Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Charles Dickens

Charles Dickens foi um escritor britânico cujas obras estão inseridas no período vitoriano da literatura inglesa e apresentam caráter realista e crítica sociopolítica.

Charles Dickens no ano de 1858, em retrato feito por Charles Baugniet (1814-1886).
Charles Dickens foi um famoso escritor inglês.
Crédito da Imagem: Commons
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Charles Dickens foi um famoso autor inglês. Ele nasceu em Portsmouth, no dia 7 de fevereiro de 1812. Com 12 anos de idade, trabalhava em um curtume, em condições desfavoráveis; porém, mais tarde, passou a trabalhar como jornalista e ficou conhecido ao publicar seu primeiro romance.

O escritor, que faleceu em 9 de junho de 1870, em Higham, foi um autor do período vitoriano da literatura inglesa. Suas obras, portanto, estão associadas ao realismo. Elas mostram a realidade das pessoas socialmente marginalizadas, as quais vivem na pobreza, em condições indignas de trabalho e sem direito à educação.

Leia também: Machado de Assis — um famoso escritor do realismo brasileiro

Tópicos deste artigo

Resumo sobre Charles Dickens

  • Charles Dickens foi um escritor inglês.

  • Ele nasceu em 1812 e faleceu em 1870.

  • Além de romancista, trabalhou como repórter e editor.

  • Suas obras fazem parte do período vitoriano da literatura inglesa.

  • Seus romances são realistas e evidenciam a realidade dos mais pobres.

Biografia de Charles Dickens

Infância de Charles Dickens

Charles Dickens nasceu em 7 de fevereiro de 1812, em Portsmouth, cidade inglesa. John Dickens, pai do autor, vivia endividado. Em busca de uma melhor situação, sua família se mudou, em 1817, para a cidade de Chatham. Quando criança, Charles gostava de ler na biblioteca da família.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Juventude e carreira de Charles Dickens

No ano de 1823, nova mudança, agora para Londres, onde Elizabeth Dickens (1789-1863), a mãe do autor, criou uma escola para meninas. Em 1824, Charles Dickens conseguiu seu primeiro emprego. Trabalhava 10 horas por dia em um curtume. Já o pai do autor, por causa das dívidas, ficou preso durante três meses.

Quando a família recebeu uma herança, o jovem escritor pôde, pela primeira vez, frequentar uma escola. Em 1827, o autor passou a trabalhar em um escritório de advocacia e também estudou taquigrafia. Em 1829, trabalhava como repórter independente, e, em 1831, começou a trabalhar no periódico The Sun.

Atuou como jornalista no Morning Chronicle, em 1834, além de publicar crônicas na revista Monthly e no jornal Evening Chronicle. Nesse ano, o pai do autor foi novamente para a prisão e precisou da ajuda do filho. Só em 1836 o romancista atingiu o sucesso, com a publicação de As aventuras do Sr. Pickwik.

Nesse ano, o autor se casou com Catherine Hogarth (1815-1879), além de conseguir o cargo de editor da revista literária Bentley’s Miscellany, na qual trabalhou até 1839. No ano de 1842, viajou à América no Norte e conheceu Canadá e Estados Unidos. Até o final dessa década, conheceu também a França, a Suíça e a Itália.

Dirigiu o jornal The Daily News a partir de 1845. Já em 1850, foi fundador e editor do periódico Household Words. Conheceu o autor dinamarquês Hans Christian Andersen (1805-1875), que fez uma visita ao autor inglês em 1857, ano em que Dickens iniciou um caso amoroso com a atriz Ellen Ternan (1839-1914). Assim, separou-se da esposa no ano seguinte. Em 1859, foi fundador e editor do periódico All the Year Round.

Último anos de Charles Dickens

Em 1865, com sua companheira Ellen, o escritor se viu envolvido em um acidente de trem, mas não ficaram feridos. Nessa época, já enfrentava problemas de saúde. Teve um AVC em 1869 e faleceu em 9 de junho de 1870, em Higham, após sofrer novo derrame cerebral.

Estilo literário de Charles Dickens

Charles Dickens foi um autor do período vitoriano da literatura inglesa cujas obras estão associadas ao realismo. A sociedade vitoriana era extremamente conservadora, mas apresentava avanços tecnológicos e científicos que não conseguiam evitar uma realidade de grande pobreza.

As obras de Dickens mostram os problemas sociais de seu país, de forma que seus protagonistas são pessoas socialmente marginalizadas. Assim, sem idealizações, suas narrativas mostram a pobreza e os preconceitos daquela sociedade. Portanto, realizam crítica sociopolítica.

O autor também mostrou a realidade das mulheres de sua época, agredidas e traídas pelos homens. Fez crítica de costumes da sociedade burguesa. Tratou de temas sociais como: realidade da classe operária, trabalho e educação infantil, falta de educação pública. E criticou o sistema jurídico.

Veja também: Arthur Conan Doyle — escritor escocês cujas obras também fazem parte do período vitoriano da literatura inglesa

Principais obras de Charles Dickens

Capa do livro “Um conto de Natal”, de Charles Dickens, publicado pela editora L&PM.
Capa do livro Um conto de Natal, de Charles Dickens, publicado pela editora L&PM.[1]
  • As aventuras do Sr. Pickwik (1836)
  • Oliver Twist (1837)

  • Nicholas Nickleby (1838)

  • Loja de antiguidades (1840)

  • Barnaby Rudge (1841)

  • Um conto de Natal (1843)

  • Os sinos (1844)

  • Martin Chuzzlewit (1844)

  • O grilo da lareira (1845)

  • A batalha da vida (1846)

  • Dombey e filho (1846)

  • O homem mal-assombrado (1848)

  • David Copperfield (1849)

  • A casa soturna (1852)

  • Tempos difíceis (1854)

  • A pequena Dorrit (1855)

  • Uma história em duas cidades (1859)

  • Grandes esperanças (1860)

  • Nosso amigo comum (1864)

Frases de Charles Dickens

A seguir, vamos ler algumas frases de Charles Dickens, retiradas de suas obras Loja de antiguidades, Uma história em duas cidades, A casa soturna, As aventuras do Sr. Pickwik e Grandes esperanças:

  • “Se não existissem pessoas más, não existiriam bons advogados.”

  • “O ódio aos grandes é um elogio involuntário aos pequenos.”

  • “Ninguém ganha no tribunal, exceto os advogados.”

  • “O caminho para o amor verdadeiro não é tão tranquilo quanto uma estrada de ferro.”

  • “Não temos que ter vergonha das nossas lágrimas, elas são chuva no pó da terra que cobre os nossos corações endurecidos.”

Crédito de imagem

[1]Editora L&PM (reprodução)

Fontes

DICKENS, Charles. Cronologia. In: DICKENS, Charles. Um conto de Natal. Tradução de Ademilson Franchini e Carmen Seganfredo. Porto Alegre: L&PM, 2003.

LE FIGARO. Charles Dickens a dit... Disponível em: http://evene.lefigaro.fr/citations/charles-dickens.

XAVIER, Gelson Alexandre. Uma leitura das problemáticas sociais no romance Grandes esperanças, de Charles Dickens. 2021. TCC (Graduação em Letras) – Centro de Humanidades, Universidade Estadual da Paraíba, Guarabira, 2021. 

Escritor do artigo
Escrito por: Warley Souza Professor de Português e Literatura, com licenciatura e mestrado em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Charles Dickens"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/literatura/charles-dickens.htm. Acesso em 20 de julho de 2024.

De estudante para estudante


Artigos Relacionados


Agatha Christie

Agatha Christie, Agatha Christie and then there were none, biografia de Agatha Christie.
Biografia

Aldous Huxley

Saiba quem é Aldous Huxley. Conheça suas características literárias e suas obras. Leia também um resumo de “Admirável mundo novo” e algumas frases do autor.
Literatura

Arthur Conan Doyle

Saiba quem foi Arthur Conan Doyle. Conheça as características de suas obras, qual a sua relação com o espiritismo e quem era o detetive Sherlock Holmes.
Literatura

George Orwell

Saiba quem é George Orwell e as características de suas obras. Leia também algumas frases do autor.
Literatura

Ian Fleming

Saiba quem foi o escritor Ian Fleming. Descubra quais são as obras desse autor britânico e conheça um pouco de seu famoso personagem James Bond.
Literatura

James Joyce

Clique aqui, conheça o irlandês escritor modernista James Joyce, saiba quais são as principais características de suas obras e leia algumas frases do autor.
Literatura

Jane Austen

Conheça a escritora inglesa Jane Austen. Saiba quais são as principais características de suas obras. Além disso, veja algumas frases dessa autora.
Literatura

Literatura inglesa

Clique aqui e saiba quais são as características da literatura inglesa. Conheça seus principais autores e suas principais obras.
Literatura

Oscar Wilde

Conheça o famoso escritor irlandês Oscar Wilde. Saiba quais são as principais características de suas obras. Além disso, leia algumas frases desse autor.
Literatura

Virginia Woolf

Conheça a escritora inglesa e modernista Virginia Woolf, saiba quais são as principais características de suas obras e leia algumas frases da autora.
Literatura