Gasolina: explosão de hidrocarbonetos

Química

PUBLICIDADE

Para entender por que a gasolina é capaz de gerar o movimento de veículos, é preciso saber mais sobre sua composição.

Hidrocarbonetos: são eles que constituem o líquido combustível e se encarregam de gerar energia, todos os hidrocarbonetos são passíveis de combustão. A seguir, uma imagem para facilitar seu entendimento:



A reação tem início dentro do motor de combustão (representado pela figura acima), com a presença da mistura de combustível e ar. Esta mistura é injetada pela válvula de admissão e fica armazenada sobre um pistão que se move para cima e para baixo.

Quando o pistão se move para cima, ele comprime a mistura de ar e gasolina. A vela de ignição dispara e acende a mistura.
A mistura em combustão gera gases quentes que se expandem e produzem uma força que faz com que o pistão abaixe novamente, acionando o virabrequim.
A válvula de escape abre-se e os gases são expulsos pelo pistão que se eleva.

O processo descrito corresponde ao funcionamento do motor a “quatro tempos”.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Por Líria Alves
Graduada em Química
Equipe Brasil Escola

Veja mais: Por que a gasolina polui?
Qual é o combustível que mais polui a atmosfera?

Combustíveis - Química - Brasil Escola

Gasolina: mistura de hidrocarbonetos inflamáveis
Gasolina: mistura de hidrocarbonetos inflamáveis

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

SOUZA, Líria Alves de. "Gasolina: explosão de hidrocarbonetos"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/quimica/gasolina-explosao-hidrocarbonetos.htm. Acesso em 15 de agosto de 2020.

Assista às nossas videoaulas