Topo
pesquisar

Charles Darwin

Biologia

Charles Darwin foi um grande naturalista e autor da importante obra de Biologia intitulada “A Origem das Espécies”.
PUBLICIDADE

Charles Robert Darwin foi um importante naturalista que nasceu no dia 12 de fevereiro de 1809, na Inglaterra, mais precisamente na cidade de Shrewsbury. Esse importante pesquisador ficou conhecido por sua contribuição no entendimento da evolução das espécies.

A vida de Charles Darwin

Desde pequeno Darwin mostrou-se interessado pela natureza e por todos os fenômenos que nela ocorrem. Sempre foi um grande colecionador e, durante a infância, aprendeu a pescar e a caçar.

Quando jovem, com 16 anos, Darwin iniciou o curso de medicina, seguindo uma tradição de família. Entretanto, durante uma aula na qual deveria realizar uma operação sem anestesia, ele descobriu que realmente não era aquilo que havia sonhado para sua vida e resolveu abandonar o curso. Apesar de o curso de medicina não ser o que Darwin procurava, ele pôde conhecer algumas pessoas importantes para o seu crescimento profissional.

Após largar o curso, Darwin foi enviado pelo seu pai para a Universidade de Cambridge para fazer Bacharelado em Artes e tornar-se clérigo da Igreja Anglicana. Charles Darwin conheceu então John Stevens Henslow, um naturalista dedicado à botânica. Esse pesquisador foi importante na vida de Darwin, pois foi quem o indicou para participar da tripulação do Beagle, um navio que faria uma viagem a fim de mapear a costa da América do Sul.

Darwin embarcou no Beagle, em 1831, e durante cinco anos coletou e observou diversas formas de vida ao redor do mundo, compreendendo melhor as mudanças ocorridas nas espécies. O naturalista também coletou fósseis e fez observações geológicas que mostraram a “evolução” que as espécies sofreram através do tempo.

Um dos pontos mais importantes da viagem de Darwin foi sua parada nas ilhas Galápagos. Foi nesse local que ele percebeu que cada ilha possuía um grupo de pássaros específico e que provavelmente essa diferença apresentava relação com as características do meio onde eles viviam. Essa análise foi importante para o entendimento do processo de seleção natural por ele proposto.

Quando voltou para a Inglaterra, Darwin havia compreendido que as espécies sofriam mudanças através do tempo, mas ele não publicou de imediato suas percepções, principalmente por causa de questões religiosas. A princípio, suas publicações eram voltadas para a fauna e flora dos locais que visitou durante a viagem.

Em 1958, Darwin recebeu uma carta de Alfred Russel Wallace e percebeu que o naturalista havia chegado às mesmas conclusões que ele. Essa carta impulsionou Darwin a escrever sua obra o mais rápido possível. Entretanto, o lançamento do livro não ocorreu de imediato e, com a ajuda de Hooker e Lyell, Darwin e Wallace apresentaram seus artigos no mesmo dia, evitando assim que Wallace publicasse primeiro sua teoria.

A obra principal de Darwin, conhecida como a “Origem das Espécies por Seleção Natural”, foi publicada um ano mais tarde, em 1859. O livro foi um sucesso de vendas, entretanto, a teoria não foi bem aceita, principalmente pelos religiosos.

Um pouco da vida pessoal de Darwin

Darwin nasceu em uma família abastada, tradicional e religiosa. Casou-se em 1839 com Emma Wedgwood, uma prima de primeiro grau do pesquisador e com quem teve dez filhos. Dos dez filhos, três morreram ainda na infância, sendo a morte mais marcante para Darwin a de sua filha Annie, de 10 anos. Charles Darwin morreu em 19 abril de 1882 em decorrência de um ataque cardíaco. Apesar de suas ideias terem sido extremamente criticadas pela Igreja, ele foi enterrado na abadia de Westminster, próximo a Isaac Newton.


Por Ma. Vanessa dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha Dos. "Charles Darwin"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/biologia/charles-darwin.htm>. Acesso em 30 de julho de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA