e Frederico.

  • Cuida bem dela — interpretada por Henrique e Juliano.

  • Incerteza — interpretada por Matheus & Kauan.

Marília Mendonça cantando e tocando violão
 Marília Mendonça foi a líder do feminejo. [1]

Carreira como cantora de Marília Mendonça

O primeiro disco de Marília Mendonça foi lançado no dia 8 de junho de 2015, em Goiás. Uma versão do álbum ao vivo foi relançada no dia 4 de março de 2016 em todo o Brasil.

Já com experiência como cantora e compositora, Marília Mendonça começou a fazer sucesso em todo o Brasil no ano de 2016 com a sua música Infiel.

Marília Mendonça gravou seu primeiro DVD em 2015, em São Paulo. Já o segundo DVD foi realizado em 2016, no Sambódromo de Manaus (AM), para mais de 40 mil pessoas.

Em 2018, a cantora lançou o projeto audiovisual Agora é que são elas, em parceria com as amigas e cantoras sertanejas Maiara e Maraisa.

Marília Mendonça iniciou o projeto Todos os cantos em 2019. O programa, idealizado pela própria cantora, consistia em percorrer todas as capitais do Brasil. O projeto Todos os cantos de Marília Mendonça apresentava uma música inédita a cada show. A divulgação do local do evento era feita no mesmo dia.

A cantora levou a turnê Todos os cantos para os Estados Unidos e para países da Europa, como Portugal, Inglaterra e Holanda.

Em 2020, primeiro ano da pandemia do coronavírus, Marília Mendonça lançou diversos singles em lives pela internet, uma vez que não podia realizar shows presenciais.

Um dos últimos trabalhos de Marília Mendonça antes de sua morte foi o álbum Patroas 35%, gravado com a dupla sertaneja Maiara e Maraisa.


Confira abaixo dez músicas famosas de Marília Mendonça:

  1. Infiel

  2. Amante não tem lar

  3. Alô porteiro

  4. Como faz com ela

  5. Sentimento louco

  6. Esqueça-me se for capaz

  7. Traição não tem perdão

  8. Ciumeira

  9. De quem é a culpa?

  10. Todo mundo vai sofrer

Foto em preto de branco de Marília Mendonça usando chapéu
Marília Mendonça foi uma das principais cantoras do Brasil. (Créditos: Assessoria de imprensa — divulgação)

Indicações e prêmios de Marília Mendonça

Ao longo de sua carreira meteórica, de apenas seis anos, Marília Mendonça foi indicada e ganhou vários prêmios na música nacional e internacional.

  • 2017 – indicada ao prêmio de melhor álbum de música sertaneja no Grammy Latino.

  • 2019 – vencedora do prêmio melhor álbum de música sertaneja do Grammy Latino (disco Todos os cantos).

  • 2020 – indicada ao melhor álbum de música sertaneja do Grammy Latino (Patroas 35%).

Recordes de Marília Mendonça

A cantora Marília Mendonça coleciona alguns recordes em sua carreira. Veja alguns abaixo:

  • Cantora brasileira mais seguida na plataforma musical Spotify.

  • Membro da lista dos 500 artistas mais ouvidos do mundo.

  • Dez faixas do disco Todos os cantos no Top 200 do Spotify.

  • Todo mundo vai sofrer é a música que ficou mais tempo em primeiro lugar no ranking Top 50 Brasil, por 85 dias consecutivos.

Créditos de imagem

[1] Humor Multishow / Wikimedia Commons

 

Por Silvia Tancredi
Jornalista 

Escritor do artigo
Escrito por: Silvia Tancredi Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

TANCREDI, Silvia. "Marília Mendonça"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/biografia/marilia-mendonca.htm. Acesso em 12 de abril de 2024.

De estudante para estudante