Topo
pesquisar

Impulso

Física

PUBLICIDADE

Quando empurramos um corpo ou até mesmo o puxamos, fazemos a aplicação de uma força. Observe a gravura que se segue:

Quando um carro enguiça, como é o caso da gravura, realizamos uma força para que possamos colocá-lo novamente em movimento. Essa é a noção intuitiva de impulso.

Impulso é a grandeza física que determina a atuação de forças sobre um corpo, ou seja, essa grandeza mede o esforço necessário para colocar um corpo em movimento. Matematicamente falando, essa é a fórmula que descreve o impulso, veja:

I = F.t

Onde F é a força aplicada sobre o corpo e t é o tempo de atuação da força.
O impulso é uma grandeza vetorial e como tal, para sua determinação completa e precisa, possui módulo, direção e sentido. No Sistema Internacional de Unidades (SI) a unidade de impulso é o N.s (newton vezes segundo).

Como é possível perceber, ao empurrar um determinado carro, como no exemplo acima, o mesmo adquire movimento que é proporcional à sua massa e à força que é aplicada sobre ele. Tal observação faz com que seja possível estabelecer uma relação entre o impulso e a quantidade de movimento adquirida pelo corpo. A fórmula que determina a quantidade de movimento adquirida por um corpo pode ser enunciada da seguinte forma:

A quantidade de movimento, também chamada de momento linear, Q, de um corpo de massa m q se move com velocidade v é definida pela seguinte expressão:

Q = m.v

Onde m é a massa do corpo e v a velocidade que ele adquire após aplicação da força sobre ele. A quantidade de movimento, assim como o impulso, é uma grandeza vetorial, portanto ela também possui módulo, direção e sentido. A unidade no SI é o kg. m/s.

Como foi dito, existe uma relação entre impulso e quantidade de movimento que é denominada de Teorema Impulso Quantidade de Movimento. Tal teorema diz que:

O impulso I, produzido pela resultante das forças atuantes sobre um corpo, durante um intervalo de tempo t, é igual à quantidade de movimento do corpo nesse mesmo intervalo de tempo. Matematicamente fica assim:

I = Qf - Qi

Onde Qf é a quantidade de movimento final e Qi é a quantidade de movimento inicial.

Por Marco Aurélio da Silva
Equipe Brasil Escola

Mecânica - Física - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Marco Aurélio Da Silva. "Impulso"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/fisica/impulso.htm>. Acesso em 28 de maio de 2016.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
  • SIGA O BRASIL ESCOLA