Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Questionamentos Linguísticos

Gramática

Questionamentos linguísticos norteiam o cotidiano de muitos usuários da língua. Saná-los é muito importante para a ampliação da competência linguística.
Questionamentos linguísticos norteiam o cotidiano de muitos usuários da língua. Saná-los é muito importante para a ampliação da competência linguístic
Questionamentos linguísticos norteiam o cotidiano de muitos usuários da língua. Saná-los é muito importante para a ampliação da competência linguístic
PUBLICIDADE

Por certo, mediante sua postura enquanto usuário da língua, questionamentos linguísticos representam uma realidade. Dada essa razão, eis algumas dicas de expressões das quais cotidianamente fazemos uso, de modo a deixá-lo (a) a par dos pressupostos que os norteiam. Observe:

A FAVOR / EM FAVOR...

As duas expressões são corretas, mas seu uso dependerá do termo que as antecede. Veja alguns exemplos:

Eles não se mostraram nem contra nem a favor das decisões tomadas.

Tudo foi feito em favor da conquista de tantas vitórias alcançadas.

A TEMPO / EM TEMPO...

Como no caso anterior, ambas as expressões são consideradas corretas, sem que nenhum prejuízo seja causado ao padrão formal da linguagem. No entanto, a mais usual é a expressão “a tempo”, como demonstra o exemplo a seguir:

Não chegaram a tempo, por isso perderam o voo de volta para casa.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

DIUTURNO / DIURNO...

“Diuturno” faz referência a uma ação executada diariamente, isto é, a um trabalho contínuo. Observe:

Na empresa, os trabalhos são realizados diuturnamente.

Ela trabalha no período diurno. (contrário do noturno)

A PÉ/ EM PÉ/ DE PÉ...

A expressão “a pé” denota a ação de deslocar-se para um determinado local sem qualquer tipo de veículo. Note:

Ele anda a pé.

“De pé” se refere ao fato de continuar, firmar, subsistir, manter-se. Analise o exemplo:

Nossa proposta continua de pé, não é verdade?

“Em pé” diz respeito ao ato de se encontrar ereto sobre os próprios pés, abnegando-se de estar deitado ou sentado. Confira:

Consegui pedir o copo-d’água de pé.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Questionamentos Linguísticos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/questionamentos-linguisticos.htm. Acesso em 30 de novembro de 2021.

Artigos Relacionados
Dicas ortográficas são recursos acessíveis ao usuário no sentido de aperfeiçoar cada vez mais a competência linguística, sobretudo na escrita.
Espectador ou expectador? Saiba mais sobre as diferenças entre essas duas palavras!
Você já se atentou para o fato de que a expressão Jogos Paralímpicos está em alta? Não seria Jogos Paraolímpicos? Ora, obtenha mais informações!
Quer saber o que observar na redação na hora de corrigi-la? Clique aqui!
Em se tratando das particularidades da nossa língua, há casos em que o plural se torna indevido. Deseja conhecê-los? Simples, pois apenas um clique é o bastante!
Aprimore seus conhecimentos acerca deste assunto!