Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Como evitar a dor nas costas

Para aprender como evitar a dor nas costas no nosso dia a dia, é fundamental conhecer os fatores que podem desencadeá-la.

As dores nas costas podem ser causadas por um grande esforço
As dores nas costas podem ser causadas por um grande esforço
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

As dores nas costas, sem dúvidas, incomodam muitas pessoas, seja na fase adulta como na infância. Estima-se que de 70% a 85% da população já teve um quadro de dor nas costas durante a vida. Apesar de poderem esconder problemas graves de saúde, essas dores são, muitas vezes, ignoradas.

→ O que pode levar à dor nas costas?

Vários fatores podem afetar nossa coluna e causar dores nas costas. Entre os problemas mais conhecidos, merece destaque:

⇒ Sedentarismo: O sedentarismo está relacionado, por exemplo, com o enfraquecimento da musculatura envolvida na extensão do tronco e, portanto, pode desencadear dores nas costas.

Obesidade: O excesso de peso pode causar desgaste na coluna vertebral.

⇒ Má postura: A má postura merece uma atenção especial, afinal, nos dias atuais, encontramos vários elementos que favorecem essa prática. Um bom exemplo disso é o uso de smartphone, que nos força a ficar sempre com o pescoço para baixo. Além disso, não podemos esquecer do notebook utilizado no colo, da má postura ao sentar-se na sala de aula ou no trabalho, entre vários outros casos em que nos esquecemos da postura ereta.

⇒ Uso de salto alto: O uso de sapatos com salto alto pode aumentar a pressão na lombar, desencadeando dor.

⇒ Bolsas e mochilas pesadas: O excesso de peso carregado em mochilas e bolsas provoca uma grande tensão nas estruturas da coluna e dos ombros. Essa tensão provoca alterações posturais, as quais podem desencadear dor. O problema é ainda pior quando apenas um dos lados do corpo recebe a carga.

Tabagismo: O tabagismo pode relacionar-se com as dores na coluna, pois as substâncias químicas presentes no cigarro causam problemas no aparelho musculoesquelético, como desidratação dos discos intervertebrais.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Entretanto, vale salientar que nem sempre as dores são provocadas por problemas conhecidos, como os descritos acima. Em alguns casos, as dores são resultados de deficiência neurológica, hernias, fraturas, tumores e infecções, por isso, é essencial procurar ajuda médica sempre que as dores causarem incômodo.

→ O que devemos fazer para evitar as dores nas costas?

⇒ Realização de atividades físicas: Atividades físicas ajudam a fortalecer os músculos das costas e abdominais e a manter a postura adequada. É essencial procurar um médico quando os exercícios praticados forem de alto impacto.

⇒ Escolher bem colchões e travesseiros: Os colchões devem acomodar adequadamente as curvaturas do corpo e não podem ser muito macios, pois, assim, não garantem o apoio necessário, e nem muito firmes. Travesseiros devem acomodar adequadamente a lordose cervical quando a pessoa deita de costas e também manter o alinhamento adequado para quando se deitar de lado. Uma dica interessante é, ao deitar-se de lado, colocar um travesseiro entre as pernas.

⇒ Não fazer uso de salto alto constantemente.

⇒ Manter a boa postura: Ao sentar-se, lembre-se de apoiar as costas no encosto da cadeira. Ao abaixar-se para pegar peso, sempre dobre os joelhos e não curve as costas. Divida o peso de bolsas e utilize sempre as duas alças quando usar mochila.

⇒ Evitar carregar muito peso.

⇒ Não fumar.

Atenção: Ao sentir dores constantes nas costas, procure um médico.

Por Ma. Vanessa Sardinha dos Santos

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SANTOS, Vanessa Sardinha dos. "Como evitar a dor nas costas"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude-na-escola/como-evitar-dor-nas-costas.htm. Acesso em 05 de julho de 2022.

De estudante para estudante


PUBLICIDADE

Estude agora


Quem foi Nelson Mandela?

Assista a nossa videoaula para conhecer a história de Nelson Mandela (1918-2013). Confira também, no nosso...

Variabilidade genética

Sempre que falamos de variabilidade genética, analisamos genótipos e fenótipos, observamos novas características,...