Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Black Friday

Curiosidades

PUBLICIDADE

A Black Friday é um dia em que os lojistas realizam uma série de promoções para atrair compradores. Essa ação promocional dos lojistas se consolidou nos Estados Unidos, acontece na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças e é considerada o momento que inicia as vendas de Natal. Não se sabe qual é a origem certa do termo.

Acesse também: Por que comemoramos o Natal no dia 25 de dezembro?

O que é a Black Friday?

Como muitos já sabem, a Black Friday é o nome que se dá para uma ação de vendas que é realizada tradicionalmente na quarta sexta-feira do mês de novembro. Nesse dia, convencionou-se a realização de ações que buscam incentivar os consumidores a comprar e isso se dá a partir de descontos em diferentes mercadorias.

A Black Friday é uma ação promocional de lojistas que promove descontos para atrair consumidores. Surgiu nos Estados Unidos.
A Black Friday é uma ação promocional de lojistas que promove descontos para atrair consumidores. Surgiu nos Estados Unidos.

Essa estratégia de vendas surgiu nos Estados Unidos e se consolidou no final do século XX. Tem relação com o feriado do Dia de Ação de Graças (Thanksgiving Day), sendo realizada no dia seguinte a esse feriado, mas também está ligada ao Natal, uma vez que se considera que a Black Friday inaugura a temporada de compras natalinas.

Até antes das décadas de 1980 e 1990, a sexta-feira marcada por liquidações não era conhecida pelo nome de “Black Friday”, pois essa expressão só se popularizou a partir dessas duas décadas nos Estados Unidos. Atualmente, ela é o dia de maior compra por parte dos consumidores estadunidenses.

A data se popularizou pelo país norte-americano e virou sinônimo de produtos a preços absurdamente acessíveis. O sucesso da ação para os lojistas chamou a atenção em outros locais do mundo e se espalhou para os países vizinhos, Canadá e México.

A Black Friday chegou ao Brasil em 2010 e atualmente é uma das principais datas do ano para os lojistas.[1]
A Black Friday chegou ao Brasil em 2010 e atualmente é uma das principais datas do ano para os lojistas.[1]

Aqui no Brasil, a Black Friday, enquanto estratégia de vendas, foi utilizada pela primeira vez no ano de 2010. A ação chamou a atenção de outros lojistas e, a partir de 2012, grandes lojas começaram a participar.

A chegada da black friday aqui foi recheada de críticas, uma vez que muitas lojas ofereciam falsos descontos. De toda forma, a data se consolidou como um momento de compras para os consumidores brasileiros e, em 2019, por exemplo, os lojistas brasileiros registraram um faturamento de R$ 3,2 bilhões de reais|1|.

Acesse também: Sexta-feira 13 — qual é a verdadeira origem?

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Qual a origem do termo “black friday”?

Não se sabe ao certo onde surgiu o termo black friday e porque ele foi utilizado para se referir ao dia de promoções que acontece após o Dia de Ação de Graças. No entanto, existem algumas teorias que tratam da origem do termo e de sua possível associação com a liquidação de produtos na sexta-feira depois do Dia de Ação de Graças.

A primeira teoria remonta a um acontecimento do século XIX. No ano de 1869, dois investidores norte-americanos resolveram criar um esquema ilegal para controlar o mercado de ouro nos Estados Unidos. O objetivo era fazer o preço do ouro na Bolsa de Valores disparar para que eles pudessem enriquecer.

O plano acabou não dando certo porque o presidente Ulysses S. Grant interveio na situação e ordenou que o governo norte-americano vendesse o ouro estocado nos cofres públicos. O resultado dessa ação foi que o preço do ouro caiu drasticamente no dia 24 de setembro de 1869 e esse dia ficou conhecido como black friday ou “sexta-feira negra”.

Jay Gould realizou um esquema para tentar controlar o mercado de ouro nos Estados Unidos, no século XIX.
Jay Gould realizou um esquema para tentar controlar o mercado de ouro nos Estados Unidos, no século XIX.

Centenas de investidores perderam tudo que tinham com a queda das ações do ouro na bolsa norte-americana. Os investidores Jay Gould e Jim Fisk, os idealizadores do esquema, conseguiram antecipar a ação do governo e venderam suas ações antes que o preço do ouro caísse. Nenhuma investigação foi realizada posteriormente para investigar o caso.

Outra hipótese a respeito da origem do termo fala de uma revista norte-americana chamada Factory Management and Maintenance, que, na década de 1950, relatou que um grande número de pessoas ficavam “doentes” na sexta-feira após o Dia de Ação de Graças. A revista fez uma comparação que associava as pessoas com o “mal da sexta-feira após o Dia de Ação de Graças” com a peste bubônica. Essa comparação em inglês era parte de um jogo de palavras e, assim, a black death (surto de peste bubônica do século XIV) se tornava a black friday.

Por fim, a terceira teoria trata a respeito da frustração dos policiais da Filadélfia que trabalhavam na sexta após o feriado do Dia de Ação de Graças. Nesse cenário, os policiais ficavam insatisfeitos com a quantidade de pessoas nas ruas durante a sexta após o feriado e começaram a chamar o dia de black friday.

Apesar das três teorias sobre as possíveis origens do termo, como vimos, não existe comprovação para falar qual desses eventos teve de fato relação com o dia das liquidações.

Acesse também: Como o Halloween surgiu?

O que é o Dia de Ações de Graças?

O Dia de Ações de Graças, conhecido nos Estados Unidos como Thanksgiving Day, é um feriado que celebra a chegada de imigrantes ingleses – chamados de peregrinos – à América do Norte. Os peregrinos tinham chegado em um grupo não muito grande e longo sentiram as dificuldades de sobreviver na nova terra.

A Black Friday acontece no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, o Thanksgiving Day nos Estados Unidos.
A Black Friday acontece no dia seguinte ao Dia de Ação de Graças, o Thanksgiving Day nos Estados Unidos.

A dificuldade em cultivar comida e obter alimento fresco fez com que muitos dos imigrantes morressem, mas, durante a primavera, uma tribo de wampanoags (índios nativos) ensinou os colonos a como plantar milho e outros víveres, além de auxiliá-los na caça e pesca. Isso teria ajudado os colonos ingleses a garantirem a sua sobrevivência.

No outono seguinte, os colonos teriam tido uma boa colheita e, gratos pela fartura, resolveram celebrar entre si e com os wampanoags. A partir dai, a prática de celebrar a colheita se tornou  comum entre os colonos. Entretanto, essa versão é romanceada, e a celebração do Dia de Ação de Graças só se popularizou de fato no século XIX.

Nota

|1| Black Friday 2019: vendas online superam expectativas e rendem faturamento de R$ 3,2 bilhões. Para acessar, clique aqui.

Créditos da imagem

[1] Nelson Antoine e Shutterstock

 

Por Daniel Neves
Professor de História

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SILVA, Daniel Neves. "Black Friday"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/black-friday.htm. Acesso em 16 de setembro de 2021.

Artigos Relacionados
Uma breve explanação sobre como o comércio apareceu na história do homem.
Halloween - origens, fatos e símbolos que marcam o caminho dessa antiga festividade.
Clique no link, acesse este texto e conheça mais sobre a história de uma das figuras que simbolizam o Natal: o Papai Noel. Esse personagem tem sua origem relacionada com São Nicolau, um santo católico, e com Odin, uma divindade da mitologia nórdica.
A frustrada tentativa de banir a figura do Papai Noel das festas natalinas brasileiras.
Existem algumas teorias sobre a origem da sexta-feira 13, dia amaldiçoado em várias culturas.Veja quais são!
Conheça a história da árvore de natal e a importância de São Bonifácio para esse processo.