Guerra de Sucessão Austríaca

Guerras

PUBLICIDADE

A Guerra de Sucessão da Áustria ocorreu entre os anos de 1740 e 1748, foi um conflito causado pela Pragmática Sanção, na qual o Imperador Carlos VI deu à sua filha, Maria Teresa , o domínio do Sacro Império Romano.

A guerra se iniciou com a morte do imperador Carlos VI (1740), despertando o interesse da Prússia, da Baviera e da Espanha. Frederico II conquistou a Silésia (1740-1741), simultaneamente os franco-bávaros tomaram posse da Boêmia e a Alta Áustria.

A Áustria cedeu a Silésia e Prússia (1742), quando concedeu a paz à Baviera, depois de tê-la derrotado (1745). A França atacou e conquistou a região de Flandres, garantindo a sua presença nos Países Baixos através da vitória de Fontenoy, mas não conseguiu manter suas conquistas no tratado de paz de Aix-la-Chapelle, que deu um fim ao conflito.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Século XVI a XIX - Guerras - Brasil Escola

Frederico II
Frederico II

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

DANTAS, Tiago. "Guerra de Sucessão Austríaca"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/guerra-sucessao-austriaca.htm. Acesso em 28 de novembro de 2020.