Fundo Menu
Whatsapp icon Whatsapp
Copy icon

Economia do Maranhão

O turismo e a pesca são atividades que se destacam em relação à Economia do Maranhão.

Agricultura, atividade econômica importante para o Maranhão
Agricultura, atividade econômica importante para o Maranhão
Imprimir
Texto:
A+
A-

PUBLICIDADE

Localizado no oeste da região Nordeste, o Maranhão possui extensão territorial de 331.935,507 km², divididos em 217 municípios. Conforme contagem populacional realizada em 2010 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o estado totaliza 6.574.789 habitantes.

Durante muitas décadas, o Maranhão esteve praticamente isolado do restante dos estados brasileiros, porém, a partir dos anos de 1960 e 1970 foram desenvolvidos projetos de infraestrutura, sendo construídas linhas férreas e rodovias. O estado foi interligado a outras regiões do Brasil, fato que proporcionou o escoamento da produção e consequente desenvolvimento econômico. Houve investimentos na agropecuária, extrativismo vegetal e mineral, estimulados por incentivos fiscais das superintendências do desenvolvimento da Amazônia (SUDAM) e do Nordeste (SUDENE).

Foram desenvolvidos grandes projetos de criação de gado, plantação de soja e arroz e de extração de minério de ferro, como por exemplo, Carajás. Essas atividades alavancaram a economia do Maranhão, no entanto, intensificaram as desigualdades sociais, aumentaram a concentração fundiária e provocaram vários problemas ambientais.

A contribuição maranhense no Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil continua baixíssima, apenas 1,3%. A participação dos principais setores da economia estadual é a seguinte: serviços – 63,5%; agropecuária – 18,6%; indústria – 17,9%.

A indústria, que representa 17,9% do PIB maranhense, baseia-se nos setores: metalúrgico, madeireira, extrativismo, alimentício e químico. Na agricultura, destacam-se os cultivos de cana-de-açúcar, mandioca, soja, arroz e milho. Com uma costa litorânea de 640 quilômetros, a segunda mais extensa do país, apresentando-se inferior apenas à Bahia, o Maranhão tem na pesca, importante atividade econômica. O turismo é outro segmento fundamental para a economia estadual, as belas praias, os Lençóis Maranhenses, além do turismo cultural e religioso, atraem milhares de visitantes.

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)


Lençóis Maranhenses, local que atrai grande número de turistas

O complexo portuário integrado pelos terminais de Itaqui (possui 420 metros), Ponta da Madeira e Alumar é responsável por mais de 50% da movimentação de cargas portuárias do Norte e do Nordeste. São exportados principalmente, alumínio, ferro, soja e manganês.

Exportação: US$ 2,8 bilhões.
Ferro fundido: 29%.
Alumínio e suas ligas: 23%.
Minério de ferro: 23%.
Soja: 15%.
Alumina calcinada: 6%.
Outros: 4%.

Importação: US$ 4,1 bilhões.
Óleo diesel: 71%.
Querosene de aviação: 11%.
Adubos e fertilizantes: 6%.
Produtos das indústrias químicas: 3%.
Locomotivas e suas partes: 2%.
Outros: 7%.

Será construída no Maranhão, mais precisamente no município de Bacabeira, localizado a 60 quilômetros da capital, São Luis, a maior refinaria da América Latina e uma das maiores do mundo. A Refinaria Premium proporcionará um novo ciclo industrial no estado. Estima-se que serão gerados aproximadamente 132 mil empregos diretos e indiretos.

Por Wagner de Cerqueira e Francisco
Graduado em Geografia
Equipe Brasil Escola

Maranhão - Região Nordeste - Geografia do Brasil - Brasil Escola

Gostaria de fazer a referência deste texto em um trabalho escolar ou acadêmico? Veja:

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Economia do Maranhão "; Brasil Escola. Disponível em: https://brasilescola.uol.com.br/brasil/economia-maranhao.htm. Acesso em 30 de junho de 2022.

De estudante para estudante


PUBLICIDADE

Estude agora


Função logarítmica

Nesta aula vamos explicar a definição de logaritmo e como construir uma função logarítmica. Também resolveremos...

Mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si

Os casos mais comuns de mistura de soluções de solutos diferentes que reagem entre si ocorrem quando juntamos...