Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Conferência de Potsdam

A Conferência de Potsdam foi um encontro entre as três principais nações aliadas no final da Segunda Guerra Mundial para organizar a ocupação da Alemanha.

Fotografia de Clement Attlee, Harry S. Truman e Josef Stalin (URSS) reunidos na Conferência de Potsdam.
Os líderes das nações aliadas da Segunda Guerra Mundial reunidos na Conferência de Potsdam: Attlee (Inglaterra), Truman (EUA) e Stalin (URSS).
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

A Conferência de Potsdam foi um encontro entre as três principais nações aliadas no final da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Inglaterra, EUA e URSS, por meio de seus chefes de Estado (Clement Attlee, Harry S. Truman e Josef Stalin respectivamente), se reuniram entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945 na cidade alemã de Potsdam. O objetivo da conferência foi organizar a administração e ocupação da Alemanha após sua derrota na guerra.

Leia também: Conferência de Paz de Paris — a conferência realizada após a Primeira Guerra Mundial

Tópicos deste artigo

Resumo sobre a Conferência de Potsdam

  • Foi um encontro entre as três principais nações aliadas, no final da Segunda Guerra Mundial.
  • Cada nação foi representada pelo líder de seu governo: Clement Attlee (Inglaterra); Harry S. Truman (Estados Unidos); e Josef Stalin (União Soviética).
  • Seu objetivo foi organizar a administração e ocupação da Alemanha.
  • As reuniões ocorreram em meio aos últimos conflitos no Japão.
  • A conferência decidiu que os Aliados teriam por objetivo, ao ocuparem a Alemanha, sua desmilitarização, desnazificação, democratização e descartelização.
  • Além dela, outras conferências realizadas no período final da Segunda Guerra Mundial foram: a Conferência de Yalta, a Conferência de Teerã e a Conferência de São Francisco.
  • A Doutrina Truman e o Plano Marshall foram resultados do incômodo dos Estados Unidos com a expansão do comunismo soviético.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Objetivos da Conferência de Potsdam

A Conferência de Potsdam foi um encontro entre as três principais nações aliadas, Inglaterra, EUA e URSS, no contexto do final da Segunda Guerra Mundial (1939-1945). Esse encontro ocorreu entre 17 de julho e 2 de agosto de 1945 na cidade de Potsdam, Alemanha. Cada nação foi representada pelo líder de seu governo: a Inglaterra, pelo primeiro-ministro Clement Attlee; os Estados Unidos, pelo presidente Harry S. Truman; e a União Soviética, por Josef Stalin.

A Conferência de Potsdam tinha como principal objetivo organizar a administração e ocupação da Alemanha, recém-derrotada e que havia assinado sua rendição incondicional em 8 de maio.

Como foi a Conferência de Potsdam?

Uma das últimas sessões de negociação feitas na Conferência de Potsdam.
Uma das últimas sessões de negociação feitas na Conferência de Potsdam.

A Conferência de Potsdam ocorreu na cidade alemã de Potsdam e foi composta por diversas sessões de negociação. Nelas, os líderes dos países aliados discutiram como ocupar e administrar a Alemanha recém-rendida e derrotada. As reuniões ocorreram em meio aos últimos conflitos no Japão, destacadamente durante os testes da bomba atômica estadunidense e os ataques subsequentes a Hiroshima e Nagasaki.

Importante: Winston Churchill participou da abertura e dos primeiros dias da Conferência de Potsdam como primeiro-ministro da Inglaterra. Seu mandato acabou durante a conferência, no dia 26 de julho de 1945, e ele foi substituído por Clement Attlee, que passou a representar a Inglaterra nos dias restantes do evento.

O que foi decidido na Conferência de Potsdam?

Mapa que mostra a divisão da Alemanha em quatro zonas de ocupação que foi decidida na Conferência de Potsdam.
Mapa que mostra a divisão da Alemanha em quatro zonas de ocupação. [1]

Na Conferência de Potsdam, ficou decidido que:

  • Todos os territórios anexados pela Alemanha desde 1937 seriam desmembrados.
  • A Áustria seria separada da Alemanha.
  • Os Aliados teriam por objetivo, ao ocupar a Alemanha, sua desmilitarização, desnazificação, democratização e descartelização.
  • A Alemanha seria dividida em quatro zonas de ocupação: americana, francesa, britânica e soviética.
  • Os países derrotados pagariam indenizações de guerra para os Aliados.
  • Um ultimato seria enviado ao Japão, na expectativa de sua rendição.

Veja também: Tribunal de Nuremberg — o tribunal internacional que julgou os crimes dos nazistas cometidos na Segunda Guerra

Outras conferências que ocorreram no contexto da Segunda Guerra Mundial

→ Conferência de Teerã

Foi a primeira das três grandes conferências ocorridas no período final da Segunda Guerra Mundial. Aconteceu entre 28 de novembro e 1º de dezembro de 1943 em Teerã, Irã. Nela, os líderes de EUA, URSS e Inglaterra decidiram e organizaram a invasão da França (ocupada pelos nazistas) por tropas inglesas e americanas. Para saber mais sobre essa conferência, clique aqui.

→ Conferência de Yalta

Foi a segunda das três grandes conferências ocorridas no período final da Segunda Guerra Mundial. Foi realizada entre 4 e 11 de fevereiro de 1945 na cidade de Yalta, Crimeia, Ucrânia. Nela, os líderes dos países aliados (EUA, URSS e Inglaterra) decidiram as estratégias que levariam à divisão das áreas de influência Oeste e Leste e ao fim da guerra na Europa. Para saber mais sobre essa conferência, clique aqui.

→ Conferência de São Francisco

Ocorreu entre 25 de abril e 26 de junho de 1945 na cidade de São Francisco, EUA. Seu objetivo foi a produção e aprovação da Carta das Nações Unidas por 50 nações aliadas, e ela foi apontada como o marco inaugural da Organização das Nações Unidas (ONU).

Doutrina Truman e Plano Marshall

Após a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos e a União Soviética tornaram-se as grandes potências mundiais. Apesar de aliadas na guerra, os Estados Unidos se incomodaram com a expansão do comunismo soviético. A Doutrina Truman e o Plano Marshall foram resultados desse incômodo:

  • Doutrina Truman: foi o conjunto de práticas econômicas e políticas em escala mundial desenvolvidas e aplicadas durante o governo de Harry S. Truman (1945-1953), sobretudo no contexto da Guerra Fria (1947-1991). Oficialmente, a doutrina foi anunciada em um importante discurso do presidente ao Congresso em 12 de março de 1947, no qual deixou claro que o objetivo da política externa de seu governo era conter o avanço comunista soviético sobre os países europeus, americanos, africanos, asiáticos e médio-orientais.
  • Plano Marshall: foi o Programa de Recuperação Europeia desenvolvido pelo secretário do governo dos EUA, George Marshall. Sua intenção era aplicar na prática os ideais da Doutrina Truman por meio da ajuda econômica estadunidense às demais economias europeias. Com isso, o plano objetivava fortalecer as economias para que os governos e a sociedade não fossem conquistados pelo comunismo soviético.

Crédito de imagem

[1] 52 Pickup / IEG-Maps / Wikimedia Commons (reprodução)

Fontes

MAGNOLI, Demétrio. História da Paz. São Paulo: Contexto, 2012.

MIRANDA, Monica; FARIA, Ricardo. Da Guerra Fria à nova ordem mundial. São Paulo: Contexto, 2003.

VASCONCELLOS, Carlos Magno; MANSANI, Roberta. As conferências internacionais de Yalta e Potsdam e sua contribuição à construção da hegemonia econômica internacional norte americana no capitalismo do após 2ª Guerra Mundial. Revista Relações Internacionais do Mundo Atual, v. 2, n.16, 2013. Disponível em: http://revista.unicuritiba.edu.br/index.php/RIMA/article/view/731/557.

Escritor do artigo
Escrito por: Tiago Soares Campos Bacharel, licenciado e doutorando em História pela USP. Bacharel em Direito e pós-graduado em Direito pela PUC. É professor de História e autor de materiais didáticos há mais de 15 anos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

CAMPOS, Tiago Soares. "Conferência de Potsdam"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/conferencia-de-potsdam.htm. Acesso em 12 de julho de 2024.

De estudante para estudante