close
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Sob ou sobre?

Sob ou sobre? O uso de um termo ou de outro dependerá do sentido que pretendemos dar à frase. Isso porque a palavra “sob” (“abaixo de”) é antônima de “sobre” (“acima de”).

Ficar em dúvida se devemos usar “sob” ou “sobre” é algo bastante comum.
Ficar em dúvida se devemos usar “sob” ou “sobre” é algo bastante comum.
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Sob ou sobre? Para responder a essa pergunta, é preciso entender o significado desses dois termos. “Sob” é o mesmo que “embaixo de” e “sobre” é sinônimo de “em cima de”. Mas essas duas preposições também são usadas para expressar outras ideias. Assim, “sob” é sinônimo de “protegido por”, por exemplo, ao passo que “sobre” pode significar “a respeito de”, entre outros significados.

Confira nosso podcast:  5 dúvidas frequentes da língua portuguesa 

Tópicos deste artigo

Resumo sobre sob ou sobre

  • Os termos “sob” e “sobre” são antônimos, já que possuem significados opostos: “embaixo” e “em cima”.
  • “Sob” é sinônimo de “abaixo de”, “protegido por”, “submetido a” e “por efeito de”.
  • “Sobre” é sinônimo de “por cima de”, “acerca de”, “ao longo de” e “em direção a”.
  • “Sob” também pode indicar o “modo” como algo acontece.
  • “Sobre” também pode indicar causa, superioridade ou preferência.

Qual a diferença entre sob e sobre?

O termo “sob” é uma preposição que indica, em geral, uma posição abaixo de alguma coisa. Exemplo:

A chave está sob o vaso de flores.

A palavra “sobre” também é uma preposição. Porém, seu significado é oposto ao de “sob”, já que indica uma posição acima de alguma coisa. Exemplo:

O vaso de flores está sobre a chave.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Quando usar sob?

A preposição “sob” é usada com os seguintes sentidos:

  • “abaixo de”

O tatu vive sob a terra?

  • “protegido por”

O filhote estava sob as asas da mãe.

  • “no tempo de”

A história aconteceu sob o reinado de D. Pedro II.

  • “subordinado a”

Atuou sob as ordens da juíza.

  • “obrigado por”

O réu mentiu, apesar de estar sob juramento.

  • “em estado de”

Foram retirados da sala sob forte emoção.

  • “em processo de”

As mudanças no governo estão sob análise.

Além disso, “sob” pode ser usado também para indicar:

  • um modo

Minha calça foi feita sob medida.

  • um efeito

Elas agiram sob influência do álcool.

Veja também: A fim ou afim — qual é a diferença?

Quando usar sobre?

A preposição “sobre” é utilizada com os seguintes sentidos:

  • “em cima de”

O livro estava sobre a mesa.

  • “ao longo de”

Estranhas partículas boiavam sobre a superfície da piscina.

  • “a respeito de”

Heitor falou sobre a crise ambiental.

  • “em direção a”

O menino apontava sobre o campo nevado.

  • “cerca de”

Tinha sobre 60 anos quando ganhou na loteria.

  • “correspondente a”

Recebi comissão sobre o preço de venda do carro.

“Sobre” também pode indicar:

  • causa

Cobravam taxa sobre o uso de cartão de débito.

  • relação entre partes de um todo

A imagem tinha quatro metros de largura sobre três metros de altura.

  • superioridade

O déspota tem poder sobre todos aqueles que têm medo.

  • preferência

Escolho você sobre todos os outros.

  • responsabilidade

Recebeu a tarefa sobre si.

  • repetição

Quando Ivone faleceu, descobrimos que ela tinha dívidas sobre dívidas.

Dúvidas comuns relacionadas ao uso de sob ou sobre

Existem muitas dúvidas em relação ao uso dessas duas preposições. Veremos algumas delas a seguir.

→ Falar ou escrever “sob” é errado?

Não é errado. Há quem pense que só existe a palavra “sobre”, de forma que o uso de “sob” seria um erro cometido por alguns falantes de português. Mas existem os dois termos: “sob” e “sobre”.

→ “Sob” e “sobre” são palavras sinônimas?

Não, essas palavras não têm o mesmo sentido, mas sentidos opostos. Portanto, são antônimas.

 → “Sob” significa “em cima” ou “embaixo”?

“Sob” indica que algo está embaixo de alguma coisa. E “sobre”, em cima.

→ A expressão “falar sobre” está correta?

Sim, pois “sobre”, além de significar “acima de”, também pode ter o sentido de “a respeito de”.

→ O correto é “sob pressão” ou “sobre pressão”?

Nesse caso, “sob” tem o sentido de “submetido a”. O adequado, portanto, é dizer e escrever “sob pressão”. Além disso, essa expressão indica um modo:

Glauce estava sob pressão no trabalho.

→ O certo é “sob controle” ou “sobre controle”?

Assim como no exemplo anterior, “sob” tem o sentido de “submetido a”, e a expressão correta, ou seja, “sob controle”, também indica um modo:

Não se preocupem, tudo está sob controle.

→ O correto é “sob nova direção” ou “sobre nova direção”?

Devemos dizer e escrever “sob nova direção”, pois essa expressão indica que determinado estabelecimento está submetido ao comando de alguém:

O bar agora está sob nova direção.

→ O certo é “sob a mesa” ou “sobre a mesa”?

Depende do sentido que você quer dar a uma frase. Assim, se pretende dizer que algo está embaixo da mesa, deve falar ou escrever “sob a mesa”:

O cachorro está sob a mesa.

Mas se quer informar que o cachorro se encontra em cima da mesa, o certo é:

O cachorro está sobre a mesa.

Leia também: Traz ou trás — qual utilizar?

Sinônimos de sob e sobre

SOB

SOBRE

Abaixo de, debaixo de, por baixo de, ao abrigo de, por efeito de.

Por cima de, no alto de, acerca de, em relação a, quanto a, acima de, por, na superfície de, em direção a, após, por causa de.

Exercícios resolvidos sobre sob ou sobre

Questão 1

Analise os enunciados abaixo e marque a alternativa em que o uso de “sob” ou “sobre” está incorreto.

A) Por muito tempo, conversamos sob um céu estrelado e não vimos as horas passarem.

B) Estava sob uma montanha e via o mundo lá de cima como se fosse um deus grego.

C) O povo endureceu sob o comando de uma rainha egoísta, impiedosa e criminosa.

D) Não podíamos nem falar sobre liberdade, já que vivíamos em um regime totalitarista.

E) O concerto ocorreu sob a regência da maestrina mais conhecida do nosso país.

Resolução:

Alternativa B

A palavra “sob” significa “embaixo de”. Portanto, nesse caso, o correto é “sobre uma montanha”, já que alguém via o mundo “lá de cima”.

Questão 2

Leia este trecho do conto “Pequeno monstro”, do livro Os dragões não conhecem o paraíso, de Caio Fernando Abreu:

Fiz cara feia, a Mãe nem ligou. Falou que ele vinha e pronto, que tinha estudado muito o ano todo, passado no vestibular não sei de que e precisava descansar e tal e tudo e que ela devia aquela obrigação à tia Dulcinha coitada tão só e que além do mais o Alex era um bom rapaz tão esforçado o pobre. Isso eu odiava mais que tudo: aqueles bons rapazes tão esforçados e de óculos sempre saindo com sacolas de lona na hora do almoço para comprar cervejas e coca-colas e cigarros pra todo mundo, ajudando a lavar pratos e jogando aquelas chatíssimas canastras sobre o cobertor verde na ponta da mesa. Empurrei a compota de pêssego argentino, a calda virou na toalha, armei a tromba. Esse era meu jeito de dizer: não careço nem ver a cara dele para ter certeza que é um coió.

Quase dormindo, mais tarde, naquela mesma noite que a Mãe avisou que o primo Alex vinha, eu tentava lembrar a cara dele e não conseguia. Na verdade, não conseguia lembrar a cara de ninguém desde uns dois anos atrás, desde que eu tinha começado a ficar meio monstro e os parentes se cutucavam quando eu passava, davam risadinhas, falavam coisas baixinho, olhando disfarçado pra mim. Eu tinha horror deles, que achavam que sabiam tudo sobre mim. Sabiam nada, sabiam bosta do meu ódio enorme por um por um de cada um deles, aquelas barrigonas, aqueles peitos suados, pés cheios de calos. Eu nunca ia ser igual a eles — pequeno monstro, seria sempre diferente de todos. Era assim mesmo que ia me comportar com o primo Alex, decidi: pequeno monstro cada vez mais monstro, até ele não aguentar mais um minuto e dar o fora pra sempre. Fiquei olhando com força pro colchão sem lençol da cama ao lado onde ele ia dormir, até encher o colchão com todo o meu ódio, pra ele se sentir mal e ir embora no mesmo dia.

[...]

A primeira e a segunda ocorrências da preposição “sobre”, marcadas no texto, podem ser substituídas, respectivamente, por:

A) em cima de, a respeito de.

B) ao longo de, em direção a.

C) em cima de, abaixo de.

D) ao longo de, acima de.

E) debaixo de, acerca de.

Resolução:

Alternativa A

No texto de Caio Fernando Abreu, a expressão “sobre o cobertor” pode ser substituída por “em cima do cobertor”. Já “sobre mim” é o mesmo que “a respeito de mim”.

 

Por Warley Souza
Professor de Grámatica

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Warley. "Sob ou sobre?"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/sob-ou-sobre.htm. Acesso em 25 de maio de 2022.

De estudante para estudante


Na oração: Cabe aos envolvidos no processo de escolarização questionar: Quais são suas histórias, seus saberes, seus sonhos? A pronome QUAIS deve ser com "q" maiúsculo ou minúsculo?

Por KARLA Ventura
Responder
Ver respostas

Estude agora


Conflitos políticos envolvendo a China

Assista à nossa videoaula sobre conflitos políticos envolvendo a China e conheça as causas das principais questões...

Locuções adverbiais

Nesta videoaula, estudaremos as locuções adverbiais, ou seja, o conjunto de duas ou mais palavras que exercem valor...