Topo
pesquisar

Discordância gráfica e Irregularidade verbal

Gramática

Entre a irregularidade verbal e a discordância gráfica há diferenças imprescindíveis ao nosso conhecimento. A discordância gráfica se restringe apenas a acomodações gráficas.
PUBLICIDADE

Discordância gráfica irregularidade verbal fazem referência a uma classe gramatical (verbo) dotada de distintas particularidades, das quais devemos ter conhecimento. Dessa forma, em face de tal realidade, o artigo em questão tem por finalidade abordar acerca das diferenças demarcadas entre esses dois elementos, postos em discussão.

Muitas vezes tais expressões são consideradas sinônimas, razão pela qual é preciso saber distingui-las, de modo a não cometer nenhum “tropeço” que possa ferir o idioma. Para tanto, consideremos as ideias presentes nas afirmações de dois renomados gramáticos – Celso Cunha e Lindley Cintra, em sua Gramática do Português Contemporâneo:

* Alguns verbos referentes à primeira conjugação, cujos radicais terminam em “-ç”, “-c” e “-g”, mudam essas letras, respectivamente, para “-qu”, “-c” e “-gu”, sempre que o “-e” lhes seguir. Constatemos alguns exemplos:

ficar – fiquei

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

justiçar – justicei

chegar – cheguei

* Os verbos referentes à segunda e terceira conjugações, cujos radicais terminam em “-c”, “-g” e “-gu” mudam tais letras para, respectivamente, “-ç”, “-j” e “-g”. Vejamos estes casos que seguem:

vencer – venço – vença

tanger – tanjo – tanja

erguer – ergo – erga

restringir – restrinjo – restrinja

extinguir – extingo – extinga

Mediante as mudanças ora demarcadas, constatamos que se tratam de apenas acomodações gráficas que em nada se assemelham à irregularidade verbal, submetidas ao convencionalismo regido pelos postulados gramaticais, sobretudo aqueles que dizem respeito a questões ortográficas.


Por Vânia Duarte
Graduada em Letras

Não devemos confundir irregularidade verbal com discordância gráfica, visto que essa última diz respeito a acomodações gráficas
Não devemos confundir irregularidade verbal com discordância gráfica, visto que essa última diz respeito a acomodações gráficas

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DUARTE, Vânia Maria do Nascimento. "Discordância gráfica e Irregularidade verbal"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/gramatica/discordancia-grafica-irregularidade-verbal.htm. Acesso em 11 de dezembro de 2019.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Brasil Escola