Celulite

Saúde e Bem-estar

PUBLICIDADE

A celulite tem como característica o aparecimento de ondulações na pele, garantindo-lhe o aspecto de casca de laranja. É decorrente do aumento de tecido gorduroso sob a pele.

O processo de formação da celulite ocorre a partir do aumento progressivo da deposição de gordura nos vacúolos, que constituem o lipócito (célula de gordura). Os vacúolos recebem a gordura excessiva presente na alimentação.

A celulite atinge quase 90% das mulheres, seja na forma mais suave ou em estágio avançado, já que ela se apresenta em quatro estágios de evolução. Aparece principalmente na região dos glúteos, coxa, abdômen e braços, sendo mais visível nos períodos em que há alteração hormonal, como puberdade, fase pré-menstrual, gestação, início do uso da pílula e menopausa. Está relacionada a vários fatores: hormonais, predisposição genética familiar, alimentação e vida sedentária. Outro fator que pode favorecê-la é a falta de ingestão de líquidos.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

A celulite aparece em pessoas obesas, normais e magras e raramente acomete os homens: isto se deve ao fato de que o tecido gorduroso do homem é diferente do da mulher. Enquanto nas mulheres as cordas fibrosas que separam porções de células gordurosas são mais finas, nos homens as cordas são grossas e resistentes.

Para amenizar esse mal que perturba a vida de muitas mulheres, valem algumas medidas, como reduzir o consumo de sódio; controlar o peso; tomar no mínimo dois litros de líquidos por dia; aumentar o consumo de fibras e potássio; e optar por alimentos naturais como os crus, cozidos ao vapor e integrais, pois possuem mais nutrientes e são digeridos e assimilados melhor pelo organismo.
 

Por Patrícia Lopes

Celulite: um mal que perturba a vida das mulheres
Celulite: um mal que perturba a vida das mulheres

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

LOPES, Patrícia. "Celulite"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/saude/celulite.htm. Acesso em 27 de outubro de 2020.