Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon
Nova Educa
Por Nova Educa
A Nova Educa é uma consultoria educacional que trará dicas para que os jovens possam, desde cedo, aprender a inovar e a empreender, descobrindo inúmeras possibilidades para a construção de um futuro promissor.

5 formas de conseguir investimento para seu negócio

Clube do empreendedorismo

Selecionamos cinco estratégias para conseguir investimentos que podem fazer a diferença para quem está começando um negócio.
Algumas estratégias podem ajudar bastante quem está buscando investimentos para o próprio negócio.
Algumas estratégias podem ajudar bastante quem está buscando investimentos para o próprio negócio.
PUBLICIDADE

Planejar e criar sua empresa é complexo, ser um empreendedor exige resiliência, ter sucesso é uma questão de competência, e, mesmo alcançando esses três tópicos, ainda é necessário ter capital ou dinheiro para investir e fazer o negócio crescer. De forma resumida, vamos dar algumas dicas de como jovens empreendedores podem buscar soluções financeiras no mercado, mas antes é importante avaliar:

  • Você tem um excelente modelo de negócio? Sua startup tem condições de crescer e se desenvolver de forma sustentável?

  • O quadro de fundadores tem expertises variadas?

  • Sua startup já passou da fase de ideia e está começando a lançar seus primeiros produtos ou serviços?

  • Você consegue demonstrar sua lucratividade esperada e quando o investimento começará a se pagar?

Depois de responder a essas perguntas e concluir que todas as suas respostas foram positivas, siga abaixo algumas soluções para conseguir investimentos.

Leia também: 3 informações importantes para abrir sua empresa

1. Amigos e familiares

Pode parecer pouco profissional, mas lembre-se que algumas das maiores empresas do mundo na atualidade, como Facebook, Apple e Microsoft, começaram em garagens, com capital bem limitado. Portanto, apelar para o círculo familiar e de amigos não é nenhuma vergonha, afinal, eles confiam e acreditam em você e na sua ideia. Apesar de serem pessoas próximas, é preciso agir com profissionalismo, mostre para eles os riscos envolvidos no investimento e como anda seu planejamento. Saiba separar o lado pessoal do profissional para não desgastar as relações.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

2. Bancos e programas governamentais

Os bancos tradicionais geralmente não são uma fonte fácil de capital para startups de estágio inicial e pequenas empresas. No entanto, à medida que você ganha tração, eles podem oferecer cartões de crédito e empréstimos com taxas de juros amigáveis.

Há também programas do governo que fornecem subsídios para certos tipos de projetos. Isso não significa que trazer esse tipo de capital será mais fácil. Em muitos casos, existem certas restrições e limitações que podem ser onerosas para as startups. O importante é pesquisar bem as condições de cada banco e ver qual programa de incentivo combina melhor com o seu negócio.

3. Investidores anjo

Um investidor anjo é um investidor com um alto nível de renda. Ele investe seus próprios recursos no desenvolvimento da sua startup em troca de uma participação nela. Os “anjos” recebem esse nome porque estão dispostos a aplicar uma grande quantia de dinheiro em um negócio que ainda está em fase inicial. Apesar de se tratar uma receita atual muito pequena, eles acreditam que o negócio tem grande potencial de gerar bons lucros no futuro.

Além do capital, esses investidores podem usar o networking e a experiência comercial deles para alavancarem a sua startup. No entanto, vale lembrar que é preciso escolher bem o seu investidor anjo. Porque, daqui pra frente, ele será o seu parceiro de negócios.

Leia também: 6 perfis de empreendedores

4. Aceleradoras

Para startups em estágio inicial, existem empresas aceleradoras que oferecem excelentes maneiras de desenvolver o seu negócio tanto financeira quanto estrategicamente. Normalmente, os programas aceleradores têm um cronograma estabelecido. Assim, as startups passam semanas ou meses trabalhando com um grupo de mentores. O objetivo dos programas de aceleração é ajudar a iniciar o negócio em poucos meses, levando-o de um estágio inicial para um bem mais avançado em pouco tempo.

5. Venture capital

Essa é uma modalidade de investimento composta por investidores e fundos de risco. Tais investidores costumam financiar empresas de pequeno e médio porte que estão começando agora e que possuem um alto potencial de lucro.

Investidores venture capital aplicam recursos em startups com expectativa de crescimento acelerado e elevado nível de rentabilidade. Diferentemente dos investidores anjo, aqui se investe em empresas um pouco mais estabilizadas, que já deram o pontapé inicial, provaram seu potencial de crescimento e precisam de recursos financeiros para acelerar as operações e expandir-se no mercado. Vale ressaltar que, quando esse investimento é efetivado, o fundo responsável pelo aporte passa a integrar o quadro societário da sua startup.

 

Por Nova Educa

SOBRE O AUTOR

A Nova Educa é uma consultoria educacional com foco em desenvolver projetos nas escolas envolvendo a Tecnologia Apple, com implementação de iPads e treinamento de professores. Além disso, também realiza o podcast Nova Educa Debate, om entrevistas a respeito do mercado educacional e a BNCC sobre conteúdos de empreendedorismo e inovação. Teremos diversos consultores colaborando com esta coluna, que será liderada pelo diretor de inovação, Carlos Coelho, entusiasta da educação com experiências em multinacional, na Singularity University (Califórnia), como professor e gestor escolar; e teremos a Priscila Coelho, diretora de operações, especialista em treinamentos de tecnologia educacional, criatividade e inovação.

Artigos Relacionados
Confira cinco ações para começar a sua empresa! Saiba de que forma você pode aproveitar da melhor forma seu pensamento empreendedor e colocá-lo em prática.
Clique aqui e conheça 6 filmes sobre empreendedorismo que podem te ensinar e inspirar ao mesmo tempo em que você se diverte.
Conheça 6 livros sobre empreendedorismo que poderão te ensinar novas práticas, além de inspirar com exemplos de sucesso. Confira!
Leia este texto e conheça seis perfis de empreendedores e quais são suas características e objetivos. Veja qual desses perfis mais combina com o seu propósito.