Topo
pesquisar

Capivara (Hydrochoerus hydrochoeris)

Animais

PUBLICIDADE

Reino Animalia
Filo Chordata
Classe Mammalia
Ordem Rodentia
Família Caviidae
Gênero Hydrochoerus
Espécie
Hydrochoerus hydrochaeris

As capivaras são encontradas na Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela; habitando florestas e pastagens próximas à água.

São animais de grande porte, com pelagem grossa e acastanhada. Podem alcançar cem quilos, um metro e meio de comprimento, e meio metro de altura. Por tal motivo, são considerados os maiores roedores do mundo.

As patas possuem membranas entre os dedos, facilitando o nado. Quanto a isso, são bastante ágeis, podendo ficar até cinco minutos embaixo d’água, sem respirar. Bebem, copulam, regulam a temperatura corporal e fogem de predadores neste ambiente e, por isso, sempre estão próximos a ele.

Possuem dentes incisivos grandes e fortes, bem adaptados ao corte, e que não param de crescer. Por este motivo é que tais animais frequentemente roem pedras e troncos de árvores. São herbívoros, alimentando-se de pastagens, plantas rasteiras, brotos de árvores e algas; e, em situação de escassez, podem invadir e se alimentar de plantações.

Tais animais vivem em bandos de aproximadamente trinta indivíduos, com um macho dominante; e possuem hábito predominantemente noturno. Com cerca de um ano e dois meses de idade, iniciam suas atividades reprodutivas. A gestação dura em torno de quatro meses, dando origem, geralmente, a quatro filhotes. A expectativa média de vida das capivaras, após o nascimento, é de quinze anos.

São predados por onças, jacarés, serpentes e piranhas. Além disso, são caçados e visados comercialmente em razão da sua carne bastante saborosa, couro e óleo. Seus pelos e esterco também são aproveitados, respectivamente, na confecção de pincéis e em processos de adubação.

Em algumas regiões, em virtude da ausência de predadores e da alta oferta de alimentos, suas populações crescem significantemente. Talvez seja por tal motivo que se encontrem em risco mínimo de extinção (least concern, LC), segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais, IUCN.

Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ARAGUAIA, Mariana. "Capivara (Hydrochoerus hydrochoeris)"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/animais/capivara.htm>. Acesso em 26 de agosto de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA