Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

World Trade Center

O World Trade Center é um complexo comercial e financeiro localizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Foi inaugurado no ano de 1973, e abrigava as Torres Gêmeas.

Vista do One World Trade Center em Manhattan
O One World Trade Center é, hoje, o principal prédio do complexo comercial do World Trade Center, na cidade de Nova York.
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

O World Trade Center é um complexo comercial e financeiro localizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Situado no bairro (ou burgo) de Manhattan e símbolo do capitalismo norte-americano, o World Trade Center foi inaugurado no dia 04 de abril de 1973 e abrigava dois dos maiores edifícios do país: a Torre Norte e a Torre Sul, mais conhecidas como Torres Gêmeas, destruídas no atentado terrorista de 11 de setembro de 2001.

Atualmente o World Trade Center, além de manter seu papel de centro comercial e financeiro do país, representa um importante destino cultural e histórico dos Estados Unidos. O complexo abriga o Memorial e Museu do 11 de Setembro, que homenageia as milhares de pessoas que perderam suas vidas nos dois ataques terroristas de que o World Trade Center foi alvo ao longo de sua história, em 1993 e 2001.

Leia também: Estátua da Liberdade — a história de um dos grandes símbolos estadunidenses

Tópicos deste artigo

Resumo sobre o World Trade Center

  • O World Trade Center é um complexo comercial localizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos.

  • Foi inaugurado em 04 de abril de 1973.

  • Nele estão localizados prédios de escritórios, áreas verdes, o Museu e Memorial do 11 de Setembro, uma igreja ortodoxa e um centro de artes em construção.

  • Abrigava as Torres Gêmeas, que representavam o capitalismo e a economia norte-americana.

  • As Torres Gêmeas foram destruídas no atentado terrorista de 11 de setembro de 2001.

  • Antes do 11 de setembro, o World Trade Center foi alvo de um atentado terrorista com explosivos em 1993.

  • Hoje o principal edifício do World Trade Center é o One World Trade Center, ou WTC 1.

  • O WTC 1 é o prédio mais alto da cidade de Nova York, e é um representante da inovação e da tecnologia, considerando que abriga empresas desse setor.

Características do World Trade Center

O World Trade Center (WTC) é um complexo comercial de aproximadamente 650.000 m² de área localizado na cidade de Nova York, nos Estados Unidos. Esse importante complexo é descrito como a porta de entrada para o bairro de Lower Manhattan, área banhada pelo rio Hudson. Nas proximidades do World Trade Center, fica o principal centro financeiro estadunidense: a Wall Street, rua que abriga o distrito financeiro do país.

O complexo do World Trade Center, inaugurado em 4 de abril de 1973, abrigava os edifícios WTC 1 (Torre Norte) e WTC 2 (Torre Sul), melhor conhecidos como as Torres Gêmeas. As torres possuíam 110 andares cada, e foram os prédios mais altos da cidade de Nova York até o ano de 2001, quando o atentato terrorista de 11 de setembro causou a sua destruição. As torres Norte e Sul tinham, respectivamente, 417 metros e 415 metros de altura. No caso da Torre Norte, a antena instalada no topo fazia com que ela se elevasse a 527 metros.

Vista das Torres Gêmeas, no World Trade Center.
As Torres Gêmeas eram os edifícios mais altos da cidade de Nova York. [1]

Cerca de 430 empresas diferentes tinham seus escritórios instalados nas Torres Gêmeas, que eram o local de trabalho de mais de 35.000 pessoas. Entre os inquilinos, estavam montadoras de veículos, bancos de investimento, seguradoras, empresas de informática, empresas de telecomunicação, companhias aéreas e canais de televisão.

O One World Trade Center, ou World Trade Center 1, é, atualmente, a principal edificação do complexo. Considerado o edifício mais alto do Hemisfério Ocidental, com 541 metros, o WTC 1 foi inaugurado em 2014 com o nome de Torre da Liberdade. Esse arranha-céu abriga, principalmente, empresas de comunicação e tecnologia, além de hotéis e restaurantes. Tornou-se um símbolo da inovação e da modernidade. Junto dele funcionam outros edifícios comerciais, a maioria aberta em 2013.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Origem e história do World Trade Center

Os preparativos para a construção do World Trade Center datam da década de 1940, quando foi aprovada a legislação que autorizava a execução de um projeto para a construção de um edifício de 70 andares. Em 1958, surgiu a ideia para instalação de um complexo comercial na ilha de Manhattan, no bairro de Lower Manhattan, o que teve a anuência da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, responsável pela administração do World Trade Center desde o princípio. Entre os responsáveis pelo novo projeto, estava David Rockefeller, que, à época, ocupava o cargo de vice-presidente do Chase Bank.

O local de instalação do World Trade Center foi definido em 1962, e a construção do complexo teve início em 5 de agosto de 1966. As torres propriamente ditas começaram a ser levantadas no mesmo período, mas em 1968. O design escolhido para os edifícios principais, conhecidos como Torres Gêmeas, foi elaborado pelo arquiteto estadunidense Minoru Yamasaki.

Escavação do solo em andamento para a construção das Torres Gêmeas, no World Trade Center, em abril de 1968.[2]
Escavação do solo em andamento para a construção das Torres Gêmeas, no World Trade Center, em abril de 1968.[2]

Dois anos após o início das obras, a Torre Norte já era o maior edifício do mundo, com mais de 380 metros de altura, superando o Empire State Building, famoso arranha-céu situado na Quinta Avenida, em Nova York.

O World Trade Center foi inaugurado em 4 de abril de 1973, tornando-se um dos símbolos da cidade de Nova York e o cartão-postal de Manhattan. Por aproximadamente um mês, as Torres Gêmeas puderam ser classificadas como os prédios mais altos do mundo, até a finalização da Willis Tower, em maio daquele ano, em Chicago, no estado de Illinois. O último edifício do complexo, chamado de World Trade Center 7, foi concluído em março de 1987, e iniciou as suas atividades três meses mais tarde.

Leia também: Torre Eiffel — a história do monumento de 330 metros de altura localizado em Paris

Eventos marcantes do World Trade Center

Ao longo de meio século de existência do World Trade Center, dois eventos tristes marcaram a história desse importante complexo comercial.

  • Atentato a bomba em 1993: quase 20 anos após a inauguração do complexo, em 26 de fevereiro de 1993, um grupo de terroristas implantou mais de 500 quilos de um explosivo feito à base de nitrato de ureia em uma garagem no subsolo do World Trade Center, com o objetivo de derrubar a Torre Norte. Os explosivos estavam no interior de uma van que foi estacionada no local e foram detonados às 12 horas e 18 minutos. A explosão causou a morte de seis pessoas e de um bebê ainda no útero, além de danificar a estrutura local.

  • Atentado de 11 de setembro de 2001: no dia 11 de setembro de 2001, quatro aviões comerciais foram sequestrados por membros da organização terrorista Al-Qaeda, alterando a rota dos voos para atingirem seus principais alvos, entre os quais estava o World Trade Center. O primeiro avião, correspondente ao voo 11 da American Airlines, foi jogado contra a Torre Norte às 08h46, no horário local. Pouco tempo depois, às 09h03, o segundo avião, do voo 175 da mesma companhia aérea, foi lançado contra a Torre Sul. Essa foi a primeira torre a desmoronar, cerca de 56 minutos após o ataque. A Torre Norte desabou às 10h28. O número de mortes causadas pelo atentado ao World Trade Center foi de 2977. Para saber mais sobre esse atentado, clique aqui.

Momento da explosão ocasionada pelo choque do segundo avião, na Torre Sul.
Momento da explosão ocasionada pelo choque do segundo avião, na Torre Sul.
  • Tributo em Luz: seis meses após os ataques ao World Trade Center, o governador do estado de Nova York e o prefeito da cidade homônima aprovaram a instalação do primeiro memorial em homenagem às vítimas do atentado do 11 de setembro. O memorial consistia em 44 holofotes dispostos em uma base quadrangular e projetando as luzes para o alto, formando a silhueta das Torres Gêmeas. Ele foi aceso pela primeira vez em 11 de março de 2002.

Tributo em Luz, no World Trade Center, representando as torres destruídas em 11 de setembro de 2001.
Tributo em Luz, no World Trade Center, representando as torres destruídas em 11 de setembro de 2001.

Qual a importância do World Trade Center?

O World Trade Center está localizado em uma das áreas mais valorizadas da cidade de Nova York, considerada um dos centros financeiros e comerciais mais importantes dos Estados Unidos e do mundo. Por muito tempo, como vimos, o complexo do WTC representou o poder econômico do sistema capitalista norte-americano, sendo hoje um símbolo da modernidade e da inovação pelas atividades que ali se desenvolvem.

Desde sempre, o World Trade Center desempenha também a função de ponto turístico de Nova York, sendo um dos cartões-postais de Manhattan. Nos prédios ficam restaurantes de luxo e hotéis, que servem também como atrativos aos visitantes. Com os atentados do 11 de setembro, o local se transformou em um importante sítio de preservação da memória daqueles que perderam as suas vidas nos ataques, além de um destino muito procurado por professores, estudantes e outras pessoas interessadas na história dos Estados Unidos.

World Trade Center na atualidade

O World Trade Center, atualmente, mantém uma de suas principais funções desde a sua concepção: a de centro financeiro e comercial. O seu principal edifício, como vimos, é o One World Trade Center, ou WTC 1, cuja construção foi finalizada em 2013. A inauguração do WTC 1 aconteceu no dia 03 de novembro de 2014, e o arranha-céu abriga hoje diversos escritórios de empresas de inovação, tecnologia e comunicação. Até fevereiro de 2020, aproximadamente 93% do edifício já se encontrava alugado.

Vista do WTC 1, em Nova York.
OWTC 1 é atualmente o prédio mais alto de Nova York, e pode ser visto em destaque na imagem.[3]

No ano de 2003, duas décadas após o primeiro ataque ao World Trade Center, foi anunciada uma competição para a escolha do design do memorial que homenagearia as vítimas dos atentados de 1993 e de 2001. Ao final daquele mesmo ano, o plano completo para a restauração e a reconstrução do World Trade Center foi apresentado.

Michael Arad e Peter Walker foram os arquitetos responsáveis pelo design do memorial, chamado de Refletindo a Ausência, formado por duas grandes estruturas, as piscinas Norte e Sul, construídas na área agora referida como Marco Zero do World Trade Center, onde as Torres Gêmeas ficavam. Ao redor dessas piscinas, foram gravados os nomes das vítimas fatais do atentado. A abertura do memorial ao público aconteceu em 12 de setembro de 2011.

O Memorial e Museu do 11 de Setembro é, atualmente, um dos principais pontos de visitação do World Trade Center, complexo que passou a desempenhar também a função de destino turístico cultural e histórico de Nova York e dos Estados Unidos. O local foi aberto ao público de maneira integral em 21 de maio de 2014.

Vista noturna da piscina refletiva Norte com o Memorial do 11 de Setembro ao fundo.[4]
Vista noturna da piscina refletiva Norte com o Memorial do 11 de Setembro ao fundo.[4]

O atual World Trade Center, além do WTC 1 e do Museu e Memorial do 11/9, abriga:

  • o Parque da Liberdade — uma área verde;

  • uma igreja ortodoxa — a Igreja de St. Nicholas;

  • a estação Oculus, do sistema ferroviário administrado pela autoridade portuária de Nova York e Nova Jersey;

  • três torres em operação (WTC 4, 3 e 7) e outras duas torres em processo de construção (WTC 2 e 5);

  • um centro de artes performáticas em construção — o Ronald O. Perelman Performing Arts Center.

Curiosidades sobre o World Trade Center

  • As Torres Gêmeas tinham, em conjunto, 198 elevadores.

  • Existiam mais de 46 mil janelas nas Torres Gêmeas.

  • Cada uma das Torres Gêmeas pesava mais de 250.000 toneladas.

  • A limpeza do World Trade Center, após os ataques de 11 de setembro de 2001, foi finalizada somente em 30 de maio de 2002.

  • O papa Bento VI visitou o World Trade Center em 2008. O papa Francisco, sucessor de Bento VI, também esteve no local em 2015.

  • A rainha Elizabeth II visitou o Marco Zero do World Trade Center em 6 de julho de 2010.

  • O One World Trade Center foi construído com concreto sete vezes mais resistente do que o das Torres Gêmeas, além de dispositivos como entrada especial para socorristas e vigas de aço mais longas, que o tornam mais seguro do que os demais edifícios que conhecemos.

  • Em 1974, aos 24 anos de idade, o acrobata francês Philippe Petit caminhou entre as Torres Gêmeas sobre um cabo posicionado de forma a criar uma ponte entre os edifícios. As imagens da travessia, realizada ilegalmente, atravessaram o mundo. O feito é retratado no filme A travessia, de 2015.

Créditos das imagens

[1] NYC Skyline September 1990 / Wikimedia Commons

[2] AvaBianca / Wikimedia Commons

[3] meunierd / Shutterstock

[4] Francois Roux/ Shutterstock

 

Por Paloma Guitarrara
Professora de Geografia

Escritor do artigo
Escrito por: Paloma Guitarrara Licenciada e bacharel em Geografia pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e mestre em Geografia na área de Análise Ambiental e Dinâmica Territorial também pela UNICAMP. Atuo como professora de Geografia e Atualidades e redatora de textos didáticos.

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

GUITARRARA, Paloma. "World Trade Center"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/curiosidades/world-trade-center.htm. Acesso em 15 de abril de 2024.

De estudante para estudante