Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Conferência de Teerã

A Conferência de Teerã foi o primeiro encontro dos Aliados no final da Segunda Guerra Mundial. Eles organizaram a contraofensiva ocidental que resultou na libertação francesa.

Stalin (URSS), Roosevelt (EUA) e Churchill (Inglaterra) na Conferência de Teerã.
A Conferência de Teerã reuniu os Aliados para a organização de uma contraofensiva no final da Segunda Guerra Mundial.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A Conferência de Teerã foi a primeira grande conferência entre as principais nações aliadas (EUA, Inglaterra e URSS) no contexto do final da Segunda Guerra Mundial. Seu objetivo foi a organização da contraofensiva aliada na Europa, sobretudo a invasão da França (ocupada pelos nazistas) por tropas aliadas e sua posterior libertação. Foi decidido que seria iniciado um novo front de guerra para combater a Alemanha Nazista a partir do Ocidente.

Leia também: Batalha de Stalingrado — o combate mais sangrento da Segunda Guerra Mundial

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a Conferência de Teerã

  • Foi a primeira conferência entre as nações aliadas no final da Segunda Guerra Mundial e organizou a contraofensiva aliada na Europa.
  • Seu objetivo foi a organização da contraofensiva aliada na Europa, sobretudo a invasão da França (ocupada pelos nazistas) por tropas aliadas e sua posterior libertação.
  • Reuniu os líderes das principais nações aliadas: o presidente dos EUA, Franklin Roosevelt; o primeiro-ministro britânico, Winston Churchill; e o chefe de Estado da URSS, Joseph Stalin.
  • Stalin defendia veementemente que o desembarque aliado deveria ser feito pelo território francês, enquanto Churchill contrapunha essa ideia à do desembarque pelos Bálcãs.
  • Na conferência foi decidido que seria iniciado um novo front de guerra para combater a Alemanha Nazista a partir do Ocidente.
  • Foi a terceira conferência realizada entre as nações aliadas, com o objetivo de organizar a administração e ocupação da Alemanha derrotada.
  • A Conferência de Yalta foi a segunda das três grandes conferências ocorridas no período final da Segunda Guerra, com o objetivo de decidir as estratégias que levariam à divisão das áreas de influência Oeste e Leste e ao fim da guerra na Europa.
  • A Conferência de São Francisco (25 de abril e 26 de junho de 1945) teve por objetivo a produção e aprovação da Carta das Nações Unidas (ONU).

Quais eram os objetivos da Conferência de Teerã?

A Conferência de Teerã foi a primeira grande conferência entre as principais nações aliadas (EUA, Inglaterra e URSS) no contexto do final da Segunda Guerra Mundial. Ocorreu entre 28 de novembro e 1º de dezembro de 1943 na cidade de Teerã, no Irã.

Seu objetivo foi a organização da contraofensiva aliada na Europa, sobretudo a invasão da França (ocupada pelos nazistas) por tropas aliadas e sua posterior libertação. Em paralelo, seria desenvolvido o front oriental, liderado pelos soviéticos, que pressionariam os alemães, resultando no sucesso do desembarque aliado em solo francês, concretizado na Operação Overlord, no Dia D.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Como foi a Conferência de Teerã?

A conferência reuniu os líderes das principais nações aliadas: o presidente dos EUA, Franklin Roosevelt; o primeiro-ministro britânico, Winston Churchill; o chefe de Estado da URSS, Joseph Stalin. Essa foi a primeira vez que os três se reuniram, o que simbolizou a aliança contra o nazismo. Como curiosidade, pode-se apontar que o codinome secreto da conferência era “eureka”, em referência ao ineditismo da situação de negociação entre EUA e URSS.

Após a chegada dos chefes de Estado, as reuniões discutiram as condições para o desembarque aliado na França e alinharam os objetivos que resultariam no desenvolvimento da Operação Overlord. No entanto, as negociações não foram fáceis: Winston Churchill e Joseph Stalin protagonizaram cenas tensas por discordâncias estratégicas.

Stalin defendia veementemente que o desembarque aliado deveria ser feito pelo território francês, enquanto Churchill contrapunha essa ideia à do desembarque pelos Bálcãs. O presidente dos EUA, Franklin Roosevelt, foi o responsável por um meio-termo e definiu a estratégia de desembarque na Normandia, litoral da França, pela conhecida Operação Overlord.

Saiba mais: Guerra Fria — a polarização do mundo na disputa entre EUA e URSS

O que foi decidido na Conferência de Teerã?

Tropas aliadas em tanques, dirigíveis e navios em operação militar definida na Conferência de Teerã.
A Conferência de Teerã estabeleceu a estratégia de invasão da França, que resultou em grande vantagem sobre os nazistas.

Na Conferência de Teerã foi decidido que seria iniciado um novo front de guerra para combater a Alemanha Nazista a partir do Ocidente. Os aliados, notadamente as tropas anglo-americanas, promoveriam a invasão do território francês (sob ocupação nazista) e abririam o front ocidental. Enquanto isso, os soviéticos pressionariam a Alemanha no front oriental, garantindo o sucesso da operação.

Outras conferências no contexto final da Segunda Guerra Mundial

  • Conferência de Potsdam: foi a terceira grande conferência realizada entre as três principais nações aliadas, Inglaterra, EUA e URSS, no contexto do final da Segunda Guerra Mundial, ocorrida entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945 em Potsdam, Alemanha. Os objetivos da Conferência de Potsdam foram organizar a administração e ocupação da Alemanha, recém-derrotada e que havia assinado sua rendição incondicional em 8 de maio.
  • Conferência de Yalta: foi a segunda das três grandes conferências ocorridas no período final da Segunda Guerra Mundial. Ocorreu entre 4 e 11 de fevereiro de 1945 na cidade de Yalta, Crimeia, Ucrânia. Nela, os líderes dos países aliados (EUA, URSS e Inglaterra) decidiram as estratégias que levariam à divisão das áreas de influência Oeste e Leste e ao fim da guerra na Europa.
  • Conferência de São Francisco: ocorreu entre 25 de abril e 26 de junho de 1945 na cidade de São Francisco, EUA. Seu objetivo foi a produção e aprovação da Carta das Nações Unidas por 50 nações aliadas, apontada como o marco inaugural da Organização das Nações Unidas (ONU).

Fontes

MAGNOLI, Demétrio. História da Paz. São Paulo: Contexto, 2012.

VASCONCELLOS, Carlos-Magno; MANSANI, Roberta. As conferências internacionais de Yalta e Potsdam e sua contribuição à construção da hegemonia econômica internacional norte americana no capitalismo do após 2ª guerra mundial. Revista Relações Internacionais do Mundo Atual. V2, n.16, 2013. Disponível em: http://revista.unicuritiba.edu.br/index.php/RIMA/article/view/731/557

MIRANDA, Monica; FARIA, Ricardo. Da Guerra Fria à nova ordem mundial. São Paulo: Contexto, 2003.

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "Conferência de Teerã"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/conferencia-teera.htm. Acesso em 20 de maio de 2024.

De estudante para estudante


Lista de exercícios


Exercício 1

(UFJF) Em dezembro de 1943, foi realizada por Roosevelt, Churchill e Stalin a Conferência de Teerã, que decidiu a abertura de um novo front da Guerra com a invasão da Normandia. Essa reunião assinala alteração na situação estratégica da Alemanha, que passa a atuar na defensiva. A inversão no quadro da guerra se deveu à:

a) ruptura do pacto germano-soviético pela URSS, que libertou a França.

b) unificação da Coreia e ao controle do petróleo romeno pelos norte-americanos.

c) aliança da URSS com o Japão, obrigando o Eixo a recuar na Ásia.

d) ofensiva soviética iniciada na Batalha de Stalingrado e à capitulação italiana frente aos aliados.

e) proclamação da República Social Italiana por Mussolini, que rompeu o pacto com a Alemanha e arrastou a Iugoslávia

Exercício 2

A Conferência de Teerã ficou caracterizada também pela animosidade entre Churchill e Stalin. O clima hostil entre o líder do Reino Unido e o líder da URSS tinha como motivo principal:

a) o fato de Stalin não admitir fazer acordos com os ingleses, já que pretendia também invadir a Inglaterra.

b) o fato de Churchill não querer entrar em guerra com os adeptos de Mussolini, na Itália.

c) o fato de Stalin desconfiar da estratégia defendida por Churchill, que implicaria a exposição do Exército Vermelho ao ataque nazista por todos os flancos.

d) o fato de o Exército Vermelho não possuir mais estratégias de combate contra os nazistas.

e) o fato de o Reino Unido não estar disposto a fornecer o apoio aéreo da RAF (sua força aérea).

Artigos Relacionados


A vitória dos Aliados

Segunda Guerra Mundial, Aliados, Vitória dos Aliados, Batalha de Midway, general MacArthur, general Chester Nimitz, Afrika Korps, Al Alamein, general Badoglio, República de Saló, Joseph Stálin, Winston Churchill, Normandia, Dia “D”.
Guerras

Alianças para a Segunda Guerra Mundial

Aprenda de uma vez por todas as alianças formadas na Segunda Guerra Mundial e conheça os países que integram o Eixo e os Aliados.
História Geral

Batalha da França na Segunda Guerra Mundial

Conheça a Batalha da França e saiba mais detalhes dessa invasão e das estratégias organizadas pelo exército nazista contra esse país.
Guerras

Dia D

Veja este texto e saiba detalhes de como foi organizada uma das operações mais conhecidas da Segunda Guerra Mundial: o Dia D. Entenda o contexto imediato que antecedeu o Dia D, também chamado de Operação Overlord, e entenda detalhes de sua preparação e de sua execução, em 1944.
Guerras

Fases da Segunda Guerra Mundial

Clique para conhecer os principais fatos e conflitos que marcaram as fases da Segunda Guerra Mundial.
História Geral

Guerra Fria

Saiba mais sobre a Guerra Fria, conflito político-ideológico que polarizou o mundo e resultou em uma série de conflitos ao redor do planeta na 2ª metade do século XX.
História Geral

ONU

A trajetória da instituição criada no pós-Segunda Guerra.
História Geral

Pacto germano-soviético e a escravização eslava

O pacto germano-soviético adiava o projeto nazista de ruralização e escravização da população eslava.
História Geral

Principais batalhas da Segunda Guerra Mundial

Clique no link para saber quais foram as principais batalhas da Segunda Guerra Mundial. Veja como ocorreram duas das principais batalhas dessa guerra.
História Geral

Segunda Guerra Mundial

Acesse para saber mais sobre o maior conflito da história da humanidade: a Segunda Guerra Mundial. Confira também videoaula sobre o tema e um mapa mental!
História Geral