Notificações
Você não tem notificações no momento.
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Bateria de última geração

Bateria em fase experimental
Bateria em fase experimental
Imprimir
Texto:
A+
A-
Ouça o texto abaixo!

PUBLICIDADE

Muitas vezes, na esperança de não deixar uma bateria de celular descarregar, usamos de artifícios nada confiáveis, como por exemplo, esperar descarregar até o fim e assim prolongar a vida útil. Vamos apresentar aqui uma novidade que promete acabar com essa ideia falsa de economia: são as novas baterias com lítio de última geração.

Mas primeiro é preciso saber do que se tratam as baterias que ficarão na história: as convencionais. Elas também são feitas de Lítio, mais precisamente de íons do elemento, o que elas não têm é o tempo de vida útil que a nova bateria promete. A convencional possui um ciclo aproximado de 500 recargas, ou seja, após este período você nota uma diminuição no rendimento desta bateria. Já nas modernas o número de recargas dobra para 1000, sem falar na vantagem de que a recarga é feita na metade do tempo.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Agora pense: se você recarrega seu celular a cada dois dias, a bateria atual lhe permite uma vida útil de dois anos, mas com a bateria de última geração você prolonga este uso e não precisará deixar seu celular recarregar por várias horas seguidas. Ainda não foram lançadas no mercado, estão em fase de pesquisa, mas em breve farão parte de nosso cotidiano movido a baterias.

Por Líria Alves
Graduada em Química
Escritor do artigo
Escrito por: Líria Alves de Souza Escritor oficial Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Bateria de última geração"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/bateria-ultima-geracao.htm. Acesso em 23 de maio de 2024.

De estudante para estudante