Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon
Nova Educa
Por Nova Educa
A Nova Educa é uma consultoria educacional que trará dicas para que os jovens possam, desde cedo, aprender a inovar e a empreender, descobrindo inúmeras possibilidades para a construção de um futuro promissor.

6 perfis de empreendedores

Clube do empreendedorismo

O empreendedorismo é uma área muito ampla e, por isso, comporta diversos perfis de empreendedores, levando em conta seus objetivos e motivações.
Existem diversas motivações e modelos para se empreender, e esses aspectos devem ser levados em conta ao iniciar um novo negócio.
Existem diversas motivações e modelos para se empreender, e esses aspectos devem ser levados em conta ao iniciar um novo negócio.
PUBLICIDADE

 Em momentos de crise ou em um país que precisa ser criativo para gerar novos negócios, ou então com um povo inovador que luta todos os dias para vencer a batalha da vida, é importante avaliar os perfis existentes e aprender com eles. No livro Empreendedorismo para visionários, o autor José Dornelas identifica dois grupos de empreendedores:

  • por necessidade, que só empreendem para sobreviver;

  • por oportunidade, que identificam um nicho com potencial de crescimento.

No entanto, esse conteúdo não é apenas para identificar-se com o seu modelo de pessoa, mas uma análise que pode te trazer um olhar para dentro de si, buscando evoluir para um perfil melhor. Confira o que resumimos para você.

Leia também: 5 dicas para empreendedores venderem seus produtos

6 perfis de empreendedores

1. O informal

Esse tipo ganha dinheiro porque precisa sobreviver. “O informal está muito ligado a necessidades. A pessoa não tem visão de longo prazo, quer atender às necessidades de agora”.

O empreendedor desse perfil trabalha para garantir o suficiente para viver, tem um risco relativamente baixo e não tem muitos planos para o futuro.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2. O individual

Esse é o empreendedor informal que se formalizou pelo MEI e começa a estruturar de fato uma empresa. Por mais que esteja formalizado, ele não está pensando em crescer muito. Esse perfil ainda está muito ligado à necessidade de sobrevivência e geralmente trabalha sozinho ou com mais um funcionário apenas.

3. O franqueado e o franqueador

Muitos desconsideram o franqueado como empreendedor, mas a iniciativa de comandar o negócio, mesmo que uma franquia, deve ser levada em conta. Geralmente procuram uma renda mensal média e o retorno do investimento. Do outro lado, está o franqueador, responsável por construir uma rede por meio de sua marca.

4. O social

A vontade de fazer algo bom pelo mundo aliada a ganhar dinheiro move esse empreendedor. Esse tipo tem crescido muito, principalmente entre os jovens que, ainda na faculdade, têm aberto o próprio negócio para resolver problemas que a área pública não consegue. Nessa categoria, trabalho em equipe é primordial, e o objetivo é mudar o mundo e inspirar outras pessoas a fazerem o mesmo.

Veja também: 5 dicas sobre redes sociais para empreendedores

5. O do conhecimento

Esse empreendedor usa um profundo conhecimento em determinada área para conseguir faturar. É como um atleta que se prepara e ganha medalhas importantes. Ele busca realização profissional e reconhecimento com isso.

6. O do negócio próprio

Esse é o mais comum e costuma abrir um negócio próprio por estilo de vida ou porque pensa grande. “Este é o mais próximo do visionário”. Dentro desse perfil, encontramos subtipos: o empreendedor nato, o serial e o normal:

  • o empreendedor nato costuma ser tido como genial, com trajetória de negócio exemplar, como Bill Gates;

  • o serial é aquele que cria negócios em sequência, ele não se apaixona pela empresa em si, mas pelo ato de empreender.

  • o normal é o empreendedor que planeja para minimizar os riscos e segue o plano estabelecido.

 

Por Nova Educa 

SOBRE O AUTOR

A Nova Educa é uma consultoria educacional com foco em desenvolver projetos nas escolas envolvendo a Tecnologia Apple, com implementação de iPads e treinamento de professores. Além disso, também realiza o podcast Nova Educa Debate, om entrevistas a respeito do mercado educacional e a BNCC sobre conteúdos de empreendedorismo e inovação. Teremos diversos consultores colaborando com esta coluna, que será liderada pelo diretor de inovação, Carlos Coelho, entusiasta da educação com experiências em multinacional, na Singularity University (Califórnia), como professor e gestor escolar; e teremos a Priscila Coelho, diretora de operações, especialista em treinamentos de tecnologia educacional, criatividade e inovação.

Artigos Relacionados
Leia o texto para descobrir três importantes pontos para ajudar na hora de decidir entre empreendedorismo e emprego.
Clique aqui e conheça três pontos positivos em ser empreendedor após a conclusão do ensino médio, mas sem a necessidade de abrir mão de um curso superior.
Leia este texto e conheça quatro CEOs importantes no mercado mundial. Aprenda também a relevância e a função desse cargo fundamental dentro de uma empresa.
Conheça o conceito de Open Innovation (inovação aberta) e confira quatro formas de utilizá-lo em sua empresa, assim como alguns possíveis resultados.
Leia este texto e descubra quatro importantes tendências de negócios para novos empreendedores em 2021. Saiba em que área começar uma nova empresa.
Confira dicas quem podem fazer toda a diferença na hora de estabelecer suas metas pessoais e, também, para colocá-las em prática.
Clique aqui e leia cinco dicas para jovens empreendedores venderem seus produtos e alcançarem cada vez mais o sucesso de sua empresa.
Confira aqui cinco formas de conseguir investimentos que podem ajudar bastante o negócio que está buscando por soluções financeiras.
Clique aqui e leia técnicas que te auxiliarão a definir suas metas e organizar todo o seu processo produtivo de forma efetiva.
Confira dicas de empreendedorismo de Douglas Giglioti para potencializar seus conhecimentos sobre as formas corretas de empreender e desenvolver seu negócio