Guerra da Independência do Chile

Guerras

PUBLICIDADE

Governado por Bernardo O’higgins, o movimento da independência do Chile ocorrido no dia 12 de fevereiro de 1818, desobrigou o país da soberania secular espanhola, ficando este na área do imperialismo inglês. Liderado pelos criollos, o movimento teve apoio da igreja católica ficando assim sob o controle político desta elite.

Consequentemente o latifúndio agrário e pecuarista eram a base da economia na região sul e a exposição mineral na região norte, pois a sociedade era formada pela maioria de trabalhadores assalariados.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

 
A luta por esta independência foi mais longa que a do México e tivera o envolvimento dos britânicos no abastecimento de mercenários, armas e ajuda financeira. O líder separatista chileno Bernardo O’higgins obteve a ajuda do general criollo José de San Martin durante a luta emancipacionista iniciada em 1814. O mercenário britânico Lorde Thomas Cochrane teve destaque também na luta pela independência chilena.


Independência do Chile
Independência do Chile

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

ESCOLA, Equipe Brasil. "Guerra da Independência do Chile"; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/guerras/guerra-independencia-chile.htm. Acesso em 28 de novembro de 2020.