Topo
pesquisar

Aspectos territoriais da Rússia

Geografia

A Rússia está presente tanto na Europa quanto na Ásia. Suas dimensões territoriais resultam em inúmeros aspectos particulares da região.
Yakutsky, a cidade mais fria do mundo, localizada na Sibéria, Rússia
Yakutsky, a cidade mais fria do mundo, localizada na Sibéria, Rússia
PUBLICIDADE

 A Rússia, o maior país do mundo, apresenta 17.098.240 km², distribuídos entre os continentes europeu e asiático – separados pelos Montes Urais. Sua população é de aproximadamente 143.456.918 milhões de habitantes. Em razão de sua grande extensão territorial, a Rússia faz fronteira com 14 diferentes países: Noruega, Finlândia, Estônia, Letônia, Bielorrússia, Lituânia, Polônia, Ucrânia, Geórgia, Azerbaidjão, Cazaquistão, China, Mongólia e Coreia do Norte.

A distribuição latitudinal do país resulta em diversos tipos de clima, desde o ártico, no extremo norte, até o clima continental moderado, em sua porção sul. As principais características do clima russo são invernos bastante rigorosos, com temperaturas médias extremamente baixas em determinadas áreas do país. Em Yakutsk, por exemplo, que recebe o título de cidade mais fria do mundo, a temperatura média anual gira em torno de -25°C. No verão, essa temperatura sobe, oscilando entre 0ºC e 20°C; no inverno, costuma chegar a -45°C. Em alguns momentos, essa temperatura decaiu para -65°C.

Em sua disposição longitudinal, outro fator interessante envolve a Rússia: o país possui 11 fusos horários, elemento que dificulta a orientação da dinâmica socioeconômica das pessoas e empresas que atuam no território russo.

Dimensão territorial

Com território equivalente ao dobro do Brasil, pode-se dizer que a Rússia é um país populoso, mas pouco povoado, na medida em que sua densidade demográfica é considerada baixa, cerca de 8,8 hab/km². As principais cidades da Rússia são: Moscou (capital), São Petersburgo, Novosibirsk, Nijni Novogorod e Yekaterinburg.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Veja a extensão territorial da Rússia

A ocupação territorial da Rússia não é homogênea. Considerando as baixíssimas temperaturas aferidas no extremo norte, especialmente na região da Sibéria, que passa a maior parte do ano congelada, a população tende a concentrar-se na porção sul do país. Nessa mesma faixa, concentram-se as principais cidades e aglomerados populacionais do país.

A vastidão do território russo permite ainda o desenvolvimento de diversas áreas de cultivo e exploração da terra com atividades de extrativismo, agricultura e pecuária. A Rússia figura entre os principais exportadores de madeira do mundo. Destaca-se também pela produção de cereais (trigo, cevada, aveia e centeio) e criação de gado em praticamente todo o território. A grande extensão litorânea da Rússia também a torna um país de destaque na pesca, ocupando o sexto lugar entre os maiores produtores do planeta.

No campo industrial, a exploração do território ocorre também pela extração mineral, destacando-se a extração de zinco, cobre e ferro na porção ocidental do país. Destaca-se também a exploração de campos de petróleo e gás natural na porção central do território. Outro recurso importante encontrado em território russo são as reservas de urânio no sudoeste do país.

Por Hugo Mota
Graduado em Geografia
 

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

MOTA, Hugo. "Aspectos territoriais da Rússia"; Brasil Escola. Disponível em <https://brasilescola.uol.com.br/geografia/aspectos-territoriais-russia.htm>. Acesso em 15 de agosto de 2018.

  • SIGA O BRASIL ESCOLA